As palavras que vos escrevo poderiam não ser escritas. Era mais fácil “não dar importância assunto” e “deixar morrer a coisa”. Era mais fácil…. mas não é o que vou fazer porque as palavras que vos escrevo não são só sobre mim: são sobre as mulheres e a forma como são permanentemente olhadas, julgadas e atacadas. São sobre uma ditadura de imagem imposta, uma tendência redutora de nos verem e de nós próprias olharmos umas para as outras. Isto tem de ser denunciado. Este bulliyng permanente tem de acabar e pretendo ser uma voz activa neste caminho que tem de ser percorrido por todas nós.

Sou actriz. Não sou modelo. Optei há muito por um estilo de vida saudável, com escolhas que faço todos os dias em relação à minha alimentação e prática de exercício físico.
Faço-o porque quero viver muito. Quero viver bem. Quero ser saudável e feliz como tantas outras mulheres.

Desfilei na Moda Lisboa como convidada. Desfilei com o corpo que tenho que é o meu e no qual me sinto muito bem.
Qual não foi a minha perplexidade quando observo que, a propósito de uma fotografia menos feliz, sou alvo de críticas, comentários desagradáveis e uma série de mimos, próprios deste mundo das redes sociais, em que ainda nos estamos a habituar a viver.
Estes comentários foram feitos na maioria por mulheres. Mulheres, vou repetir.
Mulheres que são filhas, mulheres que são mães, mulheres que ainda não perceberam que cada vez que cedem à tentação de atacar outra mulher com base nas suas características físicas, estão a enfraquecer a condição feminina, em vez de lhe dar força.
Estão a cultivar as inseguranças, as desordens alimentares, a escravidão da imagem.

Sou uma mulher segura, pelo menos trabalho nesse sentido. Se este incidente fosse só sobre mim, posso garantir-vos que pouca importância lhe daria.
Mas questiono-me sobre a quantidade de mulheres menos seguras, de todas as idades, mais ou menos felizes, magras, gordas, altas, baixas sofrem este tipo de perseguição no seu dia-a-dia. Mulheres que ao contrário de mim, não têm uma voz que se faça ouvir… Para alguma coisa tem de servir o facto de ser figura pública. Que seja então para dar voz a um grito que sei ser de muitas que me estão a ler neste momento: CHEGA!

Cada mulher é um mundo muito para além do corpo que a recebe. Apoiem -se. Defendam -se. Não permitam olhares redutores sobre aquilo que somos.
A dignidade da condição feminina passa também pelas mulheres perceberem que têm se unir nessa procura e nessa luta.

Queremos um mundo com mulheres felizes, inteligentes, pró-activas, inovadoras, solidárias e que façam a diferença.

Temos de estar juntas nesse objectivo.
Há pouco tempo perguntaram-me numa entrevista quem é que eu admirava, foi fácil responder. Emma watson, 22 anos, penso eu.
Emma Watson (actriz como eu) no seu primeiro discurso como Embaixadora das Nações Unidas para a Boa Vontade, inspirou o mundo lançando a campanha ONU #HeForShe, que fala sobre a liberdade e a igualdade entre os sexos.
Fala sobre a importância dos homens apoiarem as mulheres neste caminho.

Eu acrescento e peço em Portugal que abracemos também o #SheForShe

Ela por ela. Cada uma de nós pela mulher ao nosso lado. Seja no autocarro ou numa fotografia no ecrã do computador.

20141014-114540.jpg

Beijinhos
Jessy

  • Maria

    You’re the best!

    De facto, as mulheres têm uma tendência horrível de se rebaixarem. A sua frustração leva à inveja. Estiveste muito bem na Moda Lisboa :D Tudo invejosas! #HeforShe … sem dúvida #SheforShe

    **

  • Melanie Nordeste

    Adorei! Às vezes essas mesmas mulheres são alvo de chacota e vão fazê-lo a outras pessoas (neste caso a ti!) acho sinceramente que essas mesmas mulheres se sentem bem ao ofenderem as outras, não sei bem o motivo, é triste!
    Acho que és uma pessoa cheia de valores, alegria e força! Continua Assim! beijocas e não ligues ao que os outros dizem! és linda! és o exemplo de mulher REAL!

  • Diliciousblush

    Dava um dedo mindinho para estar “gorda” como tu

    • Rita Teles

      Eu se fosse a ti não dava nada! Gorda ou Magra eu não me troco por nada ;)

  • Ana Vieira

    Já olhei diversas vezes para as fotos e não entendo o que há para criticar. Se calhar a confusão para certas pessoas é que tu sejas uma pessoa ‘normal’ e não os esqueletos andantes que estamos habituados a ver e que tão fraca figura fazem. É pena que o nosso país seja assim, que viva de imagens e criticas tão pouco construtivas.

    • SouFi Pereira

      ia dizer exactamente o mesmo!!! Por mais que olhe não vejo nada de errado na foto!!! Esta fantástica tanto o corpo como a expressao!! Quem são essas mulheres de tão mau gosto ou tão de mal com a vida?? enfim ainda perplexa com tanta gente má…

  • Margarida Ferraz

    Bem eu não sei o que se disse nas redes sociais mas a Jessica é gira que se farta, não consigo ver onde está o problema. São mentes mesquinhas, invejosas e mal formadas e o pior como a Jessica diz, é que acabam por magoar e influenciar todas as outras. E são mulheres que fazem isto, não são os homens e é vergonhoso ser-se uma mulher mesquinha e de mau caracter, enfim,… Jessica, o caminho é para a frente e a Jessica ainda tem tanto para dar! Bjos

  • Ana

    Nivea, Barral, Sebo de carneiro, baba de caracol, neutrogena ou então espremam a gordura que têm nas ancas e barrem nos cotovelos!
    Aposto que qualquer homem que tenha visto o desfile ficou de queixo caído e, agora, vem o mulherio invejoso destilar inveja. Acreditem que ganhavam bem mais se canalizassem o vosso tempo para desenvolver a pouca massa encefálica que tem.
    O que nos vale é que atacaram uma pessoa bem resolvida e capaz de lhes responder à altura.

  • Lili

    Só não percebo porque dizes “a propósito de uma fotografia menos feliz”… A foto está lindíssima, tu estás lindíssima e os tristes comentários que se fizeram ilustram bem o tipo de pessoas que os fez. Continua assim :) Parabéns

  • Isabel Ferraz

    You’r the one girl!

  • Guest

    É assim mesmo!

  • Jéssica Oliveira

    Olhei para a tua fotografia num blog de moda e pensei: “Eh pah, que mulherão!” Sou mulher e apoio a 100% tudo o que escreveste. Espero que todas as mulheres menos seguras do seu corpo leiam este texto e compreendam que o que é atraente é simplesmente a saúde e a segurança que trazes nesta foto!

  • Sandra Torres

    Adorei!!!
    Aposto que quem comentou negativamente, só o fez porque morreu de inveja.

  • Cate

    You go girl!

  • Alexandra

    Oh jess nem ligues. Onde é que tu és gorda ou feia? Olha digo te ja eu quando vi as tuas fotografias fiquei a admirar-te uns 5 minutos e ainda chamei o meu namorado para admira-las comigo xD Beijinho e continua assim!!!

  • Joana Pinto

    Partilho imenso deste sentimento. Tão mesquinhas, tão julgadoras, tão invejosas e tão pouco unidas.
    Se a foto fosse a Jéssica em modo perfeição, não faltariam almas invejosas de tanta perfeição olhando um espelho e sentindo tristeza ao combater com um padrão quase impossível, recebem uma foto natural e, mesmo assim, há criticas a fazer…
    Esperemos que as mentalidades mudem.

    Viver em comunidade não nos faziam nada mal, homens e mulheres.
    Continuação de um excelente trabalho Jéssica!

  • Powa Down

    engraçado que sao quase sempre as mulheres que criticam as proprias mulheres, nao ves um homem a dizer que estas feia… porque sera…
    keep going

  • http://thewayiseebyjl.blogspot.pt/ Thewayisee

    Nunca comentei o teu blog apesar de o seguir, mas este post foi impossível me conter!! PARABÉNS pela mulher que és e por tudo que dizes neste texto simplesmente fantástico, consigo sublinhar cada palavra tua como se fosse minha :)

  • Marta

    És a MAIOR!! tens a coragem de dizer o que pensas, e não te importas com o que vão pensar..Orgulho em ti. E digo te para mim és a portuguesa mais bonita. Muitos parabéns por seres assim Jessica :)

  • Susana

    Não sei porquê as coisas são assim,o Mundo seria bem melhor se apenas vissemos o melhor de cada um,a beleza por trás de um sorriso…Enfim infelizmente o negativo é tão mais fácil de praticar.

  • Cuca

    Desculpa, mas só não concordo com uma coisa… uma foto menos feliz?
    Já viste bem a foto (e o corpão que tens)? Estás linda, divertida e feliz!
    E fizeste muito bem em falar :) por ti e por nós! Obrigada :)

  • Cristiana Ferreira

    #SheForShe …. és uma grande MULHER! Exemplo a seguir!

  • Nuno Reis

    Eu por acaso vi fotos da tua “prestação” sem saber ainda da confusão que deu. Eu, que sou homem, vi as fotos e pensei: esta miúda tem um corpão. Depois soube da polémica toda e achei que estava tudo maluco e que são coisas destas que depois levam adolescentes a entrar em quadros de disturbios alimentares porque se sentem gordas quando não o são.

  • carolina

    Tanta choro por causa dos ‘abdominais’. Nao havia necessidade de tanta polemica se as pessoas soubessem perceber as criticas construtivas. Como é obvio es linda e bem construida. So se falou num pormenor. E que nao se façam comparaçoes entre a jessica e as pessoas que comentam porque isso é ridiculo e pouco maduro. Qual anoretica qual quê?? Ninguem sugeriu tal parvoice. Realmente quando nao sabemos do que falamos mais valia estarmos calados. Para quê tanta lambidela nos pes? Ninguem quis rebaixar a jessica. Parem de ser ridiculos com esses comentarios em defesa de alguem que nao foi atacado dessa forma.
    Jessica ninguem quis ofender-te. Es muito bonita.

  • http://www.oinformador.com/ O Informador

    Quem fala assim tem de receber todos os aplausos! És e serás grande!

  • Carinho Duarte

    Tanta polêmica não sei para quê! Jessica efetivamente és atriz e não modelo, daí não teres o corpor perfeito, como a Adriana Lima. Acho que ninguém te chamou de gorda, nem te ofendeu…e se és uma figura pública tens que saber lidar melhor com as críticas, neste caso, críticas construtivas.
    Ninguém te chamou de feia, gorda ou outro nome qualquer, apenas foi dada uma opinião pessoal, que creio que no mundo de hoje ainda é possível, vive-se em democracia…ninguém te humilhou.
    Aceita a opinião dos outros.

  • Alexandra

    Caramba Jessica, disseste tudo! Temos que parar definitivamente de nos atacarmos umas às outras. Estamos cegas de inveja. Que de certo foi o que aconteceu com aquelas que te criticaram porque… MEU DEUS! Tens um corpão e uma carinha linda! E, felizmente, essa beleza não é apenas interior ;) Beijinhos e parabéns!

  • Guest

    *exterior

  • Marta

    Apoiadíssimo! p.s. é triste pensar que ainda há pessoas com mentalidades tão pequeninas :/

  • Sara Meess

    Tive presente e acho muito triste de facto, tantos comentários sem logica sobre a tua presença no desfile da Cia. marítima. Tenho muita pena que a nossa sociedade seja como é. Louvo te por dares voz a uma “coisa” que muitas não tem coragem para o fazer. Eu sou uma pessoa normalíssima, com cicatrizes a mais mas agarro me a elas e mostro as ao mundo. Sou alvo de olhares indesejados mas ainda faço pior. Paro a frente dessas pessoas e faço questao de provocar ao mostrar ainda mais de perto, as pessoas ficam envergonhadas pela sua atityde pois não esperam qur alguém lhes faca frebte fui operada vvárias vezes aos pes, joelho e barriga e uso e abuso de tudo que possa. Sejam sandalias ou calcoes ou bikinis. Sou feliz assim e não tenho complexos. E a essas pessoas com mente tacanha, é para meter na borda do prato.
    Fizeste um óptimo trabalho e mostraste oque eé a mulher real e nao uma modelo photoshopada! Parabéns Jessica.

  • Alexandra

    Caramba Jessica, disseste tudo! Temos que parar definitivamente de nos atacarmos umas às outras. Estamos cegas de inveja. Que de certo foi o que aconteceu com aquelas que te criticaram porque… MEU DEUS! Tens um corpão e uma carinha linda! E, felizmente, essa beleza não é apenas exterior ;) Beijinhos e parabéns!

  • Cristina Laborim

    Já tinha uma boa ideia sobre ti, mas agora, depois deste post… uau! Tiro-te o chapéu, bato palmas e agradeço-te, como mulher, por conseguires dizer o que maior parte pensa e em vez de o dizer, acaba por fazer o mesmo que as outras mulheres. Estou contigo Jess! ;)

  • Ninica

    Mulher com M GIGANTE! Parabens Jessica Athayde*

  • Filipa

    Não percebo este post, ainda mais vindo de uma mulher que tem contribuído sucessivamente para esta sexualização, baixa auto-estima e objectificação da mulher, consciente ou inconscientemente. Sim, basta ir ao Google e ver as capas de revistas em que a Jessica já participou…Sexualizar o corpo feminino é uma arma usada pela publicidade e entretenimento, por isso não percebo o porquê desta agora indignação. Não vejo mal nenhum na foto se for esta “a fotografia menos feliz” como a própria diz, a Jéssica secalhar também está com os padrões de beleza um bocadinho distorcidos, não?

    • rita

      Como é que ela contribuiu para a sexualização das mulheres? Por aparecer com roupas que permitem ver o seu corpo? Então temos de nos esconder agora? Ou melhor, temos de nos esconder por o nosso corpo corresponder ao padrão de beleza da sociedade? Minha amiga isso não feminismo, isso é sexismo. A objetificação da mulher parte de uma visão masculina e patriarcal do corpo da mulher. Uma mulher assumir a sua sexualidade, sentir-se bonita e mostrar o seu corpo… Não é objetificação.

      • Filipa

        Acho que posar para a Maxmen é objectificação, pois não acho que a revista e /ou os leitores se preocupem “muito” com a personalidade da Jéssica (penso eu :P)
        De qualquer maneira acho que cada uma é e deve ser livre de fazer e mostrar o que quer, não me entenda mal…Considero é hipócrita depois reagir assim quando se tem o reverso da medalha ;)

        • rita

          Acho que não percebe bem o que é objetificação. Para já não parte da mulher, mas sim de quem está a objetificá-la. E depois vamos ver se entende a diferença: uma mulher pousar para uma revista, sentir-se bonita, sexy, assumir-se como ser sexual.. Não é objetificar-se, pois ela está basicamente a fazer isso, assumir a sua sexualidade a ter orgulho no seu corpo. Agora haver um anúnicio de desodorizante para homens cheio de mulheres nuas, isso é objetificação das mulheres. Porquê? Porque o que eles estão a vender é um objeto que vai atrair corpos de mulheres (outros objetos, no sentido do anúncio). Tente informar-se um pouco mais.

          • Filipa

            Informe-se a sra, eu não disse que ela se objectificava, isso não existe, disse sim que ela tem contribuído para essa objectificação, e tem. Eu não preciso de entender nada, é a minha opinião. E o verbo que deveria querer usar para a sua “explicação” é o verbo posar, não pousar.

          • rita

            Obrigada pela lição de gramática sempre bem-vinda.
            Não acho que seja uma questão de opiniões. Claro que cada um deixa os seus “5 cêntimos” mas pronto. É uma questão de continuar a culpar as mulheres pelos vários problemas pelos quais continuamos a lutar, é o que diz exatamente o texto ali de cima. Eu não conheço a autora, acredito que faça um bom trabalho na sua profissão, mas a questão é ela não está a vender o seu corpo quando aparece em revistas. Achar que ela é uma das culpadas pela objetificação das mulheres é absurdo. É o mesmo que dizer que a Beyonce faz o mesmo por aparecer quase nua em concertos. É dizer que as modelos de lingerie também perpetuam essa objetificação. Está a olhar pelo lado errado da questão, completamente. Se quer ver casos graves de objetificação do corpo feminino, olhe para publicidade. Olhe para revistas que dizem “deves ter as pernas assim, faz isto” “deves ter a cara não sei como, maquilha com isto”. Atrizes que aparecem em capas de revistas não são de todo o problema.

          • pta qpariu

            “É uma questão de continuar a culpar as mulheres pelos vários problemas pelos quais continuamos a lutar…” — Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele!

          • S pinelli

            concordo :)

          • Sofia Martins

            Muito bem dito :)

          • Cecília Oliveira

            quem contribui para tal objetificação são os leitores das revistas em questão na maioria homens… não é por posar para uma revista masculina que está obrigatoriamente a concordar com tais padrões … por exemplo se lhe perguntassem se concordaria que uma mulher que foge aos ditos padrões, posasse para a mesma revista provavelmente ela seria a primeira a apoiar … segundo entendo este texto refere-se a uma outra questão que é o facto das mulheres se rebaixarem umas ás outras por frustração em vez do contrário … se pensarmos bem esse simples passo pode mudar muita coisa inclusive essa tal objetificação … se ela tem um corpo bonito aos olhos da sociedade que vivemos? tem sim. tem alguma culpa disso?não me parece. Para além do mais há uma grande diferença entre dar opiniões construtivas e ser simplesmente rude com o objetivo magoar apenas para se sentirem melhor consigo mesmas.

          • pta qpariu

            O corpo da Jessica não se coaduna com os padrões da moda actual. Eu também queria ser a Merilyn Monroe, mas… temos pena!

          • JC

            Ela também não é modelo para se adaptar aos padrões da moda actual, e quais são eles? hm passar fome certo? porque até a pobre a Kendall não de adequa aos padrões necessários para desfilar nas semanas de moda mais aclamadas sem sofrer de bullying… e de onde vem esse mesmo bullying? ah lá está, de outras mulheres!

          • pta qpariu

            Se não é modelo que não desfile ou, se desfilar, tem de aceitar as críticas!

          • Cátia Borges

            Se todos compartilhassem a sua mentalidade nada mudava na sociedade…

          • pta qpariu

            A mudança faz parte da vida e não das mentalidades. As diferentes mentalidades podem é impulsionar diferentes mudanças.

          • JC

            ela foi convidada para desfilar, se eu fosse convidada também desfilava. não tarda nada quem é obeso não pode sair à rua se não que aceite as criticas não? enfim

          • pta qpariu

            O que vocês querem é jogar nos dois lados do tabuleiro, ou seja, ditarem as regras ao vosso bel-prazer, mas as regras não funcionam assim: Quem se expõe, expõ-se também às críticas. Se uma gorda se expôr (e.g. numa passagem de modelos ou numa revista), também está sujeita às críticas como qualquer outra pessoa (veja-se o caso dos artistas plásticos vs críticos). Atentem a isto: – “The male gaze occurs when the camera puts the audience into the perspective of a heterosexual man. It may linger over the curves of a woman’s body, for instance. The woman is usually displayed on two different levels: as an erotic object for both the characters within the film, as well as for the spectator who is watching the film. The man emerges as the dominant power within the created film fantasy. The woman is passive to the active gaze from the man. This adds an element of ‘patriarchal’ order and it is often seen in “illusionistic narrative film”. Mulvey argues that, in mainstream cinema, the male gaze typically takes precedence over the female gaze, reflecting an underlying power asymmetry. However, Mulvey’s essay also states that the female gaze is the same as the male gaze. This means that women look at themselves through the eyes of men. The male gaze may be seen by a feminist either as a manifestation of unequal power between gazer and gazed, or as a conscious or subconscious attempt to develop that inequality. From this perspective, a woman who welcomes an objectifying gaze may be simply conforming to norms established to benefit men, thereby reinforcing the power of the gaze to reduce a recipient to an object. Welcoming such objectification may be viewed as akin to exhibitionism.” – “Visual Pleasure and Narrative Cinema”, Laura Mulvey – Isto parece-me claramente o que as mulheres fazem quando expõe o seu corpo para a publicidade, filme, espectáculo erótico, etc e não podem depois virem-se queixar de virgens ofendidas, pois, como o texto refere, elas tambem “jogam” ao praticar exibicionismo.

          • JC

            Ninguém disse o contrário, nós jogamos com o que temos e se vamos jogar com o que temos (sendo isso o nosso corpo) é porque de certa forma nos orgulhamos dele! Então quem é você, os críticos e críticas para criticarem quem quer que seja? É a isso que nos referimos, que ninguém está acima de ninguém para criticar o que quer que seja, que não existem parâmetros de beleza! O que para mim é belo para si pode não ser, o que eu acho atractivo para muitos não o é! Isso significa que eu não posso julgar ninguém, tal como tenho o direito de não ser julgada! Muito menos julgada por mulheres, mulheres que outrora se ditaram companheiras, que diziam que devíamos permanecer unidas e etc, etc, etc…

          • pta qpariu

            Mas isto agora é uma ditadura? A que propósito é que eu não posso criticar quem me “entra pela casa adentro” através de um filme, um anúncio publicitário ou um desfile de moda? Quem se expõe como figura “PÚBLICA” sujeita-se às críticas, quer queira ou não! Além do mais, para acabar com a hipocrisia: http://flagra.pt/noticias/nacional/jessica-athayde-critica-concorrentes-da-casa-dos-segredos-28054

          • JC

            ditador é o senhor, que só pelo nome se vê a falta de educação, nem sequer vou perder mais o meu tempo a argumentar com quem não vale a pena

          • pta qpariu
          • JC

            poupe-me, só sabe colocar excertos e notícias? não sabe falar por si?

          • Juliana Fernandes

            se eu tivesse o corpo dela e me pagassem bem também não me importava que me “objectificassem” nas revistas lol a inveja não mata mas mói :D hehehe

          • pta qpariu

            Então e a Jessica ao promover bikinis não está a vender o seu corpo que vai atrair o desejo de outros? Fk you feminista!

          • Sofia Brito

            Não sei se sabia, mas o corpo não é um objeto, muito menos um recurso finito que se possa de alguma forma “esgotar”, por isso não se vende. E muito bem-vindo sejo o costumeiro e sempre original insulto superficial às feministas. Quer acrescentar feminazi à lista? Veja lá, que se isso fica aí entalado ainda causa um abcesso…

          • pta qpariu

            Sabe lá o que diz!

          • Sofia Dias

            não será esse o objectivo!… ou alguma vez compraria uma peça de vestuário, que visse num poster publicitário, e que não ficasse de todo bem no corpo de quem posa? essa peça chamaria a atenção? não me parece! Ou a duquesa de Cambridge também está a vender o corpo? porque as roupas que veste, estão sempre a desaparecer das lojas depois que ela aparece em público.
            Gostamos de nós, gostamos do nosso corpo… estamos na praia a exibir o biquíni e a apanhar banhos de sol, estamos a vender o corpo? cresce!!!! ou tomas banho como no início da século??

