I’m back!

Passei as últimas semanas mergulhada em trabalho, a dedicar-me 100% ao “final” da minha Bárbara, a não querer perder nenhum momento (é fácil perder momentos devido à quantidade de cenas diárias que temos para gravar). Estas últimas semanas foram as mais intensas. Quando chego ao final de um projecto é o misto de alívio, porque estou exausta, e também de uma nostalgia gigante daquela personagem, daquele elenco, daquela equipa e de tudo o que significou para mim.

Este foi um trabalho de mulheres, com histórias reais com as quais todas nós nos identificámos. Foi uma novela de Mulheres, mas para mim foi também um casamento muito feliz que tive com o actor Luis Gaspar – tão infeliz na novela, tão feliz na vida real.

Hoje que estou de volta ao meu blog, quero deixar esta carta aberta para ti, porque acho que mereces que toda gente saiba quão bom colega és e a importância que tens na minha vida.

 Luis,

Tiveste sempre a preocupação de trabalhar em conjunto comigo (nem todos os actores são assim tão generosos). Sabias e compreendias o quanto este desafio era importante para mim (viste-me várias vezes insegura e ajudaste-me sempre a contornar isso, com trabalho). Não me esqueço da tua preocupação, a enviar-me mensagens no final o dia a perguntar se ainda me doía o pescoço (tinha-me magoado numa das muitas cenas de violência que interpretámos), ou então apenas para me dizer que gostaste da cena de 8 páginas complicadíssima que fizemos à primeira (mas que gostaste mais de mim do que de ti). Tu és assim, pleno e generoso.

O teu sentido de humor é extraordinário, no meio de dias tão pesados de gravações que tivemos conseguimos ter ataques de gargalhadas que só de estar aqui a recordar, me dói a barriga de tanto rir.

Obrigada por te preocupares comigo quando me vias mais triste ou cansada, de teres o cuidado de perceber o que se passava comigo antes de iniciarmos o nosso dia de trabalho. Obrigada por olhar nos teus olhos e sentir sempre uma tremenda verdade, sentir o teu Jorge tão real que me permitia ir a sítios assustadores e exaustivos, que levo comigo para sempre no meu pequeno percurso como actriz.

Vou ter saudades de te ouvir dizer que não estás na forma física que querias ou “onde está o meu carmex?”. És um brilhante actor. Mas isso já todos sabíamos.

Foi um prazer tão grande trabalhar contigo. Love you.

barbara 3

Obrigada a todas as mulheres lindas deste elenco e equipa, a todos os homens da equipa técnica e aos realizadores. Muito obrigada pela paciência.

Um beijinho enorme ao João Pedreiro e à Joana, que foram incansáveis na direcção de actores.

À produção, prometo tomar mais vitaminas antes do próximo projecto para não ficar tantas vezes doente.

Até à próxima TVI!

barbara barbara 2