Free the nipple online, if you wish

Já confessei no passado, como todos sabem, as minhas mil inseguranças sobre o meu corpo, sobre o caminho que fiz até me sentir confortável na minha pele, e que ainda faço diariamente para me sentir bem, melhor, equilibrada, saudável e o mais feliz possível.

Todas nós temos o nosso processo, que deve ser respeitado por nós e pelos outros (obviamente), e a partilha da nossa intimidade, do nosso ‘templo”, é uma decisão nossa. Só nossa.

Eu acho o corpo da mulher (mais do que homem, desculpem) lindo! Bonito! De todas as formas, cores e feitios, a imperfeição para mim torna-se perfeita e cativante e é como se fosse, digamos, Arte.

As redes sociais são a realidade da nossa actualidade onde vemos em primeira mão os resultados das eleições, seguimos as notícias ao minuto, os golos para quem não tem acesso a canais de cabo e até as fofocas que toda gente A-DO-RA! É onde partilhamos a nossa vida e onde há quem continue estupidamente a julgar… Neste caso, o próprio do facebook, que não permite às mulheres exporem o seu corpo da maneira que querem. Decotes gigantes, rabos à mostra, tudo bem… Mas ver mamilos, já passa os limites. Alguém me explica isto? E as fotos e vídeos violentos que estou sempre a apanhar no News Feed? Esses já não há problema?

No século XXI, numa rede tão grande como o facebook ou o instagram, não deveríamos poder fazer aquilo que queremos? Não temos o direito de expor o nosso corpo, se assim o quisermos? Porque é que o mamilo da mulher é uma ameaça e o do homem não? E quando falamos de fotografias artísticas, onde se traçam os limites?

Quero as vossas opiniões, vamos a debate?

WhatsApp Image 2016-12-19 at 10.30.10