          • pta qpariu

            Óh minha cara, não fale da publicidade porque sem bem da sua função em iludir. Você compra uma roupa sem experimentar porque viu num modelo? Eu não!
            “Essa peça chamaria a atenção?” – Está equivocada, neste tipo de desfile (roupa interior ou bikini) quem chama a atenção é o modelo e não a peça (a não ser para os profissionais do ramo). Já reparou fazerem um desfile em 3d, em que só havia roupa enformada num corpo inexistente? Aí sim, só a roupa chamava à atenção. Além de que a passagem de modelos, normalmente, é um desfile de criatividade (grande parte das vezes com peças de roupa incomportáveis de se usar), com o propósito de dar nome ao estilista, nem que, para isso, ponham uma girafa a desfilar … tudo vale para chamar à atenção.
            E, para pôr fim à discussão, o assunto que se está aqui a tratar não tem nada a ver com “vender o corpo” ou da “objectificação”, pois cada um tem o direito de fazer aquilo que quer com o seu, o que se trata é a Jessica não aceitar, infantilmente, as críticas ao seu corpo exposto, refugiando-se na desculpa esfarrapada da ditadura do establishment da moda que oprime a condição do feminino. Que se saiba, ninguém a obrigou a expôr-se. Quanto ao fim da sua frase, só demonstra a sua hipocrisia, criticando quem tivesse a liberdade de tomar “banho à antiga”… nem que fosse todo vestido as pessoas não têm nada a ver com a vida particular de cada um!

          • Sofia Dias

            … ilusões todos as temos a começar por si… nunca se vestiu para impressionar?!… ou vamos entrar por um discurso de hipocrisia?
            Não nego que a Jessica se terá defendido por detrás de uma aparente “campanha”. Mas todos temos o direito, como bem refere, à “vida particular” ainda que exposta! Nos dias de hoje, todos nos expomos: facebook, no chats, nos blogs, um simples comentário e que dá origem a outros comentários e críticas… no simples conversar ao tlmv na rua, para qualquer um ouvir!
            A Jessica poderá ter sido infeliz com a oportunidade e com o facto de já ter feito o mesmo tipo de crítica anteriormente em relação a outras pessoas… mas, na realidade o que se pretende com toda esta discução é chamar a atenção para o facto de as mulheres não se apoiarem mas, antes pelo contrário, criticarem mutuamente – existe demasiada rivalidade entre as mulheres.
            Se me perguntarem se prefiro (não digo que não o faça, estou só a remeter para uma questão de preferência) trabalhar num espaço só com mulheres… a minha reposta é NÃO!… devido a essa rivalidade (estética, profissional, emocional, etc), é uma jornada demasiado árdua. A mulher critica a outra para se sentir “superior”…
            Já era tempo de as mulheres perceberem que podem e devem gostar de si mesmas!

            Quanto à Jessica, independentemente de ter ou não um corpo bonito, ela foi convidada não como modelo mas como figura pública para o desfile… não tem de ter as dimensões das modelos… e apesar de figura pública também não tem que se submeter a cada comentário / crítica. Tem direito à expressão… e foi o que fez (mal ou bem) – não temos o direito de vir para aqui dizer que não o pode fazer e que tem que aceitar o que quer que seja, só porque é figura pública!
            Não te defendes se te criticarem e não gostares da crítica?!…

            PS: a “ptaqpariu” é que está equivocada!… as modelas são escolhidas a “dedo”, maquilhadas e penteadas de forma que parecem irmãs gêmeas… precisamente para não chamarem à atenção pela individualidade! Interessa ao estilista chamar à atenção pela peça e no mundo da Alta Costura, quanto menos curvas (ancas e peito) tiverem, melhor – em corpos lisos a roupa “cai” melhor, não deforma! Assim como um rosto andrógino.
            Na roda da Mode Prêt-à-Porter os corpos já têm um pouco mais… e na moda de roupa interior naturalmente que o corpo com mais curvas e cabelo farto é o padrão.
            Sem dúvida que usam de subterfúgios… estamos na era da competitividade e tudo avança muito rápido. Há quem precise destes mecanismos (girafa) para chamar à atenção e outros não.
            Muitos estilistas da Alta Costura confessam que não sabem desenhar roupa para a mulher dita “normal / real / padrão”. E ao serem representados pelas modelos “tábua” estão a “publicitar” padrões severos e doentios. E são estes os exemplos que devemos criticar e não a foto de uma mulher saudável.

          • Margarida

            não! ora ai está uma ideia super errada em relação às modelos e/ou figuras publicas que são convidadas para posarem ou desfilarem com um certo produto, seja este bikinis, roupa casual, sapatos, etc. elas têm uma função de ”cabides com vida” (é obvio que quando se tornam conhecidas/famosas passam a ser vistas de outra forma e por vezes as pessoas pensam que só porque a modelo usa é bonito mas isso já é um problema pessoal), quando as contratam não é para elas venderem o corpo delas mas sim para venderem o produto (desfilarem/posarem com o mesmo vestido de forma a que o torne apelativo), ou seja, a jessica ao promover bikinis é mesmo isso que está a fazer- promover bikinis. O objetivo é atrair a atenção das pessoas para os bikinis e nao para o copro dela. Contudo, uma vez que bikinis não é o que ”tapa” mais é obvio que as pessoas têm tendencia a olhar para o corpo de quem o veste mas isso não anula o facto de o objetivo principal ser ”vender” o bikini !

          • pta qpariu

            ”cabides com vida” – Ora ai está: objectificação!
            Se é para venderem o produto, vão para vendedoras de loja ou de porta-a-porta. Que eu saiba elas vendem o corpo, a única coisa que é delas (a roupa não lhes pertence, dah)!
            O que é que estas vendem? http://www.record.xl.pt/multimedia/fotos/interior.aspx?content_id=760001

        • http://hiatopoetry.blogspot.pt Shakta o

          Com certeza Filipa, haverá consciências mais fechadas que outras em ambos os sexos. Porém a liberdade sexual consiste na liberdade de cada individuo de forma a que isso não prejudique o próximo. A falsa moral a que muitos fomos educados e limitou a nossa sexualidade, prende-nos a conceitos e actos que nos levam a julgar. Mau é ser pudico/a, preconceituoso/a. Enquanto a mulher não assumir a sua energia feminina o seu poder e acima disso se respeitarem umas ás outras como iguais, ao invés de competirem entre si nos encontros sociais, além do que os homens possam achar, não serão livres de serem Mulheres. Os homens de amanhã serão o que as suas mães fizerem deles no dia de hoje.

        • Paulo F

          Cara Filipa, ofereço 6000 euros por uma sessão fotográfica, uma entrevista e a introdução dos seus comentários numa revista masculina. Vamos acabar com a objectivação. Está interessada?

      • pta qpariu

        Na minha opinião, e de muita gente, quando a mulher se expõe para ganhar dinheiro ou promover-se publicamente isso é objectificação. Objectificação é coisificação ou reificação (tornar-se objecto – ver “fetichismo da mercadoria”) em que pode ser comprado ou manipulado por qualquer um, como é o caso da “Jessica objecto” enquanto artigo publicitário que, após sair para o mercado, deixa de lhe pertencer. Se não quer críticas que não se exponha!

        • rita

          Objetificação é ver um ser humano como objeto. O problema está na maneira como vendem os corpos das mulheres, o problema não é o corpo das mulheres. Quem não quer críticas não se exponha? Parece muito comentário de “se não querias ser violada, não usasses mini-saia”. Os tempos mudaram, as visões mudaram. E btw, sim, sou feminista. Acha que me insultou? lol

          • pta qpariu

            “O problema está na maneira como vendem os corpos das mulheres…” – Não, o problema está nas mulheres aceitarem que o seu corpo seja explorado e não quererem ser criticadas por isso. Tudo o que é “exposto em montra” é para ser apreciado, logo criticado… para bem e para mal.

          • Rita

            Depende. Acha que aparecer numa capa de revista que vende imenso dinheiro bonita e sexy é ser se explorada? Acho que não.

          • rita

            perdão, *que vende imenso e traz dinheiro à mulher que se sente bonita e sexy

        • Cristina

          “não se exponha”…que piada…quer então dizer que se eu for à praia e não estiver completamente tapada tenho que aceitar que um estranho qualquer critique o meu corpo??Acho incrível que pense assim. A Jessica esteve muito bem…

      • Bete Bess

        Não percebo as críticas. Um corpo e rosto bonitos num desfile de moda. Na playboy ou noutra revista qualquer para homens o assunto já é outro, trata-se de venda do corpo. Aqui não.

      • Guilherme Silveira

        Permitam-me a opinião masculina.
        A sociedade está com os padrões de beleza distorcidos. É indiscutível que esta senhora é lindíssima, conheci-a pela novela “Mulheres” por talvez ser um mau espectador da dita revista cor-de-rosa, onde apresenta uma imagem super cuidada e deveras interessante.
        A mulher deve ter perante a sociedade uma posição discreta, sobretudo no que diz respeito à imagem, a sobre-exposição (e reporto o mesmo para o homem, o qual naturalmente é discreto) torna a sua imagem banal e de certa forma alvo de menosprezo.
        Não é aliciante para qualquer homem a exposição excessiva da imagem de uma mulher, quero com isto dizer que é benéfico, para ambos, um certo mistério, um estímulo à imaginação.
        Iniciei esta resposta referindo a sociedade, também esta estava errada há 100 anos, tal como agora, creio, e de certa forma espero, que dentro de pouco tempo se encontrará um meio-termo que respeite ambos os sexos.

    • Patrícia

      este post é muito simples, filipa :) e simplesmente, a filipa, faz parte do que se quer abordar neste texto. o sentido é que hoje em dia as mulheres querem ser livres, ser elas próprias e sentem-se abafadas pelos homens, mas o pior está nas próprias mulheres que não se defendem umas às outras e só se criticam.. ou seja, maioritariamente a causa está perdida porque a mulher que hoje chora que não consegue ou ser quem ela quer é a mesma que está a criticar todas as mulheres que lhe passam ao lado. easy :)

      • Ric

        As mulheres não se sentem abafadas pelos homens, acho que sinceramente se sentem abafadas pelas outras mulheres ou por aquilo que é suposto ser a imagem da “mulher perfeita”. Não foram os homens que ditaram isso, nem sequer a promovem (a mulher perfeita), basta olhar para as revistas orientadas para o público feminino, não olhem para a maxim. Um homem amará a sua mulher independentemente não pelo “corpo perfeito”, será o corpo perfeito para ele, uma mulher que sente abafa pelos homens está já em desvantagem. Auto estima e auto confiança numa mulher, independente do seu corpo ou como parece em bikini, são extremamente importantes. Mas uma coisa tens razão Patrícia, as mulheres criticam-se mais umas às outras que os homens a elas. ;) Cumprimentos

    • Cláudia Saraiva

      é sobre uma outra foto em q não ficou tão bem… eu por exemplo critiquei a foto mas no sentido de a página VOGUE ter publicado tal foto no face e não pelas formas da actriz… No geral as pessoas começaram a criticar o q vêem na foto!!!!!!!!!!!

    • Tiago Gil

      Dor de cotovelo é uma “doença” complicada…. haha

    • António Pereira

      A Filipa é livre de se des-sexualizar. Até pode fazer uma ablação do clitóris, enrolar-se em panos islâmicos e ir para o harém de uma besta qualquer, levar porrada e piar fininho.. É o que as suas camaradas esquerdistas feministas agora andam a fazer. https://www.youtube.com/watch?v=qiLr-0iahEY

    • DuRoi

      Filipa vai dar banho ao cão, deves ser feia que nem um bode velho.
      Arranja uma vida e deixa-te de Facebook´s. Vens para aqui destilar
      veneno, dar lições gratuitas de português manhoso e mal sabes construir
      uma frase. Já que sabes tanto não escrevas “secalhar”, é se calhar que
      se diz em português. Isso corre para o google e pesquisa vais ver que
      perdes uns quilinhos e deixas de ter a necessidade de importunar a
      Jéssica uma Mulher lindissima seja ela gorda, magra ou sem pernas. Sabes
      porquê? Porque mulheres como a Jéssica brilham com luz própria, e isso, tu nunca vais saber o que é.
      Agora corrige-me os erros e chama-se John Holmes que eu gosto badocha.

  • Ana

    :) Foi assim que fiquei… Com um sorriso :)

  • Miguel Pereira

    És a portuguesa mais bonita, mais sexy e das poucas que tem muita inteligência. E depois disso tu ainda escreves textos como estes. És uma GRANDE MULHER!!

  • Gabriel Vidal

    Acho que vai muito além do ‘simples’ criticar ou rebaixar as mulheres pelo que são, ou não..acho que vai muito além disso e é a forma ‘parva’, mas a mais frequente, de ‘nos’ afirmarmos livres e mostrarmos que temos liberdade de expressão e os nossos direitos..e isso dá-nos o suposto direito de criticar tudo e todos só porque somos livres para isso..
    Fazem falta mais vozes sobre os nossos direitos mas acho que faz ainda mais falta alguém que fale dos nossos deveres!
    Beijinhos,
    Gabriel Vidal

  • Filipa Lopes

    O pior que fazemos é dar importancia ás màs linguas,a realidade è que a mulher consegue ser muito mà e dizer coisas que podem magoar….jessica es linda e uma boa atriz isso sim interessa.continua o teu bom trabalho,jà agora adora a personagem que fazes na novela mulheres felicidades tudo de bom

  • Joana Marques

    Mulher real? Mulher real sou eu e tantas outras que trabalham 9 horas por dia, sujeitas a horários fixos (que remédio) que têm filhos para sustentar e que não têm tempo para fazer exercício nem para comer de forma assim tão saudável! A Jéssica é uma mulher fit/atlética que foge à maioria das mulheres! Não vi grande polémica à volta disto, não vi assim tantos comentários negativos! é um mulherão claro, este papel de “vitima” penso que não se adequa muito à questão e na minha opinião era escusado porque sabe perfeitamente que ao desfilar no meio de anoreticas (que também não são mulheres reais) poderia acontecer isso. Mas tem noção do corpaço que tem que é uma mulher muito fit não precisa disto para ter elogios e para se afirmar. Vejo também um pouco de hipocrisia aqui, a própria jéssica já “criticou” a fany por exemplo num tom de gozo que todos entenderam o que queria e a própria fany respondeu ou seja sentiu-se “mal” com esse tal bullying também praticado por si

    • rita

      Então ela é uma mulher a brincar..? Se não tivermos filhos e trabalharmos milhares de horas não somos mulheres a sério?

      • Sofia

        pensei o mesmo! incrivel a capacidade de só olharmos para o nosso umbigo e criticarmos os outros sem conecermos a realidade de cada um. Eu so conheço do Jessica aquilo que ela quer mostrar. De certo até trabalha mais horas que qlq uma de nós…

        • Joana Marques

          Também ninguém disse que não trabalhava! Simplesmente tem tempo para o corpo enquanto a maioria das mulheres não tem (outras não querem tudo bem). é uma muher da televisão que se cuida, trabalha com a imagem e tem um corpo cuidado! Mas a maioria das mulheres (ou seja as consideradas “reais”) não são assim! Vejam o anúncio Dove. é mais ou menos isso!

          • Alma Inês

            A minha mãe está na direção de uma escola, ainda dá aulas, tem imensas reuniões, chega a casa, trata dos filhos sozinha (porque o meu pai está a trabalhar fora) e ainda tem tempo de ir ao ginásio. É um mulherão em todos os sentidos, é o meu exemplo a seguir e das mulheres mais inteligentes que conheço. Nada de generalizar ladies.

            Não podemos julgar as escolhas dos outros (nem que seja a escolha de ir ao ginásio) baseadas em nós.

            E como a Jessica disse e subscrevo “A dignidade da condição feminina passa também pelas mulheres perceberem que têm se unir nessa procura e nessa luta.”

            Deixemo-nos de tretas, não compliquemos e, acima de tudo apoiemo-nos umas às outras.

          • Joana Marques

            Há quem chegue a casa às 19h e ainda tenha de preparar as aulas do dia seguinte etc…são tudo escolhas e opções obviamente…há quem consiga há quem não consiga, não é por uns conseguirem ir ao ginásio que os outros também têm de conseguir! cada um sabe da sua vida obviamente!

          • pta qpariu

            O que dirias se visses a desfilar na Moda Lisboa uma mulher como esta aqui (se não tivesse um carácter político, como é obvio)? http://1.bp.blogspot.com/-GI_OZT4ksY4/UNclZQEXbaI/AAAAAAAAD34/l2Jqu6nzuOc/s1600/390296-802×495.jpg

          • Jose Ferreira

            Se ela fosse criticada, porque não haveria indignação? Óbvio que sim! Desculpe, mas esta foto colocou-a para chamar a atenção, e não ajuda em nada sobre este tema.

          • JC

            Além de um bom exemplo algum comentário com conteúdo!

      • Joana Marques

        Então e as modelos da Cia Maritíma também não são reais? A própria jéssica fala aqui de mulheres reais então e as outras não são? Eu gostava de ver uma mulher real a desfilar…pneus, pele descaída! Aí sim já podiam existir críticas não é?

        • rita

          Pelo contrário, se existisse uma mulher a desfilar cheia de pneus e pele descaída, eu aplaudia. Não faz dela mais ou menos mulher. Não há mais ou menos mulheres, há mulheres. A partir do momento em que nos identificamos com o género feminino faz de nós mulher ponto.

          • Joana Marques

            Eu nunca critiquei o corpo da jéssica simpesmente acho que mulheres reais são outras…e acho uma hipocrisia alguém que criticou a fanny vir para aqui com lições de moral. só isso! é a minha opinião! Viva a Fanny! e claro que mulheres com pneus a desfilar pea cia maritima é coisa que nunca vamos ver…também se assim já criticam o corpo imagino com pneus.

          • rita

            Não me parece que a fanny como ser humano seja o melhor exemplo a seguir, mas tudo bem. Agora se ela é uma mulher real? Sim. Se a Jessica é? Claro. Você também, eu também. Distinção mais estúpida, não há mulheres a brincar.

          • Joana Marques

            Não interessa, a Fanny é mulher! Pela lógica também não deve ser criticada! O título é “para as mulheres reais”…ou seja, pelos vistos, há mulheres que não o são! Basta seguir o título! Acho que dá para entender o conceito de real neste assunto!

          • rita

            Minha querida, eu não disse que as mulheres não devam ser criticadas! Devem e muito, pelo seu trabalho, opiniões, etc etc, tal como os homens. Agora serem criticadas pelos seus corpos? Decisões de vida pessoal? Nope.

          • Joana Marques

            pois mas a jessica já criticou algumas mulheres por esses motivos

          • pta qpariu

            Tou-te a ver: “não é exemplo a seguir”… tu é que ditas o que é valido e o que não é… pois… pimenta no kú dos outros para mim é refresco!

          • Xulo

            Não te calas ó puta (é esse o teu nick, sorry)?

          • Isabela B.

            Mas porque tem de ser uma mulher real uma mulher que tem “pneus” ou excesso de peso ou não se consegue alimentar da forma que até gostava?! Não entendo! Até mesmo no dito anúncio da Dove não se sabe a história delas, sabemos porque vimos que são mulheres que têm diferentes tipos de corpos. Isso sim. Não sabemos se até seguem algumas dietas ou se até vão ao ginásio. Mulheres reais somos todas nós, que aqui escrevemos e todas aquelas que não escreveram e todas aquelas que nem sabem quem é a Jessica. Não se pode dizer que uma mulher é mais real pela mera aparência!
            Mas se se quiser até focar única e exclusivamente nesta parte de mulher real tem “pneus” como refere, em Portugal os números de roupa que mais rapidamente esgotam são os equivalentes ao M (nº 36/38), se formos ver assim não me parece que a maioria das mulheres seja aquilo que referiu.

          • Joana Marques

            há quem vista M e tenha pneus sabia? “para as mulheres reais” é o titulo do post logo é porque existem as que não são reais…

          • joaquina

            Desculpe a opinião mas mulheres reais são todas as que querem vingar na sociedade, são mães ou não,são pessoas dignas de respeito seja pela opção de perder peso num ginasio ou dar passeios com os filhos…. mulheres são só e somente aquilo pelo que lutam!!! São pessoas que, tal como todas as outras, tem opinião mas pela capacidade de cedências(profissional vs pessoal, filhos, o bla bla bla das multi tasks..) deveriam ser mais comedidas nos comentarios! Não sou magra,não faço ginasio, tenho filhos,trabalho 10 horas por dia e no entanto revejo-me muito nas palavras da Jéssica!!! Tenho a minha cultura de imagem mas não é para a sociedade é por uma questão de valorização pessoal e NÃO ADMITO a ninguem que critique as minhas opções!!! A ver se vamos criticar a Jéssica pk é magra e sarada vamos criticar a Mariazinha pk está mais gordinha pk decidiu ser mãe!!! Poupem-me as criticas pk se perde mais tempo a comentar o alheio do que a ser Mulher! Just saying

          • Joana Marques

            mulher real=maioria das mulheres. neste contexto é isso que significa. cambada de gente burra!

          • pta qpariu

            Também aplaudes a prostituição?

      • pta qpariu

        A Angelina Jolie é uma mulher a sério ou um produto de Hollywood? Leia o livro “Simulacros e Simulação” de Jean Baudrillard e depois diga alguma coisa.

    • Joana

      Desculpe, eu nem sou de comentar estas coisas, mas… Que eu saiba ser atriz não é decorar uns textos e fazer umas palhaçadas, muitos chegam a trabalhar, também, 9 horas! Provavelmente, ela terá menos encargos que a senhora. No entanto, não deixa de ser um exemplo o que escreveu!

      • Joana Marques

        Sim mas eu escrevei “mulheres que trabalham 9 horas, que têm de sustentar os filhos e não têm tempo para fazer exercício físico e ter alimentação assim tão saudável” não disse que os atores não trabalhavam…a mulher real (e para mim mulher real significa “maioria das mulheres”) recebem mal, trabalham muito e não têm tempo para ficar com esse corpaço! e essas sim, por vezes sofrem com coisas muito mais preocupantes como “e agora dinheiro para comida?” .Esta questão destas boazonas ficarem chateadas porque alguém disse que eram gordas ou mal jeitosas é irrelevante.só isso!

        • Sara Machado

          Não ter tempo para uma alimentação saudável? Chamo-lhe antes preguiça.
          Ficaria surpreendida pelo número de “mulheres reais” que frequentam um ginásio. Cada vez mais e ainda bem

          • Joana Marques

            “não ter tempo para uma alimentação assim tão saudável” há que saber ler o que lá está! Eu considero que tenho uma alimentação saudável, sopa prato principal e fruta sempre na cantina onde trabalho…mas não, não tenho tempo para ser assim tão saudável como a Jéssica…sumos detox, sementes xpto caras para isso não, não tenho tempo! Nem eu nem muita gente!

          • João Santos

            Acredito que não tenha tempo. Não vejo é a necessidade de criticar quem o tem ;)

          • Joana Marques

            para vocês tudo é critica! Sempre disse que a Jéssica tem um corpo lindo nunca disse que era mau ela ter tempo para ser fit e saudáve! apenas referi o facto de fazer criticas à fanny e nina ricci por exemplo onde a jessica chamou a de bimba gorda e depois vem com este texto….só isso!

          • Joana Marques

            Não critiquei ninguém. Deve andar a ver mal.

          • Sara Machado

            O “assim tão” é de facto o que marca a diferença na sua afirmação. Não me diga que não tem tempo para sementes xpto? É realmente uma carga de trabalhos e de horas juntar sementes xpto – o que seja – a uma salada. E como deve imaginar uma alimentação saudável não se resume a marcas caras. Ou se tem uma alimentação saudável ou não se tem, não há um meio termo. Mas já deu para entender que mulheres reais não comem sementes, nem têm uma alimentação saudável. Sabe que mais? Tudo desculpas.

