Around and About

Hello hello!

Hoje escrevo aqui de Canggu, (para quem segue o meu instagram não é novidade)… Não é de todo o meu sítio preferido em Bali mas tem uma escola de yoga com professores incríveis, então volta e meia regresso aqui por causa disso mas também porque tenho cá amigos. A escola chama-se The Practice, portanto quem vier nesta direcção e queira fazer yoga passe por lá, vale mesmo a pena.

Passei os últimos dias em Ubud. Já foi dos meus sítios preferidos mas hoje em dia acho que já está bastante lotado (a primeira vez que vim a Bali tinha 17 anos, é natural isto de ano para ano crescer)…  Não deixa de ser um sítio incrível e tem imensas opções de terapia, escolas de yoga e  meditação, passeios, etc. Estive lá 4 dias e fiz o meu mapa astral no Yoga Barn, fiz cirurgia psíquica lá também, além das aulas de yoga e sessões de meditação! Ahhhh duas vezes por semana há sessões de dança e não se paga! É incríííveeeel!!!! É de aproveitar e tem lista de espera, por isso é preciso chegar umas horas antes para garantir lugar.

Fui também a uma shaman e servi de tradutora para ela durante duas sessões.

Aquelas coisas que achas que nunca vai te acontecer e acontecem! Passas a manhã sentada a escrever sobre o futuro de uma total desconhecida (meio impressionante, confesso). Até tirei fotografias! As shamans hoje em dia são muito à frente, até multibanco têm! Fez-me uma leitura… Daqui a uns meses logo vos digo se alguma coisa fez sentido :)

WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.07.08 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.07.02 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.07.16 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.07.10 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.06.54 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.06.52

Mais coisas… Quero que saibam que apesar de não ter vivido todos os acontecimentos do último fim-de-semana por estar longe, acho tudo incrivelmente bonito. Neste momento temos o país cheio de adolescentes apaixonadas pelo Salvador, convencidas que as próprias podem amar pelos dois :) Adoro a música e adorei todo o discurso dele, é bom ver pessoas a usar o mediatismo da maneira certa. A meu ver claro.

Se estivesse em Portugal teria ido a Fátima, aliás, tive mesmo pena de não ter estado lá. By the way… Gosto imenso do terço da Joana Vasconcelos.

De resto ando aqui na minha vidinha… Ainda não sei se estou preparada para regressar, mas um dia vai ter de ser, não é?

Bem, este post não é um roteiro, até porque já dei muitas dicas sobre Bali no meu último livro “O Meu Oriente” e agora que regresso, posso dizer que o livro ainda não passou de validade. No instagram tenho sempre feito tag dos sítios por onde passo (hotéis, restaurantes, etc), por isso é mesmo mais fácil seguirem-me por lá. Mas tenho recebido algumas perguntas recorrentes e aqui vão as respostas.

Beijos e boa energias para todos desta ilha especial.

 WhatsApp Image 2017-05-15 at 11.07.18

Em que companhias costumo voar para bali?

Emirates e de preferência marco pela agência Check-In. Ggosto de envolver uma agência, porque me acontecem sempre filmes e eles estão sempre à minha disposição para me ajudar. Eu tento fazer sempre Lisboa-Dubai, Dubai- Bali. Em tempos parava em Singapura mas hoje em dia evito, já conheço e não adoro… Quanto mais rápido chegar mellhor!

Hotéis?

Sou fã do Booking.com e vejo constantemente as últimas oportunidades. Muitas vezes fico em sítios óptimos por preços mais baixos, é uma questão de procurar. Eu marco à medida que vou viajando, até porque venho sempre sem grandes planos. :)

Não posso deixar de mencionar aqui alguns sítios onde já fiquei e que pertencem a portugueses. Sal Secret Spot, Villa Mar Bali, Resort Mondo Canggu, Boho Hotel Bingin, Gravity. Adoro!

Restaurantes ?

Aqui estão todos na maior, há para todos os gostos e feitios. Podes jantar a 1€ (cozinha típica balinesa, que é boa mas depois de um tempo cansa), tal como podes pagar bem mais. Para vegans, vegetarianos, carnívoros ou esquisitos, aqui há tudo. Acima de tudo muito boa onda, calma e tranquilidade (tirando a música na maior parte dos restaurantes, é martelada orbital tipo carrinhos de choque).

Como ando de um lado para o outro?

O melhor é mesmo mota ou bicicleta – eu prefito mota! Andar de carro aqui, com o trânsito meio caótico perde-se muito tempo!