Birthday girl (soon)

Amanhã faço anos.

Todos os anos fico deprimida quando esta data se aproxima, mas no início deste ano tomei a decisão de que este ano não seria igual. Não iria questionar o porquê de não estar onde achava que ia estar aos 29! Não ia começar com os dilemas dos últimos anos.

“E não devia estar casada?  As minhas amigas estão casadas e com bebês, e eu? E estudar? E mudar de carro? E ter mais tempo para isto ou aquilo… E estás feliz? Ou não estás?” – Dei um chuto a este processo de merda quando me despedi dos meus 27 dessa forma, never again.

Este ano foi diferente, cabe-me apenas a mim ser ou fazer para estar feliz.

Consegui em um ano separar-me, mudar de casa duas vezes, de dois cães passar a ter apenas um e educá-lo a estar num apartamento. Estive de coração partido e triste algum tempo, fiz novas amizades, investi ainda mais em algumas que já tinha, desiludi-me com algumas também (claro). Errei, dancei muito, perdi a minha querida avó  Marjorie nos seus 90 anos, que me deixou órfã de avós. Fui tia pela quinta vez e vem mais um a caminho. Recebi uma personagem que me levou a outro nível pessoal e profissionalmente, investi mais em mim, na minha alimentação e estado de espírito. Deixei de fazer fretes e aprendi a dizer que não. Aprendi a não julgar e a não ter medo de dar a minha opinião.

Percebi que nunca vou ser boa a jogar ténis, que tenho de aceitar que não vejo bem sem óculos portanto não posso estar sempre a perdê-los. Que preciso de melhorar a minha postura pois sou a maior marreca da história e que talvez não seja má ideia comprar um telemóvel. A minha bebida preferida continua a ser amêndoa amarga, não me entreguei à moda do gin. E acabei os meus 28 da melhor maneira, fiz a viagem de sonho.

Obrigada queridas amigas por estarem constantemente do meu lado, abrirem-me os olhos quando é preciso, não me julgarem e ajudarem-me tanto em tudo, até com o Júlio.

Obrigada a todos os meus seguidores (uma palavra que não gosto) amigos, que ao longo deste ano me têm acarinhado e apoiado tanto. Acreditem que o vosso carinho não passa minimamente despercebido na minha vida.

Beijinhos desta sagitariana

jess

About the dress

Este ano vesti um vestido que herdei da minha Avó Fernanda, a última vez que a minha avó usou este vestido devia ter uns 30 anos.
Saudades…

20141219-181546.jpg

Sapatos Aquazurra, pulseira Tous, clutch Casa Batalha.

20141219-181645.jpg

Make up by Joana Moreira e cabelos Griffe.

Espero que tenham gostado.
Bjs

Maria Capaz!

Tenho a sorte de ter boas amigas, poucas mas muito boas! Ao longo deste ano já viram aqui no blog as minhas declarações de amizade e hoje chegou a vez da Rita, a chegada mais recente ao meu coração (tão lamechas que ando por estes dias)…

A Rita e eu somos amigas há dois anos e temos investido muito na relação que temos. Aprendemos juntas, peço-lhe conselhos, partilhamos ideias e até faço aquilo que todas as “gajas” fazem, o belo do copy-paste das mensagens que recebemos ou enviamos para o sexo oposto. Faço só eu, ela não… Já está encaminhada na felicidade que todas procuramos.

Ficámos amigas através do João, pois eles já são amigos há muitos anos. Mesmo quando me separei, nunca misturou as relações, nunca tomou partidos, nunca nos julgou, foi sempre correcta sem misturar as coisas.

Tem estado presente nos momentos menos bons, já me limpou lágrimas da cara, já passou horas a conversar comigo em loop sobre os mesmo assuntos sem perder a pachorra. Deu-me a mão quando mais precisei.

Mas deixem lá que também tem estado presente nos melhores momentos: já dançamos muito, já rimos ainda mais e até quando fez aquela lesão chata no joelho continuou a dançar ao meu lado. A Rita é assim, dá tudo! Até a porra do joelho!

Tenho muito orgulho de estar ao lado dela nesta caminhada que é dela e de todas as mulheres que estão a contribuir com este projecto maravilhoso, onde finalmente as mulheres podem falar e inspirar as outras, onde finalmente as mulheres se expõem com o objectivo de ajudar outras. Para mim será com certeza mais uma aprendizagem ouvir estes exemplos.

Ontem nasceu a Maria Capaz, um projecto da Rita e da Iva Domingues. E eu sinto-me parte dele, porque me sinto uma Maria Capaz! Já há algum tempo que queria partilhar a minha história, por achar que seria uma mais-valia para miúdas/ mulheres que passam pelo mesmo do que eu, e por sentir que a vida é feita de partilha.

Falo das minhas lutas e inseguranças, conto o que nunca contei a ninguém e a forma como decidi aceitar-me e aceitar os outros. Vão ter de esperar um pouco pela minha vez, mas até lá vão poder ver na plataforma Maria Capaz entrevistas de mulheres espectaculares que partilham sem pudores os seus caminhos e convicções.  E vão perceber dentro de muito pouco tempo que todas somos MARIAS CAPAZES.

Parabéns Rita e Iva pela iniciativa. Estaremos todas aqui para ver o nascimento e ajudar o vosso bebé (que é de todas nós) a crescer.

www.mariacapaz.pt / https://www.facebook.com/mariacapaz

New Image

#TenderStories

Acabei de ver o maravilhoso vídeo da campanha “Tender Stories”, da TOUS (se ainda não viram, sigam o link). Achei super romântico sem cair no cliché, cheio de ternura mas altamente “classy”. Basicamente, adorei!

O vídeo fez-me lembrar uma manhã na praia em Nusa Dua… Estava eu a aproveitar o calor quando vejo um casal, que caminhava de mão dada, a separarem-se apenas para correrem de novo um para o outro. A abraçarem-se e a fazer declarações de amor, ali no meio da praia. Não sei qual a sua história, não sei se seria algum dia especial para eles ou não, mas o que importa? Estavam nitidamente apaixonados, e não tiveram medo nem vergonha de mostrar o seu amor ao mundo. Priceless.

21

A música que acompanha o vídeo pergunta “Where did the love go?”. Eu digo que está em todo o lado, só é preciso querer ver. Mas de momento todo o meu amor vai para as jóias desta nova colecção. <3

9 cortado 1

http://brand.tous.com/pt/tender-stories