          • Joana Marques

            sopa carne com batatas e fruta e por aí fora. para mim é saudavel. As sementes são caras…os sumos detox fazem diarreia e não posso passar o dia no wc. E tendo um trabalho pesado não posso ficar só pelas saladas. de facto no dia a dia encontramos muitas mulheres assim com o corpaço da jéssica! ui sem dúvida que ela representa a maioria das mulheres!ui ui

        • Armanda Barbosa

          ha quem vá para o ginasio as 6 da manha enquanto o marido e os filhos dormem, volte a casa as 8 p vestir as crianças e leva-las a escola e depois siga para o trabalho. Há outras que trabalham o dia todo, chegam a casa e cuidam da mesma e do jantar e depois de deitar os filhos seguem para o ginasio.
          E ha outras que nao tendo dinheiro disponivel para o ginasio se matam a treinar em casa e nos circuitos de rua para se sentirem bem na sua pele.

          nem toda a gente quer ter trabalho p ter este corpaço, essa é que é essa. mas desde que se sintam confortaveis na sua pele por mim podem e devem ter o corpo que quiserem.

          Quanto à parte das boazonas ficarem chateadas ser irrelevante, não é, por acaso a Jessica tem uma boa autoestima mas sabe que ha muitas boazonas que não tem, ha muitas mulheres que vivem completamente obcecadas com a imagem e que vivem num profundo desespero ao ler isto, é triste, é grave e é culpa de toda a gente que perde tempo a criticar o corpo de outra pessoa–

          • Sara Silva

            Concordo plenamente com o seu comentário.

          • Joana Marques

            Pois mas há mulheres que têm mais o que fazer depois do trabalho ou mesmo antes…lá porque há bons exemplos de mulheres muito trabalhadoras que conseguem ir ao ginásio não quer dizer que todas as outras sejam preguiçosas!!!

          • Joana Marques

            E quando eu disse “destas boazonas” estava a referir-me à Jéssica e não a quem sofre horrores com isso.

          • Juliana Fernandes

            Há muita frustrada neste mundo que ,em vez de admirar e seguir o exemplo dessas mulheres por si mencionadas para serem quem querem, preferem reclamar. é triste mas vai ser sempre assim..

          • Carlos Carvalho

            Ora ai está Armanda Barbosa, muito bem dito!!, está na vontade de cada um, lutar por aquilo que o/a fará sentir-se bem, sentir-se mais feliz!!

        • Joana Gomes

          Então mulher real tem pneus e pele descaida? É mãe e tem de trabalhar 9h por dia? Acho que está aqui a insultar uma grande parte da população que não se adequa aos seus padrões!! Então e a mulher que não pode ter filhos? É falsa? E a mulher que come o quanto quer e o seu metabolismo leva-a sempre a ter um corpo invejável? É falsa? E a desempregada ou a que trabalha menos horas por dia? É falsa também? E aquela que se insere nas suas 9h diarias de trabalho e com filhos e mesmo assim vai ao ginásio (porque é possivel!!) também é falsa?? Cada um tem o seu emprego. Ser atriz é um emprego como outro qualquer, acrecentando-lhe a fama. E com essa fama a atriz veio dizer exatamente o problema da nossa sociedade, já que tem mais ouvintes do que eu, por exemplo, algum dia poderia ter! Há que dar voz a este tipo de situações! É muito mais fácil uma mulher com um belo corpo e uma cara bonita ser alvo de insultos por parte de outras mulheres do que uma mulher com os seus “pneus”. Não vamos ser hipócritas pois a inveja é algo que está muito em cada mulher nos dias de hoje!!! E há também que pensar nalgumas modelos com menos peso do que deviam. Sabe que algumas vezes é doença certo? Há o sonho de ser modelo e depois vem a pressão das empresas para terem esses corpos e manterem os mesmos. Cada um é como cada qual. E magro ou gordo, todos temos os nossos problemas! lá por uma mulher ser linda completamente no seu fisico, não significa que a vida lhe sorria a todos os níveis! Toda a mulher é real! Se quer entrar pela falsidade, fale de cirurgias plásticas! E mesmo assim acho que a palavra “falsa” é demasiado insultuosa… Chame-lhe “acrescentos” talvez… mas enfim! Cada um tem de se sentir bem com o corpo que tem. Se não sente, faça por isso. Não me lembro de filhos e trabalho impedirem bons habitos alimentares ou uma caminhada de vez em quando…

          • Joana Marques

            “para as mulheres reais” assim diz o titulo e assim usei a mesma expressão!!!

          • Joana Gomes

            Então antes de usar o titulo de que texto for, dou-lhe um conselho…comece por ler as coisas com bastante cuidado e sem preconceitos imediatos e descabidos. Aqui, leia o primeiro parágrafo! Está bastante claro, até! A Jessica fala de todas as mulheres, em especial as que são vitimas de comentários maldosos! Gordas, magras, assim assim…etc! Não fala apenas de magras! Claro que para explicar a situação, reforçou com um exemplo do que aconteceu com ela, pois é recente e foi o que a levou a escrever isto! Se podia falar do que aconteceu com ela a criticarem-lhe as ditas banhas? Não!! Ela é magra! Neste momento seria impossivel! Deu a voz, então o exemplo parte da historia vivida por ela! Mas não deixa de estar a dar a voz a todo o tipo de mulher!! O problema que aqui nasce para muita gente, e grande parte mulheres (obvio), é este texto e esta “voz” ter sido dada por uma mulher lindissima e elegante! Se fosse uma mulher com o seu peso considerável a dar a voz, tinhamos aqui muitos apoios de mulheres e praticamente nada contra a pessoa! Aí a mulher real já era generalizada! Ou até mesmo se se reduzissem ao facto da mulher gorda ser vitima e nem mencionarem a magra, também estava tudo bem!! Porque para muita gente, só a gorda é que tem o direito a expressar-se nestes assuntos! A magra é sempre uma chamada de atenção né? Então vamos todos fazer dieta e muito exercicio porque aparentemente, aos olhos de muita gente, não nos podemos queixar da vida em nada, porque ela já nos sorri no seu todo!! Agora ser gorda! Ui! Isso é que não, seriamos vitimas uma vida inteira! Mas atenção! Seriamos reais!!!… Vamos lá parar com esta guerra sim? Gorda ou magra somos todas reais e a Jessica nunca escreveu o contrário! Mas pronto…esta invejas maldosas vão durar sempre, por muito que se lute contra!! Sou honesta, tenho inveja do corpo da Jessica. Tal como invejo outros corpos de mulheres, bastante bem feitos! Mas é uma inveja saudavel!! Não a critico pelo texto nem pela beleza que tem! …

          • Joana Marques

            Eu também não critico a beleza que tem. Para vocês tudo é um ataque. Mulher real=maioria das mulheres. Como diz a pipoca mais doce e bem (como li algures por aí) a jéssica não representa a mulher real no sentido em que mulheres assim estão em pouca percentagem, mulher real neste contexto e na minha interpretaçao (ainda sou livre para isso) significa MAIORIA DAS MULHERES! ARRE!

          • Joana Gomes

            Eu não considero um ataque. Pelos comentários acima a Joana é que se sentiu atacada, quando não tem razões para isso! E segundo essa pipoca mais doce(que honestamente não sei quem é) mulher como a Jessica não é real…hum! Surge daí também muita critica! Pode ter a sua opinião sim! Mas diga-me lá! Acha mesmo que dizer a que mulher seja, que a mesma não é real, não é insultuoso? Quer tenha sido dito por essa pipoca ou não?! As pessoas não têm pensamento próprio e discernimento para entenderem que não se deve, por questões logicas, dizer a que mulher for que ela não é real?! Pode dizer que existe a mulher mais bem constituida e a mulher descuidada! Falemos assim! Agora lá por haver uma pequena parte da população que seja assim, não vamos chamar a essa pequena parte, a parte falsa da comunidade, a parte que não é real e que pode ser alvo de criticas só porque não pertence à outra parte(a real!)!!Parte essa que é a unica que sabe da vida, aparentemente!! Arre digo eu! Para quê tanto insulto à mulher bem constituida? Porquê tirar-lhes o tituto de mulheres reais?? Todas existimos e todas temos uma vida, com mais ou menos problemas, ou estou errada?? Agora vamos separar as mulheres por massa corporal e pegar nas elegantes e mete-las num canto por não serem reais?! Oh! Por favor!! É à custa de textos como os dessa pipoca que a mulher elegante não se consegue fazer ouvir como devia! Chama-se a isso discriminação minha cara!…

          • Joana Marques

            Então afinal de contas já conhece os textos da pipoca? Eu apenas escrevi nestes comentários com base no seguinte: Para mim mulher real significa maioria das mulheres, e se o próprio post da jéssica tem como titulo “para mulheres reais” quer dizer que existem as outras, que não o são. Eu interpretei à minha maneira com base e repito, mulher real é IGUAL a MAIORIA das mulheres, só isso. Não ofendi ninguém, apenas considerei e repito novamente, que muher real significa maioria das mulheres. E a Pipoca, que acho uma pessoa bastante inteligente também interpretou assim, logo não devo ser assim tão burra.

      • pta qpariu

        Ai não? Então em Portugal até mete dó!

    • Patrícia

      viver a vida que temos é opção de cada um :) não se casa-se e não tivesse filhos! :)
      mas tiro-lhe a cartola na parte da fanny

      • Joana Marques

        E escrever bem também é opção de cada um!

        • Patrícia

          agradecida pela correcção :)
          *não se casasse.

    • martins

      Ai esta o porque do texto…o exemplo perfeito! A inveja é latente a muito do sexo feminino…em vez de criticar podia tirar uma hora do computador e telemovel e fazer exercício…ou uma alimentação saudável…PA ficar fit… Mentalidades. Acho que a Jessica acertou em cheio no problema das mulheres…Parabéns!

      • Joana Marques

        Nunca disse mal do corpo da jéssica pois não? então….nada de inveja! Apenas a realidade! E sim sou fan da Fanny! ahaha

    • Juliana Fernandes

      Cada mulher escolhe o seu destino e o facto de não levarem a sua vida não significa que seja menos real. No caso de uma mulher como a Jéssica pode dizer-se que seja uma mulher de sonho…mas não deixa de ser real :)

    • Bad Teacher Fiora

      “e que não têm tempo para fazer exercício nem para comer de forma assim tão saudável!” O tempo que você gasta com a leitura do blog, com a escrita de comentários e a saber das fofocas entre a Jessica e a Fanny acho que serve muito bem para fazer um pouco de exercício ou para planear uma alimentação saudável. Essas mulheres que você considera “reais” são mulheres que entraram numa rotina e depois têm preguiça se sair dela. Aliás, meio mundo é assim… e é assim que se separam os derrotados (que se acomodam à vida que têm e esperam por um milagre para mudar de vida) e os vencedores (que trabalham e se esforçam para se sentir melhor consigo mesmos e com o mundo)

      • Joana Marques

        A maioria das mulheres não faz exercício., a maioria das mulheres não têm tempo e não me conhece de lado nenhum para dizer como devo gerir o meu tempo ou o que devo fazer e sabe lá se o posso fazer! A maioria das mulheres não o faz foi isso que transmiti nada mais.Ponto final!

        • Bad Teacher Fiora

          A maioria das mulheres escolhe não cuidar de si simplesmente porque tem preguiça de o fazer. Isso de não ter tempo é a desculpa numero 1 para ninguém fazer nada, mas não é só com as mulheres como já disse. Conheço diversas mulheres com horários de 9h de trabalho e com filhos e umas escolhem aproveitaras horas quem têm disponíveis para tratar de si mesmas, e outras escolhem ficar no sofá a ver televisão. Pessoas que estão aqui a queixar-se que não têm tempo se calhar deveriam aproveitar o tempo que gastam aqui na internet para fazer exercício ou qualquer outra coisa que as beneficie.

          • Joana Marques

            mesmo que seja desculpa, é o que a maioria das mulheres faz…estamos a falar de maiorias e da realidade, do que realmente se passa. nada mais. Cada um sabe de si, onde gasta o seu tempo.

    • mafalda

      Ha mulheres que trabalham 9 horas por dia, tem filhos e uma casa para tratar mas tambem tem a força de vontade de levantar o rabo da cama uma/duas horas mais cedo para fazerem exercicio e assim terem o corpo q desejam. Por isso nao descargue a frustaçao em alguem que consegue ter a força de vontade que voce nao tem para ser mais saudavel. E com exercicio fisico nao falo so de ginasios pois sei bem que nem todas as pessoas tem condiçoes economicas, mas nos dias de hoje ja ha “ginasios publicos” em qualquer jardim e uma corrida, faz bem, trabalha o corpo corretamente e é gratis.

      • Joana Marques

        Falei da maioria das mulheres deste mundo! Sim, maioria das mulheres não tem tempo!!! e não vai!

        • Luis Jorge

          Primeiro, entende-se que o titulo fale de “mulheres reais” como mulheres que não são a perfeição esculpida e nada natural dos corpos femininos. Mas ainda assim, cada uma esta no direito de fazer com o seu corpo o que bem entender. Agora, criticar-se e dizer-se que as mulheres sem celulite, sem pneus, com corpos “não reais” como as modelos de desfiles, colocando-as todas num grupo estereotipado é que não. Veja bem, há por ai mulheres com o corpo das modelos fotográficas mais aclamadas, sem sequer porem um pé no ginásio, sem sequer pensarem duas vezes em comer duas fatias de bolo de natas, que saem de casa às 6h e chegam as 19h, Que passam o mês todo a economizar uns tostões para o dinheiro chegar para pagar todas as contas, eu conheço pessoalmente algumas dessas pessoas. São o que são. Mulheres que comem mal, dormem mal, fazem pouco exercício e ainda assim têm um corpo 86-60-86 sem celulite nem pneus, sem gordura acumulada e sem trabalho artificial. São melhores que as que o trabalham e têm tempo para ir ao ginásio? NÃO. são diferentes, como todas as pessoas. O certo a fazer é aceitar os outros e em vez de lamentar e tentar diminuir os outros porque conseguiram o que a pessoa queria ou arranjar desculpas para não conseguir, tentar lutar com as armas que tem para se chegar ao mesmo objectivo. Veja bem, não precisa de tempo para ir ao ginásio. Bastam 10 minutos do seu dia, enquanto vê televisão para fazer, todos os dias, um conjunto de exercícios que mudam o seu corpo passado uns meses, aliando a sua alimentação. Obviamente digo isto porque denota que o seu comentário é porque não gosta do seu corpo como o tem agora. Mude-o! Força! Não é tão difícil assim. Há sempre tempo para o que se quer realmente. Porque se não quer, não critique os que querem e fazem por isso.

          As mulheres reais, são aquelas que têm 86-60-86 sem fazerem nada por isso, são as outras que passam todos os dias no ginásio porque querem ter o corpo dos seus sonhos e ainda não têm, são as mulheres com mais ancas, com menos ancas, com mais barriga com menos barriga, com pneus, com celulite profunda. São todas. Cada mulher faz a sua realidade! A maioria deve-se aos erros graves, mas falta de tempo e de ginásio não estão incluídos. O país com maior incidência de obesidade na população é EUA, é mais que sabido que é devido à péssima alimentação.
          A realidade é o que cada um faz dela. Ela deslocar-se até ao ginásio faz parte da realidade. Ela sentir as dores nos músculos após os treinos faz parte da realidade. Não vale a pena tentar invejar algo se não pretendemos fazer o mesmo para o conseguir. Mas as pessoas só invejam o que gostariam de ser. Agora, finalizando, e não menos importante, o anuncio da Dove, não é realista. Esqueceram-se de convidar mulheres com corpos como lhe chama “irreais e perfeitos”, que existem aos montes ai ao virar de cada esquina e ninguém os conhece e muitas vezes são bastante melhores e mais belos que muita capa de revista. Tanto alarde a um pedaço de papel, tentando rebaixar quem lá aparece… Basta olhar à volta. Fechem os olhos para as capas de revistas. Saiam à rua, vão à praia, vejam os corpos, existem todos, existem corpos “modelo de passarela”, corpos fit, corpos mais fortes e menos fortes. É a atitude, a genética, a alimentação e o exercício. Mas acima de tudo, em alguns casos, é a força de vontade. Quando se quer têm-se sempre tempo e não existem desculpas. 10 minutos por dia de atenção ao corpo, mesmo junto ao sofá de casa com um pijama, com toda a certeza fazem milagres. Respeitem o vosso género, por favor.

          • disqus_2MHipKZ0un

            Até as esculpidas são reais! O post devia chamar-se “Para TODAS as mulheres”

    • artur fagundes

      Tanta confusão, não sei para quê…
      O que interessa é que cada Mulher se sinta bem com o seu corpo, a unica coisa que saliento é que se deve viver uma vida saudável, sem ser preciso estarmos com idialismos, sobre que Mulher tem o corpo perfeito ou não…todas as Mulheres, ou Homens, devem de cuidar de si, se for possivel praticarem desporto, caso contrário, tentar ter uma alimentação o mais saudavel possivel!
      Mas não é isso que está em causa, o que está aqui em jogo é as Mulheres serem Más e Hipocritas umas para as outras, nem mesmo sendo do mesmo sexo, se respeitam! Trabalhei com 12 Mulheres e era um ver se te avias de mexerico, não digo que o Homens não o façam, fazem, mas não assim, podem ser rudes, mal criados, mas não andam com o tráz e leva, referi os Homens, ok???
      em suma, prefiro uma Mulher verdadeira a desfilar, do que uma super produzida para este efeito de passerele, parecendo um cabide ambulante…
      Vivas as Mulheres! Adoro-as! Não me consigo ver a viver sem elas!
      Vivam e deixem viver quem assim quer…

    • Mariana Domingues

      Também concordo. Uma mulher real não se pode dar a certos luxos como ginásio ou alimentação. Não há tempo ou dinheiro. Há simplesmente sobreviver. Porque talvez até possamos ter uma cara laroca e nem sermos muito mal feitas. Mas não nascemos com o “rabo virado para a lua”, desculpem me a expressão. Lutamos, sobrevivemos diariamente para poder pagar facturas e termos um tecto para morar. Isso sim são super mulheres e nisso concordo plenamente consigo.
      Mas acho que ela também faz bem em dar a voz para que nós, mulheres do dia a dia nos unemos.

      • Ana

        Consigo ver as duas faces da moeda…
        Por um lado, acho que o maior certo era não ligar e seguir em frente. Toda a gente na vida é criticada, por motivos diferentes. Ela própria critica, ou não critica? Então agora está a tentar tirar partido disso porquê? Também noto uma certa hipocrisia… porque parece mais uma tentativa para se vitimizar e receber elogios. Do tipo “Vejam a foto, sou tão boa e mesmo assim criticam porque nao sou anorética…”. Não é parvoice? acho que sim. Outras famosas com corpos tão bons como o da Jéssica, ou melhores, ou piores, também recebem críticas e ignoram.
        E ela critica a fanny porquê? A Fanny também podia ir ao telejornal dizer que foi vítima de bullying por parte da Jéssica e fazer um choradinho a dizer que nao concorda com os padrões de beleza e que as mulheres têm que se apoiar blá lá. Até porque a Fanny podia ser gordinha mas de feio não tinha nada.

        Por outro lado, é verdade sim que as pessoas tendem a criticar demasiado.
        Mas é a vida… Se nós que não somos famosos somos criticados, ela que é famosa (em Portugal…) está à espera do quê? Para mim esconde-se que um pequenino problema de autoestima. Até porque quando desfilou devia estar à espera dos comentários típicos de “olha a boazona” e como foi criticada pelas mulheres, tem que iniciar quase um debate público lol para ler comentários do tipo “isso é inveja” blá blá “e os homens gostam”, “boazona” e wiskas saquetas…

        Para mim ela é uma muher com um corpo espectacular. Só nao concordo com esta pancada que ela teve agora…

    • Jose Ferreira

      Concordo consigo em quase tudo, exceto no facto de Jessica se ter vitimizado… isso não vi em lado nenhum, e sobre a crítica a ela a reação foi manifestada logo no início do texto: “as palavras que vos escrevo não são só sobre mim: são sobre as mulheres e a forma como são permanentemente olhadas, julgadas e atacadas”. O que é de enaltecer é ela usar o “estatuto de figura pública” para a (velhinha) polémica sobre a imagem redutora da mulher feita pela sociedade. Não tenho dúvidas que ela já tenha “atirado a primeira pedra” no passado, e provavelmente quando escreveu o texto deve ter-se ressentido desses tristes episódios, ainda mais quando empolados pelo seu “estatuto”. O texto que ela escreveu é para as mulheres se repensarem na sociedade, onde ela naturalmente se inclui.

  • Beatriz

    oh por amor de Deus. Não queres ser um pouco mais falsa moralista? Sinceramente não faço a menor ideia de que comentários estas a falar em relação a essa fotografa, mas além de saberes bem que a foto está óptima, penso que também sabes bem que chamar a ti e ao teu corpo (maquilhado profissionalmente) “mulher normal” é cínico se não insultuoso.

    Todas sabemos que o corpo humano vem em várias formas e feitios, e há mulheres “abençoadas” pela genética, com isto também todas sabemos que essas mulheres são uma minoria; se não fossem minoria não seria um padrão de beleza, já que estes são sempre elevados ao estado humano mais inatingível para manter o produto que queres lá no alto sem nunca lhe chegares.

    Não sejas falsa moralista, principalmente para alguém que me lembro que no último desafio final comentou o facto da Jéssica estar muito melhor na altura, pois estava extremamente magra, sem falar de todas as capas de revistas que das a cara e sexualizas e objectficas o sexo femenino.

  • Diana Raquel

    Subscrevo, bom post devia de ser partilhado o mais possível!
    Pela primeira vez vi um dos corpos mais bonitos e a meu ver que deveriam de ser assim as modelos gordas ou magras não deveria de haver regras, alguém que venha fazer a diferença. Gostei, admiro o teu trabalho e fiquei muito tristinha por ver que como tu dizes, há mulheres que atacam outras assim sem mais nem menos, ora queixavam-se certamente se fosses magra ou gorda, és bem constituída e dá nisto. Tenho pena, pois pela primeira vez vemos uma mulher real sem rodeios ou tratamento de photoshop e dá nisto, nao entendo este mundo. Mas dou te os parabéns por falares por todas nós!
    um beijinho Jessica e continua assim por muito que haja gente que nos odeio temos sempre “aqueles” que vão gostar e admirar-nos :)

    p.s. espero ver te num próximo desfile pois estiveste muito bem e estás de Parabéns :3

  • Cecília Oliveira

    certos comentários a este post só provam a veracidade do mesmo… go jessy!

    • Andreia

      Estava a pensar exactamente o mesmo… será que não leram as mesmas palavras que eu ou são tão inseguras que as tomam como um ataque pessoal!!!

    • pta qpariu

      Go! Be a cretin!

      • DamnGirl

        Ó rapariga, isso é tudo tempo livre pra andar aqui no bate tecla ou simplesmente falta de cera pra depilar o buço e as axilas?

  • Vanessa Gonçalves

    Parabéns, pela primeira vez vejo uma figura pública a utilizar o blogue para falar de um assunto bastante importante. Temos uma sociedade triste, o importante é sermos feliz e não seguirmos o padrão de aparência actual.

  • Maria Pinto (So_risoIncógnito)

    Clap, clap, clap.
    Nada mais a dizer.

  • Priscila

    Parabéns Jéssica pelo post. É de coragem é de mulher. Se todas se calassem menos talvez fosse possível começar a ver uma nova mentalidade nas pessoas.
    A realidade é mesmo essa infelizmente já sofri desse tipo de bulliyng. Hoje em dia sou uma mulher confiante que não se deixa afetar por esses comentários infelizes, as pessoas não se medem pelo aspecto físico mas sim por aquilo que são.
    Hoje em dia a realidade é esta cultiva-se os valores errados, a falta de respeito pelos outros e o triste é perceber que esse culto começa cada vez mais cedo. Pretty face ugly personality.
    Se cada um em vez de criticar os outros com coisas completamente descabidas, fosse cuidar da sua vida o mundo seria um lugar bem melhor.

  • Jessyca

    Compreendo perfeitamente estas palavras. Questiono-me muitas vezes, onde estão estas mulheres “felizes, inteligentes, pró-activas, inovadoras, solidárias e que façam a diferença”. Relaciono-me muito com esta frase “Não permitam olhares redutores sobre aquilo que somos”, que são “lançados” por mulheres. Mulheres. Não se percebe esta falta de compaixão, solidariedade, humildade, e principalmente, auto-estima. Acho que a falta de tempo, a insegurança, a infelicidade, a insatisfação de muitas mulheres, levam estas mesmas mulheres a atacar outras mulheres. Está na hora das mulheres portuguesas se unirem, e tornarem este mundo melhor. Abrir o coração, sair de dentro das pequenas caixinhas mentais. deixar a inveja e os maus sentimentos de lado e praticarem o BEM. Sorriso no rosto. Tratem as pessoas bem e isso será retribuído. #sheforshe

  • Joana

    Aplaudo de pé Jéssica!

  • João Santos

    Olá Jéssica. Sinceramente não percebi qual a necessidade de algumas pessoas terem começado com críticas descabidas e sem nexo. Ao ler certos comentários aqui no blog também não percebo as pessoas que apontam o dedo ao criar o “estereótipo” de que uma mulher real terá de ter filhos e trabalhar 9 horas diárias ou que não poderá ser maquilhada profissionalmente. Mas será que pensam que uma actriz só trabalha uma hora por dia? Que não há guiões para decorar, personagens para trabalhar, gravações.. Não que eu trabalhe nesse mundo, mas não me venham cá com histórias de que só o agricultor e o pedreiro é que trabalham. Claro que existem profissões que exigem maior esforço físico do que outras, mas e então? TODAS são importantes! E em relação à maquilhagem, só me apetece rir. Não vejo qual o problema de uma mulher se maquilhar. Assim como não vejo problema nenhum em não o fazer. O importante mesmo é que se sinta bem consigo própria! E num desfile de moda o que esperam? Que não exista maquilhagem? Que as pessoas vão com banho por tomar? Enfim, espero que a mentalidade mude um pouco e que as pessoas deixem de criticar tudo e todos.

    • Joana Marques

      Então quem não é real? que mulheres são essas que não são reais? quem não tem curvas, é lisa e anoretica?

      • Luis Jorge

        Todas as mulheres são reais. Presumindo que quando fala de anorécticas não seja tal como parece, infelizmente, em tom pejorativo, até as mulheres que estão a ser acompanhadas por médicos ou em hospitais ou clínicas devido à anorexia, são reais.
        Não é de bom tom chamar a uma pessoa magra, anoréctica. A anorexia é uma doença e nem todas as pessoas magras e “sem curvas e lisas” como diz, são tal. E acima de tudo, há pessoas com curvas lindas e pessoas magras e com menos curvas igualmente lindas. Tentemos gostar do nosso corpo e não criticar o próximo para nos sentirmos melhor. Se não nos sentimos bem, há que mudar a nossa realidade. Mas acho que quando uma critica é construtiva é muito bem vinda ou deve ser. Se vemos que alguém está a ficar acima do peso, não vejo mal em avisarmos com toda a correcção a outra pessoa, no sentido de a ajudar. Nunca de a criticar negativamente, ou nos tentarmos enaltecer através dela.

    • Beatriz

      Quando me referia a ser maquilhada profissionalmente como é mais que óbvio não estava a julgar se era bom ou mau. Penso que gostas de interpretar estes comentários de maneira a enfia-los na tua maneira de pensar que as mulheres com muita inveja e maldade se insultam só pela felicidade de o fazerem.

      Eu não insultei a Jéssica, pelo contrário acho-a uma mulher lindíssima e com um corpo mais que cinco estrelas, e precisamente por achar isso, e por achar que ela o sabe (pois não seria convidada para passar modelos ou ser actriz de outra forma, infelizmente) é que digo que ela está a ser falsa moralista. Pois sabe perfeitamente que não é vitima nenhuma de uma imagem padrão da sociedade, quanto muito ela SEM QUERER contribui para esse padrão. Agora dizer que se sente vitimizada e que é uma mulher normal, não é.

      Normal é uma palavra muito matreira. Claro que a Jéssica é normal, é uma mulher como tosas as outras no que toca a sua biologia. Mas ela propria escolheu usar a palavra “normal” para se tentar enquadrar numa sociedade de mulheres que não têm os mesmos acessos que ela tem. E todas sabemos disso, incluindo o maquilhar-se profissionalmente.

      E se lesse o meu texto com atenção, eu disse que ela foi abençoada geneticamente como muitas outras, porque ela sabe que encaixa no padrão de uma mulher “gira”. Ela é magra, ela tem um bom par de maminhas, boas pernas, uma barriguinha lisa e uma cara engraçada.

      O que quero dizer resumidamente é: se queres ser mulher a sério ADMITE que sabes que és gira e magra e não te vitimizes dizendo que lhe chamam gorda, pois todas as mulheres já o ouviram, até a minha amiga anoretica que pesa 40kg.

      • Sara Machado

        Falsa moralista? Admitir que é gira? Se leu a publicação com olhos de gente certamente leu a parte em que a Jessica afirma sentir-se muito bem com ela. Aqui não há vitimização nenhuma, houve sim um alerta para a pequenez de algumas mulheres em relação à figura feminina. Acessos? Claro que terá os seus acessos assim como um médico ou um agricultor terá os seus acessos/benefícios. Até parece que os actores em Portugal são uma classe super valorizada e super bem paga. Até parece que são profissionais com trabalho garantido todos os meses.
        Contribui ela e todas as mulheres que tiveram sorte com a genética, sendo atrizes ou não. Mas não são elas que fazem estereótipos.

        A sua amiga sofre de anorexia, o que fazemos nós? Escondemos o corpo por vestirmos um 38 de calças? Sabe o que contribui também para a anorexia da sua amiga? Os mesmos comentários que fizeram á Jessica tendo ela um corpo bem feito. E é exatamente isto que a Jessica diz na sua publicação.

        • João Santos

          Subscrevo!

        • Beatriz

          Eu acho é que a Sara não leu o que escrevi. Eu nunca disse que a culpa era das mulheres geneticamente abençoadas, claramente e obviamente toda a gente sabe que a culpa é das industrias da moda, beleza, TELEVISÃO etc…

          Quanto aos acessos esta-me a tentar dizer que a Jéssica é pobre? E que a Jéssica se deixasse de cuidar da imagem manteria um contrato como actriz? que continuava a desfilar?

          Eu defendo o que a Jéssica defende, todos devemos sentirmos-nos bem com os nossos corpos e celebrar a diferença. Mas complica um bocado as coisas quando uma mulher que sabe que é bonita e MAGRA dá a entender que tem “uns quilinhos a mais” mas que “não se importa”. Pois claro que não se importa, pois sabe que o corpo dela faz parte do estereotipo de bom corpo, caso contrario NUNCA teria desfilado para a cia martima.Não percebe que a Jéssica aceitar que é gorda mas gosta do corpo dela é a completa hipocrisia do que ela defende? Ela é magra PONTO FINAL. Se tivesse desfilado com 25kg a mais do que tem agora ai sim dava algum crédito, mas neste caso só da ara rir pois sabe ela e sabem todos que ela e magérrima e não é uma mulher “real/normal” pois tem um corpo muito acima da média.

          • Sara Machado

            Não lhe estou a querer dizer absolutamente nada e como deve imaginar não tenho acesso á conta bancária da Jessica.
            Dá a entender que é gorda? Bem, de facto andamos a ler coisas diferentes. Não dá crédito porque não consegue entender o que foi escrito. Criticou a gordura da Fanny? Fez muito bem, e era bom que todas as pessoas tivessem noção dos perigos da obesidade assim como a Fanny teve.

          • Beatriz

            Chamar a Fanny de obesa além de exagerado é o contrário do que está a defender, principalmente a Fanny que se orgulhava do corpo que tinha, e sempre o disse e mostrou.

            Já agora diga-me la que desculpa lhe arranjava para dizer que a Jéssica que ganhou uns quilos na casa dos segredos e voltou passado um ano extremamente magra, e ela dizer que estava muito melhor assim uma verdadeira bomba? Aí já não conta o facto de aceitar todos os corpos com ou sem defeitos? Pois é… Parece que só as magras têm direito ao direito de dizer que gostam do corpo que têm e os outros que aguentem. Já pensou que há pessoas que não são magras e também não são obesas? (provavelmente a maioria das mulheres)

            E sim a Jéssica da a entender que lhe chamaram gorda, mas não quer saber porque se sente confortável com o que tem e que não se importa de NÃO corresponder a um padrão de beleza da sociedade, ou seja por outras palavras: podem achar que sou gorda e até o sou mas não me importo pois sou feliz. Quando sabe e todos sabemos que faz parte desse padrão ponto.

          • Sara Machado

            Ó minha senhora não invente. Não faço mínima ideia que comentários a Jessica fez as meninas do reality show, no entanto, não acredito que tenha dito que a Jessica não deveria comer hidratos de caborno tendo ela o corpo que tem, assim como, eu não chamei de obesa à Fanny. E realmente não quero saber porque nada retira a importância daquilo que a Jessica escreveu. Não me vou alongar mais, é triste que transforme um assunto tão sério em guerrinhas de casa dos segredos.
            Não acredite no pai Natal, se a Fanny perdeu peso é porque não se sentia assim tão bem e ainda bem que o fez por uma questão de saúde.

        • Beatriz

          PS: falsa moralista SIM. Alguém que defende que TODOS deveriam sentir-se bem nos corpos que têm e depois criticar por exemplo a Fanny ou escrever uma publicação sobre o desfio final da TVI dizendo que a Jéssica da casa dos segredos estava muito melhor porque tinha perdido imenso peso; isso pesa um pouco para argumentos em contrário do que defende.

  • um homem comum

    lamento ser tão explícito, mas estás boa que dói

  • Olivia Sapatilha

    Cara Jessi! Para veres que ainda há gente que te acha fantástica mesmo de “barriguinha saliente” espreita aqui

    http://oliviasapatilha.blogspot.pt/2014/10/love-jessica.html
    Beijinho

  • Sandra Andrade

    honestamente nem costumo ler ou comentar isto!! mas desta vez algo me chamou a atenção
    ! mulher normal?? tipo ok!! ela (Jessy) deixa de ser uma mulher normal por ainda não ter filhos ou ter escolhido um tipo de trabalho diferente? quando digo diferente digo exposto!! Que usa a sua capacidade de memoria e de expressão!! ok não tem uma maquina de costura, uma panela ou um pc à frente mas também nós “mulheres ditas normais” não temos que sorrir quando nos apetece chorar ou chorar quando a nossa vida está tao bem que so nos apetece rir!! eu falo por mim. . acho ridículo!! e depois a nossa vida é tao facilitada!! se sairmos de casa com o cabelo menos bonito amanha não estamos na capa de algum site ou revista mas ela está!! e recebe o mesmo por isso ou melhor até pode e ter menos trabalho por isso, mas nós continuamos com a nossa rotina e exercicio fisico?? eu trabalho 8 horas por dia, sou casada, cuido de 2 casas e 2 homens (marido e pai) que infelizmente já não tenho a minha mãe!! e ainda estudo em pos laboral porque quero ter uma oportunidade melhor no futuro!! e digo exercício não faço porque naquela hora de ir penso. . “ok tenho tão pouco tempo para descansar vou para o sofa um cadinho. .” ou “vou aquela loja” . . .lá está!! opções!! toda a gente tem tempo para exercicio fisico se quiser e for opção mesmo o tempo aparece!! não li os comentários menos bons todos nem sei o que despertou a Jessy a fazer semelhante texto que vi no facebook e que gostei!! a realidade é que o mundo das mulheres é mesmo estranho!! em vez de nos ajudarmos e de deixarmos de pensar no “corpo de sonho” fazemos o oposto!! e o incrível é que somos realmente muito boas nisso!! no rebaixarmos a próxima!! quer seja com um olhar ou com comentários tipo os que estao neste texto!! enfim!! jessy não me considerava tua fã ou algo semelhante até porque como podes verificar neste pequeno texto não tenho muito tempo para seguir novelas ou algo assim mas honestamente obrigada por utilizares o teu exemplo e utilizares palavras tao sinceras que rapidamente cativaram o meu interesse!! Parabens!! e já agora esquece!! as criticas realmente não tem sentido!! apesar que o que te fica ainda mais bonito é esse gostar de ti tal e qual como es!! Beijinhos e acredita que vou seguir este teu blog ou site quer leias isto ou não!

    • Joana Marques

      Não, ela não é normal/real…ela é boa como o milho e as mulheres reais (ou seja a maioria das mulheres) não são assim!

      • Tânia

        Eu acho que a Joana interpretou mal o que a Jéssica escreveu. E acho que isso está a criar confusão. O que a Jéssica quis dizer com mulheres normais, foi incluir todas as mulheres, famosas ou anónimas, que diariamente são criticadas por outras mulheres quando não devia ser assim. Penso que ela se referia ao efeito nefasto que isso tem, mais nas mulheres menos auto-confiantes do que nela própria. Ela aproveitou uma situação que se passou com ela, para extrapolar para o que se passa com milhares de outras mulheres. Também já me aconteceu, em adolescente e agora em jovem adulta. Em adolescente quando me começou a crescer as mamas, fui a primeira e muito gozada, porque foram sempre maiores que as das minhas colegas. E agora em jovem adulta, se saio com uma saia mais curta, ou um decote mais pronunciado (que não tem absolutamente mal nenhum) eu vejo os olhares. Mas esses olhares vêm de mulheres. Sim, são elas que olham de alto a baixo e que olham com um olhar carregado de maldade. Não são eles, são elas!
        Acho que é essa crítica que é feita àquelas que se cuidam mais, quer seja porque elas podem e nós não podemos, ou porque não queremos, porque inconscientemente sentimos aquela ponta de ciúme pela aparência que não temos. Acho que é essa crítica que diariamente fazemos com um olhar malicioso lançado a dezenas de mulheres normais na rua/centro comercial, é essa crítica aquela a que a Jéssica se refere. E isso, Joana, é diário e não é justo. E ninguém se sente bem com isso. Podemos não ligar por sabermos que o mal não é nosso, é dessas pessoas. Mas não deixa de ser triste.
        Ninguém diz que a Joana não tenha de facto uma vida esgotante que não a deixa ser mais fit, mas sugiro uma coisa. Em vez de achar que isso é normal, que essas são as mulheres normais, pense antes que isso que acontece na sua vida é precisamente aquilo que não devia de ser normal. É uma situação complicada pela qual as mulheres deveriam poder passar de forma mais tranquila. Se ainda assim, tem essa complicação de falta de tempo e é uma boa mãe, uma boa esposa e uma boa amiga, isso faz de si uma grande mulher, mas não faz daquelas com a vida mais facilitada menos mulheres que você. Todas nós vamos tentando ser grandes mulheres, cada uma com as ferramentas que a vida nos deu.
        Às vezes precisamos mesmo de nos aceitar a nós mesmas, antes de aceitar quem quer que seja.

      • Bad Teacher Fiora

        Quanto mais você fala mais reflecte a típica mulher de 40 anos que está triste com a sua vida e a única forma de se sentir feliz é gastar o seu precioso tempo (que já disse que não tinha muito) a criticar os outros para se sentir melhor. E que tal canalizar essa energia toda para si própria em vez atirar batatas aos outros? Quanto mais comenta mais chateada parecer

        • Joana Marques

          Criticar? Elogiei o físico da Jéssica! Apenas na minha interpretação a mulher real significa maioria das mulheres, posso interpretar e estar aqui o tempo que quiser. Não atirei batatas a ninguém senhora psicóloga!

  • Aloha Cauvel

    as mulheres hoje em dia, infelizmente ainda combate entre elas.. enfim… é a nossa sociedade.. a truque é sorrir… e mandar a merda a sorrir…
    Jessica acho te uma grande mulher e uma cena q tens q eu acho mto nice.. ÉS CÓMICA DEMAIS!!!!!!!

  • Rita Pereira

    Mas esta foto não é “menos feliz”.

  • Tiago

    Fotografia menos feliz?? MENOS FELIZ??? Eu não mudava nada…!!!

  • Vania

    Provavelmente todas estas palavras que te foram dirigidas sobre esta polémica ao fazer-te mal, inconscientemente… vais mesmo achar que tens que mudar algo no teu corpo para ser aceite (ou mais bem aceite) pelo social e pelo senso critico de gente que faz vida soltando polemicas sobre a vida dos outros… Provavelmente é isso que vai acontecer, infelizmente, porque mesmo tendo desfilado com segurança e confiança como fizeste, estas palavras abalaram-te… E se assim for, lamento imenso, Jéssica! Tu tens um corpo lindo, trabalhado e real… saudável e real! Fruto de bons hábitos e saúde. Nao mudes isso! Se a pessoa que mais te inspira é a Emma Watson, rege-te pelas causas dela e nao tanto pelo padrao corporal que ela é obrigada a ter para o mundo do espetáculo. Rege-te pela causa e mantem esse corpo e essa cabeça saudaveis, como aparentam ser. Responde a todos os comentários com a mesma resposta … o mesmo estilo de sempre, sem mudanças impostas pela critica a minarem o teu dia e a tua auto-estima. Nao deixes que o teu corpo mude de aspeto, para que daqui a algum tempo outras tantas vozes se façam ouvir dizendo que estás anorética por causa desta polémica e de outras que te acharao linda por aparentares um corpo sem curvas ou expressao… Resumindo, sem saude e escravo de ti mesma.

    parabéns pela forma como desfilaste; se estavas nervosa, nao se notou nada e estavas e estás mais linda que nunca!

  • Mary Silva

    O problema de muitas mulheres é simplesmente gostarem de rebaixar as outras, tão simples quanto isto e deixa que te diga Jessica Athayde se dizem que estas “gorda”, só te posso dizer uma coisa, quem me dera ser assim “gorda” como tu, como dizem que estas, o que eu não considero verdade. A verdade é que es uma mulher muito bonita um autentico mulherão o que deixa muita gente com uma dor de cotovelo terrível.

  • Edgar Lorga

    Só tenho a dizer isto:
    http://youtu.be/Oq-nBiz1Sio

  • raquel

    Sim, tem um corpo muito bonito raro na mulheres ditas “comuns” (não se vê disto em qualquer lado), sim foi uma boa aposta da marca ter alguém querido do público a desfilar (boa publicidade) e sim pode já ter criticado outras pessoas incluindo a Fanny (quem nunca o fez?)…acho que se está a dar demasiada importância

  • raquel

    Sim, tem um corpo muito bonito raro na mulheres ditas “comuns”, sim foi uma boa aposta da marca ter alguém querido do público a desfilar (boa publicidade) e sim pode já ter criticado outras pessoas incluindo a Fanny (quem nunca o fez?)…acho que se está a dar demasiada importância

  • Star

    Apesar de todos os comentarios menos felizes que por aqui se podem ler
    (mulheres reais???? mas estamos a ver fotografias de algum boneco de cera e ng me avisou?) nao podia deixar de congratular a jessica pela sua grande atitude!!! meninas deixem de ser mazinhas umas com as outras! Foquem-se na essencia da mensagem aqui deixada!!! Amem-se, mimem-se e unam-se! Protejam o que de mais bonito ha no mundo….A mulher e a toda a sua beleza! ;) bjinhos!

    • Joana Marques

      O título é “para as mulheres reais”

  • Martim De Figueiroa-Rego

    Minha “querida” Jessica.
    Sabes que eu acho que “eles” são todos amigos da mãe do “Jorge”.
    A isso chama-se Quiteria’s world (ou seja, todos esses comentários foram feitos com base num mundo de “telenovela” onde mais de metade dos portugueses vivem e se regem no dia a dia na infelicidade da ausência de uma vida própria).
    Um bom dia.
    Martim Figueiroa Rego

  • Ana

    Todas as mulheres são mais do que um número! Porque é que existe tantos padrões de beleza que se impõem 24h por dia a todas as mulheres??! Se não formos assim já não existe um lugar para nós é?
    Todas são mulheres reais, umas com mais curvas do que outras. As mulheres e os homens são cruéis com as mulheres, porque esperam delas uma imagem perfeita que dificilmente existe em mais de 2% da população feminina!
    Vejam mas é o trabalho que marcas como a Dove ou a portuguesa Bra&Company de aconselhamento de lingerie fazem neste campo e parem de criticar o corpo das mulheres, seja ele magro, gordo, alto ou baixo. Cada um é como é e tem muito mais em si do que o seu corpo, bolas! http://www.facebook.com/braandcompany
    Força Jéssica, continua assim, o resto é conversa. E sim, aproveita para alertar sobre estas situações!

  • guin11

    cara Jessica,

    parabéns. por se sentir bem na sua pele. e por defender esse direito. é disso que se trata: o direito a cada um se sentir bem consigo próprio. seja gordo, magro, alto, baixo, com sardas, com estrias, com cicatrizes, sem um braço, com sinais…enfim. gostar de si como é. aceitar a sua diferença e a diferença dos outros.

    olhar-se ao espelho e gostar do que se vê não acontece com toda a gente. há quem direccione essa frustração para exercício desenfreado num ginásio, quem descarregue “a raiva” num gelado ou num big mac. há quem se feche em casa. há quem prefira dirigir palavras menos simpáticas a outras pessoas. é sempre mais fácil apontar defeitos aos outros do que olhar o espelho.

    enquanto as pessoas não entenderem que única que vida que lhes diz respeito é a sua, este tipo de situações vai acontecer. enquanto as pessoas – na sua generalidade, mas as mulheres em particular – não meterem na cabeça que todos temos o direito de nos sentir bem com o nosso corpo – seja ele de que formato for e tenha ele a volumetria que tiver -, haverá sempre mal para dizer. mas só dos outros. por ser uma figura pública é um alvo mais fácil.

    há, nos EUA, uma grande mulher – em volumetria e em personalidade – que deu início a um movimento chamado “effeyourbeautystandards”. chama-se tess munster. é bonita. é gorda. é modelo. e está-se totalmente nas tintas para o que os outros pensam dela. no entanto, sempre sofreu – e ainda sofre, basta ver os comentários aos seus posts no instagram – bullying. não interessa se ela é bonita. se ela se sente bem no corpo dela. interessa apenas dizer mal. humilhar.

    cada um gosta do que gosta. cada um é como é. temos todos direito à nossa diferença. e todos temos direito a gostar de nós. mesmo que os outros não gostem.

    parabéns.

  • Alessandra Forni

    És linda de morrer Jessica!!!! <3

  • Patricia Martins

    Mas quem é que compreende as mulheres?!?!?!?!? -.-‘

  • depoisdosvinte e dois

    Nem esperava outra resposta. Es só dos melhores exemplos de mulher que Portugal tem, se não for por ti, que seja por quem realmente sofre com esse tipo de criticas não construtivas da sociedade em que vivemos. “its always the ones with the dirty hands pointing the fingers”

  • Joana Marta Simões

    Muitos parabéns pelo texto e muito obrigada por debater um assunto tão importante. Aos meus olhos já era lindíssima e “perfeita”, agora percebo que é bastante inteligente pela forma sensata e ponderada (e corajosa) com que abordou um assunto que se construiu sobre um conjunto de comentários indignos sobre si mesma. Qualquer pessoa minimamente inteligente sabe que as capas das revistas são de facto retocadas – é uma escolha das revistas. Muito sinceramente se me dessem à escolha ser ou não retocada numa foto pública escolheria ser retocada. E é por isso que me conforta vê-la ao natural, com pormenores que revistas não quereriam ter em capa mas que fazem de si uma mulher naturalmente bonita. E mais do que o que terem um corpo saudável e bonito como o seu, seria importante que muitas mais mulheres tivessem a sua confiança, a sua dignidade, a sua vontade de ser saudável e a forma como partilha esses seus aspetos, incentivando-nos a querer o melhor para nós mesmas.
    Muitos parabéns!

  • Magda Pereira

    Olá,

    Jessica estou contigo nesta LUTA!!

    E acho que essas pessoas que tanto criticam primeiro deviam de olhar para elas próprias. Se o fizessem estavam de boquinha fechada!

    Quando vi a tua foto no instagram, só pensei “Porra, esta miuda está um arraso”.
    Só agora, depois de ouvir o programa da Antena 3, é que soube deste frenesim todo em redor do teu desfile no Moda Lisboa e vim ao teu blog dar-te o meu apoio!

    Beijinhos

    #SheForShe

  • Ana Rodrigues

    Tu és linda … tanto na tua forma física muito cuidada como por dentro.

    Não ligues ao que as pessoas dizem.

    Beijo muito grande.

    http://blogsimplelook.blogspot.pt/

  • Alexandre Barreto

    Simone de Beauvoir dizia que “Não se nasce mulher, torna-se” , e eu, como gajo, diria que o teu texto tem tanto de slim como de fat, pois são tantos os comentários repelentes que, por mais que tenhas expressado palavras de apelo à não discriminação e à elevação de um conceito feminista anti preconceituoso, as titulares de tais comentários revelam que o ser humano, naturalmente, é auto destrutivo… não é por acaso que se fala que as mulheres vestem-se para as outras mulheres e não para os gajos!
    Afinal, o sentimento externo que gerou desse vómito lexical foi a inveja por seres uma outra mulher!
    Fala dos gajos que eles podem te ouvir…

  • Lp

    A Jéssica não é boa, é óptima.

  • Alfredo

    Jessica, mesmo não sendo modelo, tens um corpo espectacular.

  • http://naoseilamento.blogspot.com ClaudiaBee

    Só para dizer que uma mulher não deixa de ser “real” (este termo é estúpido, btw) por gostar de cuidar do corpo, ou por não trabalhar 24/7 ou por não ter filhos. Tem vagina? Por mim faz dela uma mulher! Anyway…não sei que criticas fizeram mas concordo que as mulheres, em relação a “body shaming” são do piorio, infelizmente. ~
    Gostei desta frase: “Mulheres que são filhas, mulheres que são mães, mulheres que ainda não perceberam que cada vez que cedem à tentação de atacar outra mulher com base nas suas características físicas, estão a enfraquecer a condição feminina, em vez de lhe dar força.”
    Num mundo dominado por homens é triste ver tanta mulher anti-mulheres.

    Cláudia
    naoseilamento.blogspot.com

    • Joana Marques

      Então o título devia ser “para mulheres” :)

  • carla

    As mulheres são muito invejosas umas das outras. A Jessica é linda, tem um corpo maravilhoso (tomara eu). Desejo-lhe muito sucesso. Quanto à conversa das mulheres reais e não reais, cada mulher sabe de si, da vida que tem. Infelizmente nem todas nascem bonitas e ricas, ou se tornam atrizes famosas, mas isso não importa. Aprendam a olhar para os outros e a ver o melhor de cada um. Aprendam a ficar felizes com a felicidade dos outros. E sobretudo, mulheres, defendam-se mais, unam-se mais. Aprendam com os homens.

  • Layra Gomes de Sousa

    UHUUUU LINDO!!! Palmas para ti Jéssica! :D :D

  • Joana

    Não percebi ainda como é que é possível virem criticar uma pessoa que tem uma figura extraordinária. Enfim.

  • fnhokas

    Juro que não percebo… não percebo porque é que tem que gerar tanto comentário. No mundo da moda ainda percebo porque a Jessica é uma outsider, e quem está tem que defender a sua posição, ainda assim estas aparições de “não modelos” na Moda Lisboa até são corriqueiras e emprestam um colorido diferente. Na perspectiva da Cª Marítima é obviamente bem jogado porque assim (mesmo sem as críticas) conseguem a notoriedade que não ocorreria se fossem apenas mais uma “griffe” da moda lisboa com meia dúzia de modelos que ninguém conhece. E as marcas sabem disso e usam isso, nada a apontar. Agora, a generalidade do cidadão comum (ou devo dizer, da cidadã?) criticar? Criticar o quê, e porquê? Porque a Jessica é gira? Não é novidade! Porque a Jessica tem um bom corpo? Tb não! Porque a Jessica é uma miúda bem resolvida e de bem com a vida sem vergonhas ou falsos pudores? Tb já se sabia, mas se calhar isto pica muita gente…
    Agora vamos lá ver se entendemos duas ou tres coisinhas… Mesmo que não directamente e diariamente isto faz parte do trabalho da Jessica. A Jessica vende a sua imagem (o que não é, obviamente, a mesma coisa que o seu corpo), seja nas telenovelas, seja na publicidade, seja no teatro ou numa passerelle. Então e vamos criticar porque ela fez um trabalho, que é digno, e que ela o dignificou ao fazer o melhor que sabe (e bem!), mesmo não sendo do “metier”? Isso custa-me a aceitar…
    Outra coisa que tenho lido e com a qual não concordo é dizer apenas que a Jéssica tem um corpo extraordinário e raro e não é uma mulher comum. Claro que é uma mulher comum, não é nenhuma extraterrestre, é muito gira mas há muitas miúdas tão ou mais atraentes que ela mesmo sem serem capazes de subir a uma passerelle com esta figura. Agora há uma coisa que ela tem e muita gente não tem e por isso criticam, que é uma atitude fantástica perante a vida e aí muitas vezes reside muita da atratividade de uma pessoa. Não é preciso ser uma top model, não é preciso ser esteticamente perfeita, muitas vezes a atitude chega para fazer uma pessoa interessante e compensar até aspectos menos interessantes e menos importantes… quem não tem interesse vem para os blogs ou facebook dizer mal!
    Já agora, não vi mal nenhum na fotografia, achei muito bem e gostei muito. Sejam felizes e gozem a vida! Concordo com o Edgar… Tás no Ponto… :)

  • Joana Marques

    És linda, não ligues ao comentários de pessoas invejosas. Cada pessoa, mulher ou homem, tem o seu corpo e é um ser único. Cada vez mais se exige a perfeição, mas o que é a perfeição? Gostos são gostos e o que é perfeito para mim não é para outro, não posso criticar o outro por não ser/gostar da mesma forma que eu. Tenho de respeitar para ser respeitada. Quanto aos comentários de ser “mulher real” todos somos pessoas reais, uns trabalham numas áreas, outras noutras. A minha área é importante mas a tua também é… As pessoas precisam de entretenimento, precisam de casas, precisam de saúde, e nesta rede de variadíssimas coisas está montada a sociedade. Preocupem-se mais com valores importantes do que com o corpo desta menina….

  • Maria

    Esta discussão não faz sentido absolutamente nenhum! Cada uma de nós é o que é e faz o que faz. Tenho 19 anos e peso 63 kg e devo dizer-vos que sou das poucas pessoas da minha idade que adoram o seu corpo. Se apareço ou não em revistas é comigo. Se trabalho ou não também é comigo. O que EU faço é comigo, como o que VOCÊS fazem é convosco.
    Não se deve criticar as escolhas (chamar-se escolhas por alguma razao) pessoais de uma pessoa, devemos sim, apoiar a felicidade de todos.
    Obrigada Jessica por tentares por juízo na cabeça das pessoas. Nao sei nada do teu estilo de vida nem em que novelas apareces mas és um modelo a seguir, ideologicamente falando.

  • Ana

    Parabéns, Jessica.
    O caminho é longo e este foi só um passo. Mas ler estas palavras, soube muito bem.
    Obrigada.

  • Isabela B.

    A única coisa que foi menos feliz foram os comentários motivados por visões demasiado estereotipadas, porque tudo o resto me parece feliz a foto o sorriso até o corpo.
    Adoro o meu corpo mas ontem quando vi estas fotos pensei “caramba aqui está a motivação que estavas à espera para mexer o esqueleto”!
    Tudo de bom e pode ser que este seja mais um pequeno passo nesta jornada onde as mulheres ainda lutam imenso umas contra as outras.

  • Joana Flórido

    Então e pararmos de ser parvas também?
    Já repararam que estão a contribuir também para a estupidez geral?!

    Alguns comentários deixam sugerir que mulheres magras (automaticamente apelidadas de anorécticas) não têm corpos de “mulher real”…
    “Mulher real” é qualquer uma, desde que se sinta bem com o que os genes e o ambiente lhe deram.
    A “mulher real” é alta, magra, baixa, amarela, às bolinhas.

    As “gordas”, coitadinhas, não se lhes pode chamar isso, o padrão de beleza está distorcido, etc etc… as mulheres magras já podem ser vítimas de comentários maldosos devido à sua magreza.

    Com mais ou menos centímetros na vertical ou horizontal, há VÁRIOS padrões de beleza, não apenas um.
    Ganhem todos juízo.

  • Ana Sousa

    Não percebo estas pessoas que só sabem criticar e muito menos percebo o porquê dessas críticas virem de outras mulheres. Se fosses esquelética criticavam, se fosses gorda criticavam, se estás bem criticam na mesma, é assim que a nossa sociedade funciona. E estas pessoas que vêm dizer mal das outras são aquelas que não têm auto-estima e que não têm confiança nelas próprias. Muitos parabéns por este post Jéssica porque sem dúvidas que estas palavras vindas de ti vão chegar a muito mais gente, porque sem dúvida que pessoas conhecidas como tu têm outro poder de serem ouvidas e ainda bem que esse poder pode refletir-se nestas chamadas de atenção.
    És linda Jéssica :)

  • Alexandra Gerardo

    Quero só dizer que tens grande fisico, um fisico real e, na minha opinião sem qualquer imperfeição. Vi a foto e tive exactamente a reacção oposta, pensei: A jessica tem um corpo BRUTAL! Axo que a mensagem que transmites é extremamente importante pois a grande parte das mulheres deita abaixo outras mulheres. Tens confiança, sim! Apareces em capas despida ou vestida, sim! So what? Faz e continua, se tens poder para isso fa-lo, tal como se tens poder para chamar a atenção para estas situações, fá-lo!

  • Cátia Almeida

    Concordo completamente no que foi escrito e tenho realmente muita pena que isto seja uma realidade. Basta lermos um pouco os comentários deste post e percebemos que é verdade. Porque somos tão criticas umas para as outras??? Qual é a necessidade??? O que ganhamos??? Simplesmente nada. Vivemos ainda numa época de “descriminação camuflada” e muito por culpa de nós Mulheres. É realmente triste…

  • Ricardo

    Percebo perfeitamente que a jessica queira puxar a brasa a sua sardinha e tentar chamar as mulheres para o lado dela tentando influenciar lol acho o texto um pouco ridiculo até pk normalmente as mulheres criticam devido a inveja lol nada a ver com aquilo que ela escreveu até pk hoje em dia ou pelo menos onde vivo não acontece!! por isso ou vive num mundo a parte e vê essa “Opressão” chamemos-lhe assim lol ou então sou eu que vivo numa parte do mundo onde toda a gente tem muito open mind!! Já há MUITO tempo que até as miudas vão para a escola praticamente despidas e postam fotos praticamente nuas, como muita mulher e n se vê nada com que a jessica se quis vitimizar.. o que btw é mt feio de se fazer.. tentar culpar quem n tem culpa!! É que quando estamos bem connosco própriso n sentimos necessidade de dar explicações!! get it?? ;)

  • Maria

    Olá Jéssica.
    Sigo o teu blog e nunca fiz qualquer tipo de comentário, mas depois de ver esta polémica toda, quis deixar-te umas palavras. Confesso que fiquei tua fã depois do blog e estou sempre a comentá-lo com as minhas amigas e o meu namorado (que também te acha uma gata, btw)! Agora sempre que visto algo novo, ele costuma dizer-me com um sorriso e um tom atrevido “uau, estás muito Jessy James!” :)
    Ao longo da minha vida fui alvo de muita inveja do lado feminino por me acharem uma pessoa bonita. No entanto, sempre tive muita falta de autoestima e aos 15 anos (há 9 anos atrás) tive uma depressão por causa de muitos ataques, mexericos e coisas do género, que decidiam inventar sobre mim, sempre mulheres, numa tentativa de me “deitarem abaixo” ou “sentirem-se acima”, como se houvesse necessidade de tal coisa. Nunca soube como lidar com isto, chego ao ponto de querer ser uma pessoa que os outros não acham bonita. Assim, não teria a luta que tenho em relacionar-me com mulheres pois sempre que conheço alguém, tenho de ultrapassar a “barreira da imagem” para mostrar que não sou uma pessoa arrogante, convencida, antipática ou inacessível só porque sou bonita. As pessoas esquecem-se de que não é só uma questão de aceitar ou não a opinião dos outros, é algo que nos pode definir como pessoas assim como as nossas relações interpessoais. Admiro-te por conseguires ultrapassar estes comentários estúpidos e sem noção da forma como consegues. Quem me dera estar rodeada de pessoas como tu certamente estarás, pessoas que não têm qualquer problema em dizer-te o quão linda tu és e em realçar o mulherão em que te tornaste! Somos todas reais, às vezes esquecem-se de que não é por seres uma figura pública que és menos real do que nós. Tens-nos mostrado isso aqui no blog. Obrigado por tentares abrir os olhos a estas mulheres que adoram criticar aquilo que gostariam de ser e obrigado pela força que dás às mulheres que lidam com este tipo de coisas quase diariamente. Resta-me dizer-te que subscrevo totalmente as tuas palavras e agradecer-te mais uma vez por elas :) #sheforshe

    ps: espero um dia ver-te ao vivo a desfilar com esse corpaço ;)

  • Carlos Pires

    é só inveja jessica nem dao a cara…estas otima…eu adorei. bjs

  • Patrícia

    “Cada mulher é um mundo muito para além do corpo que a recebe. Apoiem -se. Defendam -se. Não permitam olhares redutores sobre aquilo que somos.”

    Num mundo onde sair à rua sem receber um comentário infeliz é praticamente uma utopia, é deveras desconfortável ver comentários tão desagradáveis findo de bocas femininas.
    Porque? Que necessidade é esta de deitar abaixo a mulher que está ao nosso lado? Como pode a inveja, o cobiço, os boatos terem maior impacto do que simplesmente partilhar uma palavra amiga.
    Será tão difícil de compreender que assim estamos a complicar ainda mais o nosso caminho, que por si já é tão árduo?

    Jessica Athayde és perfeita e um excelente exemplo da mulher portuguesa <3

    Vamos deixar os mexericos e as invejas no caixote no lixo e sair de casa com uma atitude positiva, de apoio entre todas.

    #SheForShe

    https://www.facebook.com/seconds.thoughts

  • Carllos Miguell

    …sem comentários quanto a esta complexidade de ineludiveis etecéteras….poisss…eu gosto da Marta e da minha neta.

  • Claudio Vieira

    Assim que vi a foto pensei “mulher jeitosa”. Corpo muito mais jeitoso que as esqueléticas modelos. As mulheres que dizem o contrário têm dor de cotovelo. Dito por alguém bem casado com uma mulher jeitosa, e nao uma mulher modelo.

  • Adriano Hora

    A inveja e a dor de cotovelo são coisas feias…. tristeza

  • pta qpariu

    Ó Jessica, cresce… e desaparece!

  • Catarina

    Ameiiiii!!!!

  • Patrícia Ferreira

    Jessica, sou mulher e quem me dera ter a sua barriga…não vale a pena comentar muito mais, até porque a Jessica já o fez…ah! e não gosto de mulheres, para aqueles que possam pensar o contrário, se bem que também não me preocupo muito com o que possam pensar…preocupa-me mais o facto das mulheres serem tão mázinhas umas para as outras…é mais fácil criticarem do que elogiarem…enfim, tenho pena das pessoas que têm uma mente tão mas tão pequenina!!!!!!!! Beijinhos e tem um corpo fantástico! Mais, o importante é cada um sentir-se bem com o seu corpo e ter paz na alma!!!!!!!!!!!!

  • Pedro Lua

    continuo sem perceber o drama da objectivação do sexo feminino e masculino, só as mentes mais rudimentares é que se sentem ofendidos pois com objectivação vem o poder e esse poder pode ser transformado no texto que acabamos de ler….. só os mais ignorantes é nao conseguem discernir a diferença entre a mulher e o objecto. a sexualização tanto da mulher como do homem é o fruto da sociedade capitalista que vivemos ……

  • Pingback: #sheforshe |()

  • Dinis Alves

    És linda todos os dias não ligues ao que te dizem.
    Adorava jantar contigo um dia.

  • http://hiatopoetry.blogspot.pt Shakta o

    Tenho visto mais actos de machismo vindos do sexo oposto, que dos próprios homens…

    • pta qpariu

      Essa é que é a verdade. Quem cultiva o machismo são as mulheres… e o feminismo também!

  • Guest

    A quem servir a carapuça!

  • Soraia

    Mulheres reais… Inacreditável o que ando a ler por aqui! Acordo todos os dias às 6h da manhã e chego a casa do trabalho às 20h, sou vegetariana e cozinho todas as minhas refeições, são do mais saudável que pode haver e não perco muito tempo a confeccioná-las, levo por dia 4 horas nos transportes públicos para ir e vir do trabalho e vou correr 4 vezes por semana, uma hora de cada vez. Tenho encargos como qualquer outra pessoa e o ordenado é mísero! Ao olharem para mim, a maioria das pessoas considera que tenho um “bom corpo”, será que isso faz de mim mulher menos real só porque não tenho estrias, nem pneus, nem filhos? Por este prisma se calhar consideram-me real, mas se fosse atriz ou cantora já queria ver o que diziam.

    • Joana Marques

      O título é “para mulheres reais”logo há quem não seja!

  • http://life-is-afashionshow.blogspot.pt/ Rute Simão

    Bem, li alguns comentários e a opinião é tão diversificada que nem sei por onde começar. Talvez, pela minha história.
    Eu tenho um blog e em tempos, o que mais desejei, foi ser modelo fotográfico, de passerelle, estava fora de questão devido à minha altura. O que é certo, é que sempre me senti bem comigo mesma, até ao momento, em que comecei a receber críticas constantes, dizendo que eu era demasiado gorda, que deveria emagrecer, comentários horríveis, sem jeito nenhum, para mim, uma miúda que apenas fazia umas sessões fotográficas como passatempo e nunca foi um trabalho. Diziam-me que era horrível, gorda, obesa (acho que muitas dessas pessoas não deveriam ter noção do que na realidade significava a palavra “obesidade”), que deveria emagrecer, só tinha banhas, diziam que era vazia, incompleta, que precisava de me tonifcar, que tinha uma barriga flácida, tanta coisa… Ao início, não ligava, até que, mesmo sem notar, aquilo começou a afetar-me seriamente, qualquer comentário que faziam sobre o meu peso, eu desatava a chorar. E por esses comentários, GRANDE parte deles realizados por mulheres, comecei a olhar-me ao espelho sentindo nojo de mim própria, passei fome, na esperança de conseguir ficar esquelética. Não cheguei ao ponto da anorexia nem bulimia, mas posso dizer que se continuasse a ligar a tudo o que me dizem, podem crer que provavelmente já estaria morta ou muito doente. Mas o que descobri, é que muitas mulheres, são mesquinhas e nunca, mas nunca vão estar satisfeitas, se tens uma pneuzinho, vão julgar-te, se estás magra, vão dizer que estás esquelética, se tens celulite, vão dizer “olha aquela ali, está cheia de celulite”. Acho que quem faz isso, nunca chegam a olhar para elas próprias. Somos todas imperfeitas, mas são as nossas imperfeições que nos tornam perfeitas. Continuo a receber comentários sobre o meu peso no meu blog, aparece sempre algum, e, muito sinceramente, não posso dizer que isso não me afeta, porque realmente afeta, mas já agora, sou diferente, tento gostar de mim como sou, tento não ligar a comentários que não são, grande parte das vezes, construtivos, apenas têm o intuito de afetar o meu psicológico. Tenho altos e baixos, cada dia é uma nova luta, mas aprendi a aceitar-me!
    Queria também agradecer-te, por teres tomado esta iniciativa, porque realmente, eu fiz o mesmo, no meu perfil do Facebook, mas obviamente nunca captará tanta atenção como este post, sendo tu, uma figura pública. Espero que inspires, muitas raparigas que passaram e passam aquilo que eu passei, porque nos meus piores momentos, gostava de ter “ouvido” palavras tão inspiradoras como as tuas.
    Por fim, deixa-me que te diga, fui à Moda Lisboa, e para mim estiveste lindíssima, e juro que não percebo esses comentários maldosos, para mim, estavas em muito mais em forma que muitas raparigas que lá estavam, demasiado magras. Nada contra essas raparigas, que são humanas e também elas têm sentimentos e que muitas vezes são assim, magras, devido ao organismo delas, só tenho pena, que no mundo da moda, as raparigas sejam sempre tão magras, acho que deveriam ser realistas e colocarem as diversas formas femininas existentes.
    Continua com esta tua iniciativa e desejo-te muita sorte!
    Beijinhos,
    Rute Simão

  • Tixona

    Não és modelo mas sim atriz. . Mas tens tudo para ser uma fantástica modelo também. . Quem dera às modelos ter o corpo que tu tens .. e quem dera a muitas mulheres que abusam (ou não) dos carbo hidratos ficarem assim. .

  • Rita

    É tão importante que figuras públicas emprestem a sua voz à luta pela igualdade dos sexos.
    O ódio de mulher para mulher é umas das bases da sociedade patriarcal em que vivemos e discursos como o da Emma Watson e textos como o seu ajudam a desconstrui-lo.
    Muito obrigada, em nome das mulheres (e da feministas), por ter tido a coragem de escrever e partilhar este texto. São coisas aparentemente pequenas como estas que podem começar a mudar as perspectivas e valores das pessoas, para melhor.

  • Raquel Silva

    Muito bem Jessica! Isso é que é falar! Infelizmente vivemos num mundo preconceituoso, e num portugal pequenino, com pessoas pequeninas de espírito e de mente! Principalmente mulheres! É de conhecimento geral que a mulher é um bicho complicado sim… e o pior defeito é a inveja. Triste e vergonhoso, mas verdade! E aquelas que discordam e se pronunciam em comentarios anteriores com criticas, são no fundo umas mulheres frustadas, acredito! E desculpas como serem mães e ocupadas não passam disso mesmo: desculpas! Desculpas p esconderem o verdadeiro motivo de serem frustadas e infelizes: inveja!
    Mulheres: Já que não conseguem dar força à mulher ao vosso lado… ao menos deixem de olhar para o lado e olhem mais para vocês próprias… deixem as mulheres felizes viverem a vida delas tal como estão…magras, gordas, altas ou baixas, mães ou solteiras, com estudos ou sem estudos, com muito ou pouco trabalho. Deixem de ser mesquinhas…já que vocês é que não conseguem ser mulheres a sério com esse tipo de mentalidade!
    Deixem de ser ridículas! Obrigada!

  • Ana Patrícia Pereira

    Não sei se verás este comentário mas é injusto o que dizem de ti. Tens a minha opinião e força no meu blog. Se puderes, responde-me.

    Força Jess.

    http://odesempregodeunisto.blogs.sapo.pt/a-jessica-54485

  • Sofia Martins

    Mesmo depois deste sábio e esplêndido post ainda há mulheres que o comentam sem sequer ter percebido rigorosamente nada da mensagem que ela quer passar.
    Deve-lhes ter servido a carapuça, já que foi para esse tipo de mulheres que foi dirigido.
    Contudo, ainda há esperança :)
    #SheForShe
    Façam-se ouvir :)

  • Ana

    As vezes as pessoas deviam refletir antes de escrever e publicar qualquer que seja o comentário. Uma coisa é dar opinião, outra é partilhar sem refletir. E como a pipoca mais doce disse ainda no outro dia na comercial, as pessoas falam muito e mal nas redes sociais, porque diretamente não abrem a boca nem 1/10 daquilo que tanto “dizem” em comentários. Sinceramente, fala-se muito em liberdade e muito pouco de educação!

    • JC

      Ora aí está alguém a dizer alguma coisa decente no meio disto tudo!

  • JC

    Ainda bem que no meio de tantas actrizes nacionais alguém se destaca! Parabéns por todas as sábias palavras que escreveste, pela forma como tentas abrir os olhos da nossa (ainda pequena) sociedade, pela sinceridade, mas parabéns acima de tudo por não te esconderes! Admiro a forma como te expressaste sem medos! (Pelo que li admiramos a mesma pessoa e depois do que vi/li de ti é impossível não te admirar também)

    A muitos os comentários que aqui se lêem, só vêm dar razão ao que já foi dito! O mais triste é ler por aí que por ela ser actriz não é uma mulher a sério, que por não ter filhos não é uma mulher a sério! A vossa escolha foi essa, serem mães, se não têm cuidado com a alimentação é uma coisa que só a vós diz respeito, quanto ao tempo, alguém aqui conhece a Jéssica para saber se ela trabalha mais tempo do que nós ou não? Eu não conheço, não sei quanto tempo ela trabalha, mas independentemente disso é uma mulher, tal como todas nós, que nunca deveria ter sido julgada pelo corpo que tem! Não há nada que diga defina a perfeição, todos os corpos são diferentes, todas as caras, personalidades e afins! Somos todos diferentes e é isso que nos distingue, se o objectivo era seguirmos um padrão de beleza seriamos todos iguais. Eu não sou perfeita, não sou nenhuma modelo, não sou nenhuma actriz, sou uma mísera jovem mulher com imenso para aprender ao longo da minha vida, mas uma coisa vos garanto, prefiro ser imperfeita aos olhos de todos os que criticam e julgam do que ser uma cópia! As minhas “imperfeições” tornam-me única! Prefiro ser imperfeita do que ser mais uma. E infelizmente é triste ver que são as próprias mulheres que aqui vêm deitar-se a baixo umas às outras. Tanto lutamos contra o machismo, tanto nos intitulamos como feministas, mas na hora de sermos unidas é isto que se vê!
    #HeforShe
    #SheforShe

  • Joana

    vi as fotos da Jéssica quando esta as publicou no facebook e blog e achei maravilhosa, super bonita, segura de si e Sexy. Nunca pensei que iria surgir noticia no JN sobre comentários críticos À sua aparência. Fiquei chocada. Graças a deus que ela tem o tico e o teco no sítio e não se vai abaixo por causa de comentários sem fundamento. Parabéns Jéssica
    =)

  • Mónica Marinho

    É esta a foto menos feliz?! A sério que não percebo tanto drama. Há gente com muito pouco que fazer. :)

  • João

    1- Estás em forma Jessica! Espero que muitas sigam o teu exemplo e melhorem hábitos alimentares e apostem no exercício físico.
    2- Cada um tem o corpo para o qual trabalha.
    3- A inveja é uma coisa muito feita.

  • ines costa

    OMG Mas ninguem tem tempo para nada..!! E estao aqui horas a fio e ler e responder e sei la mais o que..!! E se fossem tratar da vossa vidinha e dos filhos e do marido e do trabalho e do ginasio..!! E deixassem a vida da rapariga em PAZ! Nao seria mais sensato?? Cada um tem a vida que tem.. e as suas oportunidades..! Que tal TENTAREM ser FELIZES com o que cada um tem Hummm!?? Sensato para todas!?? Oh gente!
    Bjinhos Jessica* MUITO SUCESSO.

    • Joana Marques

      cada um faz o que quer e escreve o que quer o tempo que quer….então concorda com o post e vem aqui atacar quem quer passar o tempo aqui? olhe a contradição!

    • pta qpariu

      Tomaste as dores da Jessica? O melhor é ires ao psiquiatra que isso é grave!

      • ines costa

        Get a life baby! Com esse nome de utilizador nao dever ser eu que preciso de ir ao psiquiatra! Tem ai muita raiva, dor e rancor acumulado. Espero que um dia consiga chegar perto do algo que se chama Paz de Espirito! No formato em que se encontra nao deve mesmo ser o caminho. Peace be in you*

  • Guest

    A quem servir a carapuça!

  • teresa gaspar

    Para que chamar os homens se as mulheres são sempre as mais crueis umas com as outras! A Jessica tem um corpo feminino, bonito e… real! Os padrões da moda mudam como o tempo… há uns anos o booty era um rabo gordo! Ou também acham que a beyonce está fora do padrão? Era só o que faltava alguem com uma beleza real não poder desfilar porque há meninas do olho que ficam chocadas. Chá de camomila… e alargar horizontes para além do fashion tv

  • Gabriel Pinto

    Ainda há uns dias fiz um post no FB sobre uma questão semelhante no que toca ao sexo feminino:

    “Para as mulheres de Portugal.

    Nunca se sentiram inferiorizadas no que toca à diferença de salário entre vocês e os homens?
    Por que é que não vejo figuras públicas, comediantes, actores, etc. a fazerem campanhas pelo que acham que seria justo?

    É só nos “esteites” que fazem isso?

    https://www.youtube.com/watch?v=Jz3khtAdwXo&feature=youtu.be

  • Clérigo

    És uma mulher Lindíssima ! Não ligues a comentários de pessoas sem opinião formada. Continua assim :) Enorme abraço.

  • Piloto

    És um avião daqueles mesmo bons pá!

  • Gil

    Deixo o meu contributo como homem, sem entrar no campo do sexismo (admito a sua existência, mas acho que não preciso de entrar por aí neste comentário. Se quiserem tratar esse assunto a fundo podemos tomar um café e conversar noutra altura).

    Pessoalmente, não percebo que caraterísticas fazem o corpo da Jessica não se inserir em qualquer padrão de beleza. Quero dizer, onde está o regulamento (diretriz ou decreto-lei) da beleza entre as modelos? Desafio-vos a mostrar-mo. Se os gurus da moda (homens e mulheres) têm obrigado as modelos a adequarem-se a padrões praticamente impossíveis e prejudiciais para a saúde, acho que está na altura dessa realidade mudar um bocadinho. Caso não saibam, a celulite raramente passa com desporto e alimentação, e poucos tratamentos a reduzem. Quanto ao peso ideal, varia com a estrutura de cada um. Voltando à opinião pessoal, acho que é preciso ter uns olhos apurados para ver celulite na autora deste blogue! Sem ofensa ao público crítico. Mas adiante.

    Dito isto, acho que as pessoas são livres de criticar o que quiserem, desde que o façam com educação. No entanto, aconselho que olhem à vossa volta e criem um padrão realista de beleza antes de criticarem. O vosso padrão. Não aquele que acham que deve ser, porque viram no fashiontv.

    Se, com tudo isto, continuam a achar que a Jessica deve cuidar mais da sua imagem ou não deve desfilar, por favor critiquem. Lembrem-se apenas que houve uma opção dela em desfilar, e que podem sempre olhar para o lado.

  • http://www.riff-mag.com franciscojfm

    Eu até agora nem sabia quem era a Jessica, mas isto aqui está cheio de mulheres invejosas a comentar :D Se uma mulher bonita baixa a auto-estima de algumas feias por aparecer e deixar-se ver, temos pena! As que não gostam que se mudem pra um qualquer território dominado pelo ISIS (e mesmo lá aposto que se iam queixar que os olhinhos de uma qualquer estão demasiado à mostra)

  • Vasco

    Bom, como é óbvio, apesar de mais uma opinião pouco ou nada acrescentar, fica como contributo masculino. Naturalmente que um corpo elegante é importante quer para o nosso ego quer para a imagem que projetamos de nós, mas Jessica, convenhamos, com um rosto único e um sorriso assim…quem precisa de um corpo de passerelle??

  • Laci

    Linda, deslumbrante. Parabéns Jéssica!

  • Guilherme Silveira

    Estando perfeitamente em acordo com todo o post, resta-me somente acrescentar uma frase que me parece deveras importante.
    Fala-se muito sobre a igualdade entre sexos, a necessidade que o homem tem e apoiar a mulher, da necessidade que a mulher tem de se auto-elevar perante a sociedade (dita masculina). Parece-me porém, que por vezes (não sendo o caso, mas não querendo deixar esquecido), se fala pouco sobre a necessidade de apoio que o homem também precisa, quer dos outros homens, quer das restantes mulheres.

  • Melissa

    Que é isto gente? Mulher real??? Como a Sara Sampaio disse e muito bem mulher real é aquela que tem uma vagina. és um mulherão, nenhuma mulher se deveria esquecer de si própria…

    • Joana Marques

      o título diz “para a mulher real” logo deve existir as que não são certo?

      • Melissa

        Penso sinceramente que a mulher é mulher não pelo fisico mas sim pelo interior, pois uma mulher que passa a vida a olhar para para as outra e a criticar deve ser uma mulher com a auto estima em baixo, que precisa de se afirmar ao deitar as outras a baixo… cada um é como é mas pode ter a certeza que eu desde que entrei para a escola sofri por ser magra… até anoretica me chamaram, isto causa grande revolta dentro das pessoas. Eu aprendi a lidar com isso ao ver que toda a gente que fazia isso tinha problemas de peso a mais. as mulheres deviam realmente de se ajudar umas as outras e não deitar as outras a baixo para se sentirem melhores… vá ver o que a Sara Sampaio escreveu a cerca deste assunto no facebook

  • Álvaro

    Jessica, O mundo é teu!
    estás muito bem assim, a inveja é um sentimento corrosivo que além de destruir o seu portador magoa às vezes o alvo, ignora

  • Inês Da Silva

    Eu estou contigo J.! Sempre defendi o que te decidiste, e muito bem, defender! Porque não gosto de ouvir e assistir a esse tipo de “agressão” entre mulheres e sempre fiz questão de deixar a minha opinião bem vincada! Para mim isto só tem um nome e fico muito triste por quem sente este tipo de coisas. INVEJA! Não me venham com falsos moralismos porque esta é a verdade Nua e Crua. Beijinhos J.!

  • Joana Marques

    Porquê que sempre que colocam aqui o ink de um post onde a Jéssica chamava de “gorda bimba” a uma mulher, é apagado?

  • Joana Marques

    lollllll

  • pta qpariu

    Sabes qual é o teu problema? falta de “thigh gap”.

  • Cláudia Rodrigues

    Chamar alguém de feio, não te deixa mais bonito; excluir uma pessoa não te torna mais popular; não são as marcas que vão te rotular; chamar alguém de gordo não te emagrece; dizer que uma pessoa é triste não traz felicidade; falar que alguém é fraco não te fortalece; dizer que uma pessoa é exibida não te traz a humildade; dizer que alguém é insignificante não te engrandece; dizer que uma pessoa é falsa não te leva à verdade; conhecer muita gente não é o mesmo que ter amigos; ser famoso é diferente de ser querido; sexy não é o mesmo que vulgar… (anseio o dia em que as pessoas vão deixar de se preocupar com a vida dos outros para se preocuparem com a própria vida…O mundo está cheio de “treinadores de bancada” e muitas vezes nem se apercebem do estrago que fazem… é triste perceber a pobreza de espírito do meu povinho que tem de apontar o dedo para se sentir melhor com ele próprio esquecendo-se que ao apontar um dedo em frente estão três apontados para o próprio… somos todos” máquinas ” com falhas e defeitos e haverá sempre alguém melhor e pior que nós. .. devíamos sI’m perder tempo com as nossas próprias melhorias ;) fica a dica…)

  • pta qpariu

    Dito por esta Sra. neste blog – “Infelizmente há muito boa gente a passar necessidades em Portugal e no Mundo, e não critico quem procura encontrar alternativas honestas para ganhar a vida. Agora, não podem é achar que “abrem a porta” e a voltam a “fechar” quando quiserem. Um reality show vive da super exposição de todas as facetas de uma pessoa, portanto sabendo as regras do jogo não há que depois chorar.” – Agora enfia a carapuça!

  • Miguel Santos

    Uma das raras vezes que leio isto vindo de uma mulher que se poderia julgar uma Deusa ou ter uma visão irrealista de si!! É isso mesmo o nosso corpo é apenas algo que usamos por um determinado tempo, o que importa é o legado que vamos deixar um dia e como vivemos a nossa vida!! Tudo o que é material vai ficar tudo por ai, a nossa vida essa sim deve ser vivida o melhor possível!!!

  • Patrícia

    Não percebo porque é que existem pessoas tão cruéis… cada uma é o que é e deve se sentir bem com ela própria… eu sou mulher e gosto. Com mais ou menos curvas isso é com cada uma e sentir-se bem é o que realmente importa. Beijinhos

  • disqus_2MHipKZ0un

    Claro que és uma mulher segura, quem te segue percebe isso nas tuas fotos naturais, sem estarem editadas, nota-se bem que não há qualquer tipo de frustração e isso é de louvar, quando o que se vê mais por aí são imagens distorcidas da própria realidade.

  • Ricardo Kosta

    Jessica concordo em absoluto com quase tudo o que disseste, menos quando dizes que a foto foi menos feliz, ai não podia discordar mais, porque a foto está fantástica, e com uma mulher maravilhosa como tu nela, não podia ser de outra maneira. Bj grande e continua assim porque estás estonteante

  • Mónica

    Quem fala mal de ti, só pode ser por inveja.
    És uma mulher bonita, com um corpo fantástico.
    Na minha opinião, as modelos deviam ser como tu e não extremamente magras, como é habitual.
    Tenham mas é vergonha…
    Um beijinho

  • João Pedro Pinção Viana

    eu homem que sou quando estou acompanhado por uma mulher e passa outra mulher fico sempre incrédulo que a maior parte das vezes nem sequer olham para mim mas sim para quem estou acompanhado de alto a baixo faz me sempre lembrar um scanner :) , quanto a foto em questão não acho que seja uma foto menos feliz ate acho que estas gira e sexy.

  • disqus_2MHipKZ0un

    Acho que o titulo traz muita confusão afinal de contas devia ser “para TODAS as mulheres” TODAS TODAS

  • Ricardo Jorge Lavado

    Cara Jessy James!
    Os posts de critica ao teu corpo não percebem nada de mulheres e o seu físico!
    Os homens no geral (categoria em que me insiro) quando analisam em termos de beleza o corpo de uma mulher (que é o caso do post em questão), não olham para os abdominais e se consomes muitos ou poucos hidratos de carbono ou se tens um corpo desproporcional ou não…
    NÃO!!! Nós, homens gostamos de mulheres completas, seguras de si, sem inibições do seu corpo, sem vergonha de mostrar o que é seu e de preferência que tenha uma atividade mental alem das futilidades gerais associadas “ás gajas”…
    PARABENS!!! Tu pelo que vi das fotos dos desfile (e que fotos, meu Deus!) e da tua actividade profissional és uma mulher fantástica, mais completa, feliz, segura, orgulhosa do que é teu, acima das criticas manhosas e invejosas que te fazem…
    Portanto termino com a conclusão básica dos homens em geral, categoria em que me insiro:
    “TU ÉS A VERDADEIRA, GAJA BOA!” (linguagem masculina generalizada que abrange uma série de requisitos que nem todas as mulheres entendem, pensando que é só do físico que falamos mas que é muito mais complexo na mente de um homem comum)
    Portanto se feliz que estás no bom caminho!
    Abraços e se me permites um beijo…
    Ricardo Lavado.

  • pta qpariu

    Teve azar… o photoshop desta vez não foi aplicado!

  • Claudia

    Bem Jessica. Adorei o que escreveu e a forma como o disse. Continuo a achar que por a mulher mostrar o corpo, isso não as sexualiza mais do que um homem que mostra o corpo. E, aqui entre nós, a Jessica até tem um corpo espectacular (quem me dera!), e eu até sou apologista do que é bonito é para se ver.
    Eu sou a favor da igualdade, mas acho incrível não existirem posts contra os fabulosos cirpos masculinos que andam por aí a encher as revistitas ;) E isso é o quê, exactamente? Machismo? Feminismo? Sexismo? No fundo, acho que tudo se resume ao mesmo: falta de amor- próprio e muuuiiita inveja!

  • liliana

    Lembro-me desta atriz nos morangos com açucar…ninguém “dava nada” por ela, magrinha, lisinha, nariz tortinho sem a sensualidade de uma Rita Pereira por exemplo. Dedicou-se ao corpo, meteu maminhas, operou o nariz e voilá ficou esta bomba! Isto tudo para dizer que podemos muito bem mudar o nosso aspeto de modo a ter mais confiança, mais autoestima mesmo que isso passe por cirurgias. Um corpaço destes com este jet bronze faz furor em qualquer desfile.

    • Alexandra Gomes

      A Jessica não fez uma rinoplastia, se reparar, o nariz dela continua torto. Ela própria já disse que costumava ter complexos por causa disso e dos dentes.

  • carlos

    todos os comentarios dessas senhoras são inveja, eu sendo homem estou farto de ver mulheres em fato de banho que parecem vir do quenia magras esqueleticas e feias, são o que sao . Parabens jessy estas muito bonita nao ligues á dor de cotovelo.

  • Susana Ramalho

    Tanta discussão por nada! A rapariga ñ veio para aki fazer um muro de lamentações! Td resumido, ela falou do q se passa na sociedade e q é verdade! As mulheres têm tendencia a criticar de uma forma invejosa as outras mulheres, isso é muito mau, porque quem o faz, é quem ñ se sente bem no seu corpo e depois culpa “a sociedade”… a sociedade somos nós, cada um de nós. Se alguém tem um corpo bonito q nos causa inveja, q essa inveja seja construtiva e q nos dê força para alcançarmos o q desejamos. Ñ é para começarmos a criticar pq a rapariga tem um corpo bonito! Se eu ñ tenho, é pq ñ trabalhei pra isso! Ou então pq o meu corpo simplesmente nunca vai ser assim, tb só tenho 1,55 :/ E aí já tinhamos q entrar no mundo da anatomia… O q quero dizer é, ñ gosta, ñ olhe! Porque é q têm de atirar pedras? Ela agora é q tem culpa q a convidem para posar, desfilar…?!!! Se eu tivesse o corpo dela e me pagassem, eu tb ia!

    Jessica desejo-te td de bom.
    love live life <3

  • Johnny

    Existe alguma razão para criticas?????? O mais importante é o interior, mas no exterior vc tem um corpo espetacular, lindo, brutal :-P

  • Luisa

    Eu tenho andado a evitar comentar, mas não já não consigo mais e tenho de deitar a minha opinião cá para fora! Tenho 3 pontos a comentar sobre este assunto.
    1º) Eu dava anos da minha vida para ter o corpo da Jéssica. Não para agradar aos outros, mas para ter sempre a confiança que a Jessica irradiou enquanto desfilou. O corpo dela é lindo, bem mais bonito que o de muitas escanzeladas que por aí andam;
    2º) 90% dos comentários que tenho lido a respeito desta situação, nas redes sociais – e tenho visto muitos – são de mulheres. A criticar ou enaltecer, e principalmente a discutir umas com as outras. Os homens, ficam caladinhos, a assistir à novela e a rirem baixinho, enquanto pensam “cambada de ressabiadas, quem lhes dera!”
    3º) Tanta coisa tanta coisa sobre este assunto que acabaram por ofuscar a presença da estrela porno portuguesa Erica Fontes no desfile do Dino Alves, lool. Isso sim, digno de correr muita tinta e muito comentário nas redes sociais, mas que ficou na sombra!
    Enfim, resumidamente, olhando para as fotografias do desfile da Jessica, vejo beleza – e isso é o que me importa. Se é conforme os padrões dos outros ou não, não quero saber. Para mim é bonito e desperta em mim uma inveja saudável, nada mais.

  • disqus_BCfaewCCUM

    Pipoca Mais Doce diz “A Jessica não representa a mulher real, porque dá 15 a 0 ao corpo de 87% das mulheres portuguesa” CONCORDO!

  • http://glocalminds.eu João Leitão

    Caríssima vizinha, parabéns por colocar o assunto nestes termos. Há um livro assaz interessante, Afluenza de Oliver James, que explica por exemplo porque é que os dinamarqueses e dinamarquesas têm outra forma de olhar a beleza e as relações homem/mulher. Curiosamente ou não, são mais felizes. A Jessica poderia participar numas tertúlias politicamente incorretas. Interessa-lhe?

  • José Duarte

    Jessica,

    Não dês ouvidos à inveja alheia, os posts que por aqui andam são maioritáriamente de mulheres que não conseguem deixar de estar roídas de inveja por verem alguém como tu que faz os homens ficarem com a cabeça à roda.

    Eu pelo meu lado, como homem e bom apreciador da figura feminina, digo-te que é um verdadeiro prazer ver uma mulher tão genuínamente sexy como tu. Parabéns!

    Estendo aqui o cumprimento à Inês Castelo Branco que penso ser tua amiga e que é igualmente genuínamente bonita e sexy.

    Espero poder vir a conhecer-vos pessoalmente algum destes dias.

    JD

  • Dina

    Ès linda,não te justifiques,ignora ,inveja,falta de autoestima,dor de c…,poderia-te enumerar um cem numero de coisas que leva as pessoas que não são felizes a rebaixar o outro,mas pronto não interessa que se tratem =)

  • João Moura

    A mim parece-me que sendo a tua profissão “ser boa”, não te podes queixar quando te fazem uma avaliação negativa porque afinal de contas vives disso. Não sejas hipócrita, só te fica mal. Com isto não estou a dizer que não concordo com as premissas do que dizes e apoio totalmente o #HeForShe

  • Bruno Vinhas

    A discussão que tem gerado este post inpirou-me a escrever um post no meu blog. Jessica, se vires este comentário e tiveres disponibilidade agradecia o teu feedback.
    http://odisseianaspalavras.wordpress.com/2014/10/15/podera-jessyca-athayde-ter-iniciado-uma-revolucao-no-mundo-da-moda/

  • Madlloc

    A mulher sempre foi um ser oprimido por toda uma sociedade com regras impostas! Mas o mundo mudou! Houve evolução, pelo menos exteriormente. Mas a verdade é que interiormente, e dentro de cada uma de nós pouco ou nada pogrediu. Somos cada vez mais materialista, egoistas, maldosas mesmo. Qual será a finalidade!? Sinceramente só vejo uma! Necessidade de superioridade perante o outro, uma extrema necessidade de nos sentirmos acima de todas! Lamento desiludi-las, mas a realidade é que ao fazerem este tipo de injurias, ou comentários, ou como quiserem chamar, só estão a mostrar um complexo de inferioridade maior. Não há necessidade de monosprezar alguém para nos sentirmos superiores! Nunca julgue o outro, antes de olhar para si mesmo! Porque do outro você pode fugir, de si mesmo é impossivel, lembrem-se disso! A Jessy deu-nos um grande exemplo de como uma mulher deve ser perante uma sociedade que sempre quis denegir! Se não houver inter-ajuda entre as mulheres, de nada valerá a pena esta evolução!

    Parabéns pelo texto, parabéns por ser quem é, e como é, e parabéns por exemplo de mulher que é! E eu também sou a favor do movimento SHEFORSHE!

  • Maria Correia

    Tomara quem a atacou ter o corpo que ela tem!Por favor menos, esta polémica são questiúnculas!N podemos ser escravas dos ditames da moda temos é de gostar de cada pedacinho de nós:por dentro e por fora!

  • Gabriel Nunes

    Bem, a conversa que aqui vai é exactamente o que a JJ criticou. Mulheres a atacar mulheres. O dilema do costume: se mostra o corpo, é mulher objecto; se critica quem mostra, fere a liberdade das mulheres na sociedade. Deixem-se disso, senhoras. Os homens, quando querem fazer isso, vão para o boxe ou para o campo de futebol dar umas valentes caneladas… e por regra, no fim, faz-se as pazes com uns finos.
    Quanto ao teu caso, JJ: 1.º estúpido e invejoso é quem não vê como és boa (não leves a mal, mas não me envergonho de empregar este muito português adjectivo); 2.º não largues a bandeira que estás a erguer com esta tua reacção, porque podes salvar vidas.
    Um abraço, Gabriel.

  • Inês

    Bem como eu posso dizer isto em poucas palavras, és uma mulher linda podes não ser modelo, acho que quebraste a regra das manequins que é ser magra e esquelética. Tens curvas e gostas do teu corpo e és feliz com o que tens, acho que aquelas que te criticam queriam ser como tu.
    Acho te bela e vê-se que te divertiste no desfile, porquê ligar a pessoas que não tem mais nada que fazer do que criticar.
    A mulher é um ser invejoso, tudo o que as outras tem e que são felizes também o querem ter, eu falo por mim e vi isso durante três anos, estive numa turma de raparigas e um único rapaz, eram más porque ou eras diferente, ou tinhas problemas de saúde, gozavam a torto e a direito e fingiam ser amigas. Por isso mete as criticas parvas e sem qualquer sentido para trás das costas.

    And Jessy James you are beautiful, have fun always :)

  • mulhersembigode

    Vi esta notícia no jornal, penso que como homem só posso apoiar. Mulheres esqueléticas são bonitas para serem vistas por outras mulheres. A mulher Portuguesa “normal” ou é gorda ou esquelética (e tem raiva de quem não o é), a Jessica não é nenhuma dessas. Deixem de ser preguiçosas meninas, corram. façam exercicio, depilem-se mais regularmente, usem maquiagem diariamente e vistam roupas modernas, parece que estão sempre com frio.

  • Kaiser Kosta

    Sou homem, sports addicted, trabalho num canal de televisão concorrente, mas não podia deixar de manifestar o meu apoio e a minha solidariedade para com Jéssica Athaíde. Deve cultivar-se o culto de uma vida saudável, de uma mente sã, e isso, em condições normais, verificar-se-á igualmente no corpo. Jéssica A. não terá um corpo de manequim, e ainda bem! Com efeito, na maioria dos casos vê-se corpos femininos “corcundas”, de uma magreza tal que não pode significar hábitos saudáveis. A moda faz-se com belas roupas, corpos saudáveis (veja-se o caso da maioria dos modelos masculinos). Go Jéssica!

    • Kaiser Kosta

      Faltou referir que a JA está com um corpo bem bonito :)

  • Raquel Gomes

    Jéssica, antes de mais quero deixar claro que não acho correto aquilo que lhe fizeram e que é feito todos os dias a milhares de pessoas. Sermos criticados pelas formas do nosso corpo deveria ser considerado crime, da mesma maneira que o racismo, por exemplo. No entanto, acho que isto deveria servir para pensar, porque afinal a Jéssica também tem contribuído para fomentar a pressão que existe para a mulher ser perfeita, na medida em que já participou em várias produções cuja finalidade é simplesmente oca e vazia de conteúdo. A Jéssica e a maioria das figuras publicas que aceita esse tipo de produções.

  • opindor

    Há tantos ângulos para olhar para este assunto que é bem possível que toda a gente se sinta com razão (e, nesse sentido, até tenha mesmo!). Mas como o das Fashion-Slaves-Selfie-Adicteds-Hited-Girls é particularmente absurdo, aqui fica a minha.

    Para quem contempla horas a fio catálogos photoshopados, onde um fio de cabelo, inadvertidamente desalinhado, pode ter efeitos tão devastadores como a anti-matéria, é natural que a beleza da Jessica – para a qual o dicionário Porto-Editora que me guia os dias carece dos superlativos necessário – apareça desenquadrada no meio de um desfile de manequins profissionais.

    Esses, os manequins profissionais, homens e mulheres enquadrados na visão de alguns eleitos de medidas corporais perfeitas, mas muito pouco representativas do todo Humano, sujeitam-se a essas bitolas anatómicas como parte do seu caminho profissional. A eles, como todos nós nas nossas vidas, se decidiram seguir esse caminho, façam-no à vontade e tão felizes quanto lhes for possível.

    Agora, quando à tal visão fechada do que deve ser um desfile de moda por manequins profissionais, os tais eleitos procuram estender o Marketing e acrescentam o reconhecimento de uma figura pública, – mais uma vez: com uma silhueta pouco menos que escultural, e esse “pouco menos” apenas devido ao facto de, ao contrário das esculturas, a Jessica se mover – o tico e o teco dessas acólitas, sem acesso ao brieffing necessário para enquadrar a mudança do paradigma, começam a centrifugar.

    Concluindo, se no seu in-delito de opinião, as pessoas que criticam, negativa ou positivamente, se ficassem pelo tema da escolha de manequins por parte da marca em questão, estaria tudo bem. Mas ao personalizar a crítica na pessoa, a discussão passa a ser muito mais sectária. E aí, mulheres seguras de sí têm todo o direito a indignarem-se com intolerância à realidade.

    Mas pronto, se não fosse o facto de não haver such thing as má publicidade seria pior. Assim, acho que no final todos os intervenientes ficam a ganhar…

  • Sónia Teixeira

    na sua maioria as pessoas são más e criticam para fazer sofrer!! deixem cada pessoa ser feliz à sua maneira e dias menos felizes temos todos!!! ninguém merece criticas mas sim incentivos para ser uma pessoa melhor!!! quem nunca errou q atire a 1ª pedra!!!

  • José Silva

    Se queres a minha opinião pessoal Jessica, subjectiva como todas as relacionadas com a beleza física, não só és linda como tens um corpo absolutamente fenomenal.

    O que era dispensável era responderes às críticas, sobretudo vindas de pseudo-seres humanos da internet que usam a anonimidade para proferir comentários que de outra forma não profeririam.

    Em relação aos comentários sempre presentes em todo o lado, e aqui também, em relação à objectificação da mulher, redução da mulher apenas à beleza física, etc., não vejo mulheres a queixarem-se do facto de os modelos masculinos que desfilam serem todos magros e musculados… Double standards… Toda a gente aprecia beleza física, seja qual for o seu padrão preferido, não há problema nenhum nisso, daí ser normal o seu uso na nossa sociedade, quer no homem quer na mulher. Por isso, deixem-se mas é de tretas.

  • Augusto Marques

    A Jéssica está linda. É um mulherão! E tem noção disso. Pode fugir um bocado dos padrões da moda, onde as modelos normalmente são esqueléticas. Esta pelo menos tem um ar saudável! E como ela não é modelo…foi apenas convidada, são críticas um bocado parvas. Se uma mulher com um corpo destes é apelidada de gorda..vivemos num mundo onde quase toda a gente tem obesidade mórbida

  • Pedro Coimbra

    A Mulher mais bonita que desfilou no Moda Lisboa. Em todos os aspectos. Uma mulher real e sem as futilidades desse estigma horrível do corpo “perfeito”. A Srª é lindissima.

  • Marta

    Em termos teoricos a Jessica tem razao! Não é preciso pensar muito sobre o assunto, nós mulheres somos horriveis umas para as outras. Mas em termos praticos nao consigo me identificar, nao consigo ter empatia por este tipo de comportamento social vindo de uma figura publica que nao sabe do que está a falar. Aqui a questao tem a ver com a quantidade de mulheres que sofrem, sofreram e sempre vao sofrer de bullying, da quantidade de adolescentes que tentaram suicidio e a quantidade que tiveram sucesso ao tentar; tudo por causa da imagem destrocida da sociedade sobre a condição humana.

    Aqui fica uma questao para a Jessica, pelo post menos feliz:
    Como acha que uma mulher que nao se sente bem com o seu corpo e por varias razoes nao tem maneira de mudar a sua rotina alimentar se vai sentir quando ler este post (e passo a citar) “Qual não foi a minha perplexidade quando observo que, a propósito de uma fotografia menos feliz, sou alvo de críticas, comentários desagradáveis e uma série de mimos, próprios deste mundo das redes sociais, em que ainda nos estamos a habituar a viver.”, quando vir que a Jessica partiu em defesa da mulher por causa de criticas a uma fotografia menos feliz? O que é uma foto menos feliz? É nao ter coragem se quer para tirar fotografias porque nao se encaixa nos parametros de beleza da sociedade? Ou é mostrar sabe se la o que por causa de um angulo diferente da camera? realmente nao consigo perceber!

    depois claro haters gonna hate! Estão todos à espera que os mais revoltados nao venham ca deixa um bocadinho de odio? aproveitar o lapso e espalhar magia! Completamente sem noção do que se passa cá fora do mundo cor de rosa onde a jessica vive! (isto ja sou eu a ser mazinha porque nao faço a minima ideia se é ou nao e do que a jessica passou até hoje)

    xoxo

  • Carllos Miguell

    Sem comentários quanto a esta coisa…Poiss…Mas gosto muito da Marta e da minha neta.

    Neste blog foi retirada duas vezes a minha postagem, (esta aquí em cima). A doença da moça muito simpática em questão situa-se no que poderíamos chamar a área da fotopatia. Em psicologia clínica poderíamos chamar de distúrbios relacionados com a imagem e auto conceito.
    De um modo filosófico, indo por Gaston Bachelard, trata-se de promover à categoria de sede espiritual, uma instância do ser, que é física ,que é material e que é altamente degradável…
    além disso ela nasceu assim já… quem conserva não tem o génio de quem cria…o conservar, como ela diz que faz, não é criar… trata-se então de uma meritocracia equívoca nesse espaço de personalidade.
    Em psicologia diferencial , designar-se-ia uma adição de personalidade. Se valesse a pena e tivesse tempo seria interessante referir o que Rem Koolhaas refere em relação a espaços como esse, mutas mutandis, é claro. Espero que a minha querida menina retire esta postagem, também, visto que não apoia a sua imagem, que é como quem diz a sua religião…

  • Ana Maria Baptista

    Acho que todos se esqueceram que isto foi um desfile de moda. Tirado do contexto, podia até estar na praia com o que tem vestido e seria conotada como conservadora. Mas se estivesse vestida nestes preparos no meio do Chiado, aí o caso seria de intervir e pedir à moça que vestisse algo para não apanhar frio e já agora, não ferir susceptibilidades.
    Bom, Jessica, és muito bonita, quem me dera a mim poder posar assim sem qualquer preconceito. Lamento que mentes fechadas ajam de forma tão baixa e invejosa, mas não é caso de aborrecimento! Essas pessoas já se sentem tão mal com elas próprias que o fel que guardam, libertam-no por vezes das formas mais injustas e inimagináveis, como foi o caso. Apenas se pode ter pena e esperança que um dia tenham a consciência que foram cruéis gratuitamente, e que possam olhar para si próprias como quem as ama incondicionalmente.

  • Laura

    Jessica: como disse, esses comentários foram feitos por mulheres. Isso vem de pessoas de mente suja, que no fundo queriam era ter um corpo que se aproximasse do seu, mas não conseguem. Como não são felizes com os seus corpos, depois por inveja tentam provocá-la. Não se deixe afectar, analizar cada centímetro do corpo dos outros é um passatempo de pessoas que têm centímetros a mais e que projectam o que têm a mais, no que os outros têm na perfeição ;)

  • Joao

    Go Jessy Go.

    Não vejo absolutamente nenhum problema com a fotografia, nem com o belo corpo que foi fotografado. È um corpo que emana um grande poder e uma grande força. Cada um tem o corpo que tem e dele faz o uso que entende.

  • Maria

    pois bem, ninguém gosta de moda, ninguém compra revistas, a “culpa” é da Jéssica, porque é lindíssima e desfilou…. Não sejamos mais papistas que o papa!!!! Eu sou mulher e sinto-me bem como sou. Chama-se auto-estima! Gosto de ser feminina e gosto de ver mulheres bonitas. A nossa sociedade continua a ser pautada pela inveja e pelo falso pudor!!!!

  • Marilyn

    You look beautiful.

  • Jack

    …tens é um corpinho de bandida Jess(e)y James, e não sei se o milho é tão bom, nem mesmo atingindo a idade do nosso grande Manuel de Oliveira me cansaria de te “olhar”…assim à distância, e sem verificar, pareces-me uma mulher bem real, mas também a minha vizinha quando faz o “catwalk” nos seus jeans de gola alta(que estão na moda, outra vez) até ao elevador do prédio. Dito isto qual o homem que não gosta de uma boa luta entre “damas”, na lama de preferência, e com esta chuva…num aspecto terei de concordar com a Joana Marques, sendo verdade, terás que encontrar por ai, nesse corpinho, um bom par de “cojones” e pedir desculpa à Fanny :)

  • Sara

    Comentários são comentários não vale a pena dar valor aos cruéis, porque não passam de maldade ou inveja… És mulher, és real! E tens um corpo feminino como todas nós mulheres! Não há mulheres perfeitas, existem sim estereótipos. És linda, fantástica, profissional e excelente actriz. Que a tua carreira seja recheada (ainda mais) de sucessos porque mereces. É fruto do teu trabalho e da pessoa que és, não deixes de o ser. É por isso e por muito mais que te tentam atacar ou afectar, não o permitas. É por brilhares e estares a crescer que estas coisas acontecem… Só mereces que te apoiem e que te desejem força, porque acima de tudo és uma mulher jovem, ser humano, pessoa real como eu ou qualquer outra mulher, com crenças e com sentimentos. Há sempre uma coisa boa a tirar, mesmo das coisas más, neste caso verás que tens público/fãs/admiradores/etc que gostam realmente de ti e, penso eu, verás que tens mais pessoas que gostam de ti do que imaginavas! :)
    Tu não me conheces nem sabes quem eu sou, nem eu a ti. Sou mulher jovem e já passei por cenas semelhantes. Apenas estás exposta e eu não tanto como tu. Com sinceridade desejo-te força, que não desistas e votos de felicidades.

  • Marco Cardoso

    Deixa as palavras correrem rapariga. Pela parte que me toca, continuaria a andar de mão dada contigo independentemente dos teus consumos de hidratos de carbono (tenho de deixar de ser tão chauvinista)

  • carla leal

    Sinceramente, só tenho a dizer que bonita ou feia, gorda ou magra, fora ou dentro do contexto da moda, o que importa salientar é que esta menina/senhora foi convidada a participar num evento e aceitou. Mulher com um corpo que muito inveja – ou não – o que importa é que foi e será sempre ela própria. Isso sim, é importante. E se num desfile só lhes apraz falar da querida Jessica – que mais uma vez afirmo que não gosto nem desgosto da pessoa porque não a conheço pessoalmente – quando as roupas apresentadas seriam, esse sim, o tema de conversa. Mas também não devemos dar mais atenção do que este assunto merece. Afinal de contas, opiniões todos podemos ter, pena que as redes sociais as tomam como certas. Obrigada

  • Afonso

    Parabens Jessica. Li hoje uma notícia a seu respeito no jornal “Correio da Manhã”, ilustrada com uma foto sua a desfilar em biquini, a qual não pude deixar de apreciar pela sua beleza. O que vi (e apreciei) foi uma mulher linda e com um corpo invejável do qual nada tem que se envergonhar… Por favor não ligue a comentários mesquinhos e próprios de pessoas invejosas que nada mais têm que fazer do que tecer críticas sem sentido. Parabens e sinta orgulho em si, no seu corpo e acima de tudo em ser mulher!

  • Paty

    Há muita gente sem nada para fazer que ao ver o desfile a 1ª coisa que se lembra é de criticar o corpo de alguém que nele participou…vidas muito interessantes…Quem não quiser ver não olhe é simples…

  • Rodin

    Que ignorânica estas “gentes”, parabéns toda você é linda, por dentro e por fora.

  • Nayara Brito

    Mulheres pa!!!! Se pudesse tinha escolhido ser homem!!! Voces percebem tudo mal, ela so quis dizer que como mulheres devemos apoiarmo-nos umas as outras independentemente da nossa forma fisica e etc… nao estar-mos a atacar umas as outras !!! entenderam’?? ;)

  • Nanci Sousa

    Jéssica, eu estou contigo. Infelizmente esta coisa de “mulher perfeita” fisicamente jamais irá acabar. Mas é verdade, infelizmente nem todas as mulheres têm a capacidade de serem fortes com alguns comentários. Quando alguém me diz ” estás mais gordita” , sinceramente nem ligo, mas há quem leve a sério. Enfim, de mulher para mulher, vai em frente, tu és linda! Aquelas que te chamaram de gorda säo umas invejosas. Näo podemos agradar a gregos e a troianos, näo é verdade?

  • enrrabatron

    Jessica, continua a desfilar de biquini para podermos ver uma “miuda gira e com curvas”. É que ver escanseladas a fazer de cabide não tem piada nenhuma e, se são esses os padrões da “moda” actual, bem mal continuamos…

  • homem

    pta qpariu , grande dor de ” CORNO” … fotos brutais, mulher brutalmente linda, grande post.

    • Carlos Carvalho

      Apoiado, homem!!!

  • Mariana Domingues

    Fotografia menos feliz?
    Qual?
    Ainda não vi nenhuma.
    Vi sim uma mulher segura, confiante e com um corpo que deixa todas as outras ditas “modelos” muito abaixo.
    Para mim tens o corpo perfeito. Tens curvas. Nem a mais nem a menos.
    Mas o melhor de ti é o teu cérebro e o teu coração. E com esta situação mostraste isso melhor que nunca e que ninguém. Não posso dizer que sou tua fã incondicional mas acho te interessante. Sempre achei. Agora além de fã, acho te a super mulher!
    Parabéns por seres como és.

  • Marta

    Que ridículo! Que disparate! Corpo lindíssimo. Bahhh! A inveja é uma coisa feia!

  • Maninha

    Tenho mais um lema na minha vida: “Quero ser “gorda” e feliz como a Jessica Athayde”
    Isto é a minha maneira estranha de dar elogios às pessoas. Beijinhos Jessica, adorei o bikini

  • https://www.facebook.com/eduardoramoscomedy Eduardo Ramos

    Cada um mostra o que tem, independentemente se outros gostem ou não! Só porque é figura pública tem que ser um Deus à custa de lágrimas e depressões de regimes e operações?…
    Querem perfeição? Vão comprar aquelas bonecas de latex! Têm uma vantagem fantástica. Além de perfeitas fisicamente, não falam! Assim não se riem da “masculinidade” de alguns biltres sedentos de des-opinar sem vida própria.

    A perfeição está nas imperfeições. Palmas para a coragem para mostrar a imperfeição e … e…

    ESPERA LÁ!
    … aquela foto da Jessica é que é o mote de tanto bate boca?

    E se fossem brincar com LEGO? hum? boa?
    Idiotas!

  • RITA

    mulheres bicho invejoso ,não pode ver outra mulher melhor que ela..
    sambem porque? porque a mulher de hoje só liga a coisa fúteis como roupa e unhas isso é que é bonito é o que se vê. o corpo não se vê e acha que a roupa tapa tudo.
    a poucas mulheres a cuidar de si, ginásio não é tudo massagem e tratamento em casa também ninguém quer fazer.
    mas criticam as outras
    MULHERES

  • Carlos Carvalho

    Jéssica Tu não és uma Modelo, as Modelos é que deviam ser como TU !!
    …o resto são só os outros!!

  • Su Pereira

    Antes

  • Manuela miguel

    Sem comentários…. Boa Jessica, se as pessoas não gostam do seu corpo e de si próprias tb não gostam dos outros . DOr de cotovelo é tramado.

  • Kika

    Sou muito sincera não acompanho a carreira da Jéssica, apenas a vi em alguns episódios dos Morangos com Açúcar há uns anos atrás. Gostei do texto, escreve e descreve o que sente muito bem, e gostei sobretudo que tivesse defendido a sua posição enquanto mulher, porque antes de ser actriz e modelo ela é uma MULHER tal como nós!
    Depois de ter lido alguns comentários sobre o texto ainda fiquei mais de acordo com o mesmo: existe bulliyng entre as mulheres… Estão sempre postas e dispostas a criticar as outras mulheres esquecendo-se que elas próprias também o são, seja de que maneira forem (fisicamente sobretudo). Infelizmente o “mundo das mulheres” é mesmo assim mas só o aceita quem se dipõe a isso!
    Sou a favor do #SheForShe, o pior é que somos uma minoria ;)

  • verybritish

    Muito bom uma resposta com classe! Sou homem, e no momento em que vi as fotos a classe não me assistiu e pensei “bem boa”. Eu e 99.9% dos homens que viram e irão ver. E pronto! Era isto!

  • SRL

    Vindo de um gajo… Este é o Primeiro “post” que coloco em toda a minha vida num “blog” e só o faço porque considero isto tudo extremamente ridiculo… mas mesmo, ridiculo!
    Aquela é a foto “menos feliz”?! Aquilo é uma foto de “uma gaja toda boa”!! Estão a criticar o quê?!
    Se quem criticou, pensa que ver as costelas é que é bom.. então que passe a comer mais e acorde para a vida.
    Se quem criticou, pensa que a miuda está magra de mais.. então que passe a comer menos e acorde para a vida.
    Se quem criticou, pensa que a miuda anda a objectificar a sexualidade feminina.. então que deixe de comprar/ver/googlar revistas cor-de-rosa..
    Tanta merda para nos preocuparmos na vida, como a crise dos não-ricos, a ébola, o cabrão do cancro, a puta da sida.. e andam para aqui TODOS VOCÊS com sentimentos e comentários superfluos…

    Nota final: se causei algum “choque moral” com a minha exposição ao nível das palavras escolhidas, informo que o mesmo foi feito propositadamente dado o nível deste tema. Por norma não uso os termos “gaja”, “cabrão” ou “puta” mas como andamos aqui a discutir “brincadeiras sem importância nenhuma”, tomei a liberdade de, também, ser supérfulo.

    Obrigado pelo vosso tempo.

    Melhores cumprimentos,
    SRL

  • pta qpariu
  • vitor paz

    O que eu posso dizer é que a maioria dos dos homens prefere mulheres normais e não anorécticas essa é a verdade… e esse deve ser o principal problema desta polémica… medo que subitamente o trabalho de passerelle passe para mulheres mais bonitas… eh eh eh eh

  • Vera

    Discordo totalmente da ideia de que a foto é menos feliz: estás linda e resplandecente de saúde e bem-estar!! Está tudo perfeito na foto!! Felicidades!

  • ShyGirl

    Jessica está perfeita. Quem me dera estar assim também. Pelo contrário, não tenho confiança nenhuma em mim, tenho borbulhas pelo que já fui massivamente gozada e posta de lado, tenho estrias…. Mas, é o corpo que tenho, é com ele que tenho de viver os meus dias. Apesar de tudo, tenho sempre um sorriso na cara. Lindo texto Jéssica, soube bem ler. Beijinhos

  • Marcia Leonor

    Ponto principal disto tudo é o que sentes contigo mesmo. Somos mulheres e
    ninguém ha-de ser perfeito porque o ser humano não é perfeito. Temos é
    de viver felizes nas nossas lindas imperfeições :) E tu és uma mulher
    bonita isso ninguem te tira ! :P

  • Pimentao Abel

    Eu acho a Jessica em perfeita forma física. Seria aliás com todo o prazer que lhe faria um filho.
    Já agora, também acho que a jessica tem contribuído a sexualização da mulher pelo simples motivo que existe daquela forma debaixo das roupas.
    És um tesão muida. Casava contigo.

  • Piloto

    Vrruuummmm!!! Avião não se quer escanelado não!! Anda por aí muita avioneta…

  • Sofia Jorge

    E mandá-los passear, as pessoas só têm a importância que nós lhe dermos … ;)

  • Ana Luiza

    jess és linda nunca duvides disso , tens um corpão com tudo no sitio , o comentários de pessoas ao nosso corpo só nos fazem meter macaquinhos na cabeça e a ganharmos vergonha de nós proprios do nosso corpo, queria conseguir ter a tua segura e auto estima , és uma grande mulher , beijinho

  • http://carosedutor.blogspot.com Sedutor Caro

    Olá Jessy, mas que publicidade temos nós aqui :) Se não tivesse visto e não soubesse algo sobre “appointments” até diria que é uma sagaz manobra de marketing. Bem, cada um safa-se da maneira que pode. Parabéns por não se ter olvidado de colocar os contactos na barra ao lado. Agora aqui entre nós? Já se submeteu a alguma cirurgia que não dentária? Saudações, Caro Sedutor (carosedutor.blogspot.com). Ah! E cumprimentos à Olga.

  • Salvador Costa

    Discussão completamente estéril e vazia de conteúdo. Desculpem o vernáculo utilizado abaixo mas as mulheres são as maiores cabras umas para as outras. Têm uma dor de cotovelo impressionante, quase irreal da irmã, da prima, da amiga, da cunhada e sei lá mais quem. A Jessica (e todos os que lerem este comentário) que me desculpem o “bom português” que vou utilizar,.que tapem os ouvidos ou olhem para o lado. A rapariga é boa que se farta. É boa actriz, é boa atrás, é boa à frente, à esquerda e à direita. Afinal criticam o quê? O ser mais cheinha do que os cadáveres e sacos de ossos que pululam pelas passerelles? Isso é beleza? Isso é pura e simplesmente uma imposição ridícula de umas dúzias de pretensos e pseudo-estilistas, de pretensos e pseudo editores de moda de revistas da especialidada, de pretensos e pseudo fotógrafos que “botam” opinião como se fosse uma verdade inabalável. Criticam-te Jessica? Manda-os pastar e continua em frente. Dor de cotovelo é lixada!

  • Elsa Solange Nascimento

    Fui ver os comentários da imagem publicada na página do Facebook da Vogue para perceber melhor a origem desta polémica. Continuo sem perceber a razão pela qual as pessoas têm tendência para elogiar ou criticar fazendo comparações ou mesmo ofendendo outros.
    Que eu saiba a JA não faz da passerelle a sua profissão, foi convidada. E, do meu ponto de vista, esteve muito bem. É uma mulher bonita, alegre, bem-disposta e segura de si – com todos os motivos para tal – e isso transparece nas fotografias.
    Intriga-me que tenham aproveitado a “onda” para tecer comentários sobre a sua pessoa, tanto pela parte física, como pelo seu carácter pessoal e profissional.
    Deixo aqui este pensamento:
    “É mais fácil dizer que fazer. – Tu…, que tens essa língua cortante – de navalha – experimentaste alguma vez, ao menos por casualidade, fazer “bem” o que, segundo a tua “autorizada” opinião, fazem os outros menos bem?” (Josemaría Escrivá)

  • Tania Moreno

    Bem dito sim senhora!!!!!

  • Manuel Chagas

    É triste ver como continua a tendência de crítica no feminino. Parabéns Jessica por defender o direito que cada um tem sobre o seu corpo. Continuação de sucesso na carreira bem como no cultivo do seu corpo. Mesmo que não seja perfeito aos olhos da moda, é perfeito para si, para o seu trabalho e arrisco-me a dizer para todos os homens que gostam de mulheres.

  • Joana

    Isto é o pão nosso de cada dia e a resposta é: Demasiada Dor de Cotovelo! Vai uma pessoa ver as fotos por gosto e fica deslumbrada, até q chega aos comentários e… WTF?? A mulher é um bichinho tramado e o que pedes é muito difícil mas de valor! Como não poderias estar segura de ti própria com um corpão desses??? É isso, vamos continuar a apoiar anorexias e bulimias q isso é que é bom para a saúde!! -.-‘ Continua assim, uma mulher deve fazer aquilo que quer e bem lhe apetece e os outros que não ponham o bedelho onde não são chamados! Obrigada por nos defenderes :)*

  • Mau gosto e falta de assunto?

    Os meus critérios esteticos devem andar muito por baixo, porque onde vejo uma mulher lindissima outros (e outras) vêm outra coisa qualquer… Não ligue, os portugueses são possivelmente o povo mais invejoso e “complicado” do universo (vão mas é trabalhar!?).

  • Margarida Raposo

    Boa Jessica. Concordo plenamente contigo. As mulheres precisam de se libertar destes padrões de pensamento que só prejudicam. Temos todas de entender que quando falamos mal de alguém esses maus pensamentos, esse rancor fica conosco, não nos ajuda em nada, a nós ou aos outros (ou outras neste caso). Seria tão melhor transformarmos toda essa energia depositada a falar da vida dos outros em pensamentos sobre a nossa própria vida. Especialmente o que mudar para que a nossa visão do futuro seja melhor. Fizeste bem em escrever, como figura pública ainda é mais importante que o faças. Não vi nada sobre o teu desfile mesmo porque não vejo tv nem muitas publicações dos media mas desejo-te tudo de bom e que desfiles sempre que queiras. Sê feliz! Tu e todas nós :)

  • Jose Ferreira

    As críticas destas meninas de batom foram espetaculares e ainda bem que aconteceram! Porquê? Simples! Alavancaram ainda mais o magnífico texto de resposta da Jessica! Provavelmente este blog teria 10% das visitas que teve só nestes dias, caso essas mal amadas tivessem ficado quietas na sua ignorância! :-)
    Embora Jessica convenhamos: escrever às restantes mulheres “atacar outra mulher com base nas suas características físicas, estão a enfraquecer a condição feminina”, tendo por base o seu corpo de sonho é um bocadito cruel, ehehehe!!!
    Moral da história – correu melhor a historia do que se tivesse sido forjado! Já estou cansado de ler a frase das mulheres no Facebook: “Eu quero ser gorda como a Jessica!” LOL!!!

  • Bárbara

    Após ler quase todos os comentários que aqui foram feitos…aconselho que leiam novamente o post e pensem no sentido dele! Vejo por aqui tanto ódio, tanta crítica de mulheres para mulheres, parece que “somos” o nosso pior inimigo neste momento, o que é triste, depois de tanto esforço que tem havido ao longo da História para que sejamos vistas como merecemos! O importante aqui é que as mulheres se apoiem entre si, sejam feministas ou não, concordem ou não com a forma como as mulheres mostram o corpo nas revistas! O importante é que saibam ver que cada um é como cada qual e NINGUÉM tem o direito de nos fazer sentir menos pelo corpo que temos, porque mais superficial do que aparecer numa revista é “julgar o livro pela capa”! No fim de contas, aquilo que temos no nosso interior é que define o que somos, a forma como depois decidimos tratar ou não do nosso corpo ou até conseguimos aceitar as nossas características físicas (porque há coisa que não se mudam nem com ginásio, ex:altura) é da liberdade de cada um!

    CARAMBA MULHERES SEJAM UNIDAS!!!

  • Mónica Rodrigues

    Ó pá…enquanto as próprias mulheres se espezinham umas às outras….não vamos a lado nenhum….Valha-me São Crincalho!!! Jéssica bola para a frente….E anda mas é ao Porto comer uma francesinha…..Beijo

  • Chic Diary

    Estavas maravilhosa! adorei o post, adoro o facto de defenderes esta causa!

  • blingspark

    Mas qual é o problema do corpo da Jessica Athayde?! Confesso que quando comecei a ouvir falar deste assunto fiquei curiosa e procurei fotos do momento. Contudo fiquei tremendamente admirada com tanto falatório, é que só consigo ver uma cintura fina, uns quadris tonificados… aliás nem celulite identifico, que é um mal de que tantas padecemos. Não vejo rigorosamente nada que a pudesse eventualmente deixar mais ou menos intimidada a ponto de ter de recusar o tal convite para desfilar. A sério que não! E na verdade nem estou a ver a marca a pôr uma mulher na passerelle com os seus biquinis se achasse que estava gorda. O corpo da Jessica até me parece o de quem passa tempo no ginásio, e para isso é preciso dedicação, coisa que nem todos têm. Nem sei ainda qual é a dita “fotografia menos feliz” mencionada no post…

  • Sandra Rangel

    #SheForShe
    Onde esta discussão já vai… bom. olhe Jessica, concordo plenamente com as suas palavras. Temos que ser e fazer mais uns pelos outros. Talvez isso nos torne mais humanos, menos superficiais e invejosos. É muito triste ver mulheres a denegrir outras mulheres. Com tanto burburinho esquecemo-nos que somos todos pessoas reais. Nascemos e morremos da mesma forma. Uns mais esbeltos, outros mais gordos, altos, baixos, sem pernas, ou sem braços… mas uma coisa é certa, todos temos direito à vida e principalmente ao respeito.

  • João Matos

    És uma gata!

  • Pingback: GO GO Jessy James | Lets be Bright()

  • Kika

    Infelizmente há mulheres que não gostam e criticam as outras mulheres por estas terem o grande defeito de serem: bonitas!!! (Conheço algumas mulheres com esta peculariedade). Carissímas tenho-vos a informar que a Jessica não escolheu ser bonita, só nasceu assim, se fosse por escolha garantidamente que nehuma de nós escolheria ser menos “atractiva” aos olhos da sociedade, perdões, aos olhos das outras mulheres. Mas continuem a insultarem-se porque isso dá imenso resultado, amanhã vão acordar umas Top Models!
    #SheForShe. Estás a tentar Jessica mas não me parece que vá resultar, mas olha força nisso, pelo menos comigo podes contar para essa causa.

    • Lu

      nasceu assim! ahahah

  • pta qpariu

    “Agora, não podem é achar que “abrem a porta” e a voltam a “fechar” quando quiserem. Um reality show vive da super exposição de todas as facetas de uma pessoa, portanto sabendo as regras do jogo não há que depois chorar.” – Jessica Athayde no seu blogue Jessy James

  • Lu

    povinho enganadinho!!!acreditam nas palavras hipocritas do jet7.entao esta senhora coloca uma foto antiga da Kim e da Nivole dizendo “o dinheiro faz milagres” (ou seja chamou de feias) e chma a.nicole dba gora

  • Anónimo

    Ta bem boa! Eu que não a conhecia, agradeço a esse desfile as fotos metidas no facebook! LOL Tem uma barriga cinco estrelas, ao contrário dos comentários absurdos que li.. também gostei da parte flácida.. o tipo que escreveu isso é que ta com o cérebro flácido… lolll!

    É só frustradas aqui a escreverem!

    Arranjem vida própria.. até pode não ser boa actriz (como disse.. nunca ouvi falar dela.. e pelo que vi.. é artista tvi… logo de desconfiar… lolll) mas é bem boa no resto! loooool usem as merdas das redes sociais para se divertirem, em vez de andarem para aí a atacar quem não conhecem.. sinceramente… é uma mortal comum… quando a beleza se for.. também dela se esquecerão..

  • Lu

    A jessica postou uma foto da kim kardashiam ha uns anos e escreveu “o dinheiro faz milagres” colocou também uma foto de nicole richie e escreveu “bimba gorda” postou tambem uma foto da fanny no instagram em modo gozo pelo seu peso.Acha mesmo que alguem a leva a serio?não basta ter um discurso bonito. ha que dar o exemplo

  • António Pereira

    O blog 31 da Armada disse tudo: gostava de ver as autoras dos comentários com a roupa com que a Jéssica se apresentou. Como se diz na minha terra: “A quem nos fala pelas costas, que o cu lhes dê respostas”! É só INVEJA :-)

  • Carlos Ferreira

    Jessica, só fala quem tem que se lhe diga, tens um corpo escultural, sempre linda e belíssima. Ossos, existem muitos no cemitério e ninguém os quer.

  • Paula Sousa Bombas

    Não percebo como permites determinados comentários nesta página Jéssica…
    Segue o lema: “Os cães ladram e a caravana passa.”
    Beijinho e estou contigo.

  • Carla Carvalho

    Pela primeira vez vi as fotos que tanto causaram polémica!!! Sinceramente, não entendo as críticas negativas, és linda e toda jeitosa! Beijinhos

  • http://melodiadafelicidade.blogspot.pt/ Lua (Melodia da Felicidade)

    És enorme Jessica. É de facto uma tristeza que as mulheres se preocupem tanto com os corpos umas das outras. Cada um tem o seu e cada uma se deve preocupar com o seu e não estar constantemente a olhar para o lado.

  • http://bonecacanela.blogs.sapo.pt/ Boneca Canela

    O caminho mais fácil para nos aceitarmos passa pela critica ao outro. O ser Humano tem a especial tendência de magoar para esconder a sua mágoa. No fundo é desta forma que vejo a critica infeliz feita à Jessica. É de lamentar que outra mulher consiga ser vil ao ponto de deitar abaixo alguém tão simpático junto do público, Penso que as fotografias têm que ser mostradas como são, todas as mulheres têm celulite, todas têm , mais ou menos, flacidez o erro está nos programas de edição que escondem o real e criam uma beleza longínqua causando alcances impossíveis para os mortais. A autora do comentário infeliz, volto a referir o sentido da palavra infeliz, não passa de alguém que quer afirmação e conhecimento público e utiliza a arma mais fácil, criticar alguém conhecido, da forma mais hipócrita, há limites para as expor ideias……e esses são ultrapassados quando invadimos a esfera privada do outro, a personalidade, os valores.. e este caso foi o exemplo vivo disso.

  • David Guerreiro

    Sempre ouvi dizer que o pior inimigo de uma mulher é… outra mulher. E parece que sim. Sempre tive grande apreço pela Jéssica desde que fez o papel de Mimi nos Morangos com Açúcar. E na altura até disse: esta mulher vai chegar longe na representação. E acertei. Agora em relação aos comentários ao físico da Jéssica, acho que há por aí muita mulher com dor de cotovelo. Acham que ser-se uma “olivia palito” é que é bonito de se ver. Se querem que vos diga, acho que o corpo da Jéssica até está melhor assim do que há anos atrás. E como ela deu a entender no post: vozes de burro não chegam ao céu. Continuação de bom trabalho Jéssica, as telenovelas tiveram muito a ganhar contigo.

  • MatsPT

    As gordas e feias ficaram com raiva do corpo da Jessy. Entendo a dor. Querem ficar como ela? Entrem numa porcaria dum ginásio e parem de comer porcaria. As mulheres que se cuidam não podem ser criticadas quando VOLUNTARIAMENTE escolhem mostrar PARTE do seu corpo, como o fez a Jessy.

    Mas eu entendo o porquê das gordinhas ficarem irritadas quando olham para o corpo da Jessy. O mesmo acontece quando as feiosas olham para o corpo escultural da minha esposa.

  • lu de lúcia

    Gosto muito de ti Jessica. Es sem dúvida um exemplo de mulher. Aproveita tudo de bom que tens.

  • Rita Negrão

    és linda :)

  • Luis Teixeira

    Nos dias de hoje as pessoas necessitam criticar, não ligues. Estás fantástica, como sempre. Continua assim, saudável, linda e deslumbrante!

  • http://esqueciaana.blogspot.pt/ ex-ana

    Partilhei o post no esqueciaana.
    http://esqueciaana.blogspot.pt/

  • Elsa

    As senhoras que criticam a Jéssica, deixem-se de merdas feministas, vocês só criticam por um de dois motivos: ou porque têm inveja e gostavam de estar na pele dela e não estão, ou porque não têm mais nada que fazer nem que dizer, então aproveitaram este momento para filosofar acercar de uma coisa tão banal coo é o facto de uma mulher neste caso a Jéssica Ataíde ter aceite desfilar numa passerelle, escolheu o que escolheu para vestir, e depois, cada um tem os seus gostos. Agora vocês vêm para aqui discutir o “sexo dos anjos”? não têm mais que fazer? Sexualização da mulher? Objectificação da mulher? Padrões de Beleza? O que é isso? Algum concurso canino?…. VOCÊS QUE FALAM DESTE MODO, SÃO QUEM ESTÁ A REBAIXAR AS MULHERES, NÃO AS MULHERES QUE MOSTRAM O CORPO TAL COMO ELE É

  • David Bernardo

    Nao percebo… Celebridades vivem de gossip… e depois quando se fala delas menos positivo ficam escandalizadas. Passerele é como se fossem atletas de alta competição, ponham um tipo gordo e sem forma fisica a jogar no Sporting ou no Benfica e há uma revolução no país. Quer aparecer e não quer ser criticada… Faça dieta ou saia das pasereles em bikini. Se nós vamos para uma reunião sem nos prepararmos somos incompetentes, aqui esconde-se a falta de profissionalismo (noitadas, copos e comida sem controle como vejo inumeras vezes) com um pseudo-feminismo. As mulheres ‘normais’ não têm de ter corpos perfeitos mas os homens ‘normais’ também não têm de parecer o Cristiano Ronaldo, mas se vão a pôr-se em campo, é o preço a pagar. A propósito quem é esta pessoa de quem nunca ouvi falar?

  • Rui Manuel Silva

    “O número dos que nos invejam confirma as nossas capacidades.” Babe, tu só tens um problema, o Manzarra! Larga esse miúdo ;)

  • Adriana Gonçalves

    Concordo com esta ideia, acho que esta polémica, apesar de negativa, serviu para sensibilizar-nos para as questões da aceitação e do respeito pelas pessoas como são. E para mim existe sempre um ponto de beleza em qualquer mulher. Nem que seja a beleza do sacrifício que representam as rugas das mulheres que lutam todos os dias e negam a si mesmas o direito de se admirar e amar a sua imagem, em prol de cuidar de uma família, também com muitas dificuldades financeiras. O trabalho de quem vive a representar uma imagem e um ideal de beleza com o seu corpo é um trabalho que também tem muitos sacrifícios e merece o mesmo reconhecimento que os outros trabalhos. Vejo beleza tanto no corpo da Jessica Athayde, bem como no corpo da Sara Sampaio, mesmo sendo 2 tipos diferentes. E ainda bem que existem formas físicas diferentes pois são essas diferenças que nos permitem ser surpreendidos todos os dias com novas belezas! E eu adoro ser surpreendida, quer pela beleza masculina, quer pela beleza feminina! Sem querer diminuir a importância das criticas negativas na construção individual, devemos reconhecer que se a Jessica não tivesse o perfil adequado para o desfile, certamente nem teria sido chamada! Por mais que as modelos se enquadrem num perfil físico especifico, isso não significa que conseguem representar todos os modelos de corpo que as roupas pretendem favorecer!….

  • http://efemerum.tumblr.com/ Efemerum

    Era uma vez um ser, a que se entendeu chamar mulher. A sua natureza física frágil fez com que encontrasse na submissão um modo, inteligente, de sobrevivência.

    Durante séculos manteve uma atitude de recato, adulação e subserviência face ao ser a que se entendeu chamar homem. Sendo este um ser de natureza física robusta, depressa a mulher
    compreendeu que, se o mantivesse satisfeito e agradado, seria certamente protegida das bestas medonhas e ferozes que circundavam as imediações. Mas, como ser dotado de uma inteligência acutilante, este estado de menoridade acarretou o acumular de frustrações e recalcamentos ao longo
    dos tempos. Calar a natureza da mente, reprimir a natureza do corpo tem consequências cumulativas menos positivas tais como, delírios, ansiedades, histerias, neuroses, depressões entre outras mais.

    Mas, em jeito de catarse, a raiva acumulada depressa encontrou um alvo.

    Não podendo rebelar-se contra quem das bestas medonhas e ferozes a defendia, optou por congeminar contra aquelas que, por nascimento, vieram ao mundo sujeitas à mesma condição. Não contra aquelas que viviam a mesma submissão, o mesmo silêncio, a mesma tristeza e frustração mas contra as que tiveram a audácia de pegar no pau e de se defenderem das bestas medonhas e ferozes, lutando lado a lado com o homem.

    Estas foram as Mulheres que descobriram que é bom ser mulher e que do seu corpo fizeram o que bem lhes deu na real gana, que se exibiram ou esconderam, não porque os outros assim o queriam, mas porque assim lhes apeteceu. Foram estas as Mulheres que se aventuraram e que se respeitaram. Foram estas as de sorriso leve e feliz, as que estiveram cientes que, também os homens mereceram ser amados pelo são e não apenas pelo que lhes dão, o mesmo que exigiam para si.

    Estas foram e são, as Mulheres, que as outras mulheres, nunca irão perdoar.
    Conforme-se

    p.s. Mas eu só vim aqui porque me disseram que tem uma receitas giras no seu blogue.

  • http://ateoriadokaos.blogspot.com Sérgio Pontes

    Já cá o disse e vou voltar a repetir, Jessy, tens toda a razão nas tuas palavras! Abraço

    Unleash the runner in you

  • claudia pereira

    Jessica adoro ver o papel que desempenha na novela Mulheres, é uma grande profissional.
    As invejosas que falaram adoravam ter o seu corpo . É linda .

  • Sandra Beleza

    Oi Jessy… Sabes uma coisa? Fico totalmente triste com estas coisas…
    É verdade quando dizem que as amizades entre homens são mais sinceras porque não se criticam como entre as mulheres…
    Eu própria já sofri e sofro coisas assim.
    Por causa de tudo isto eu não tenho auto-estima, fico a sentir-me a pior mulher do mundo, a mais feia, a mais ‘barriguda’, etc…
    Não entendo porque as pessoas fazem isto, não percebo mesmo.
    Eu ouvi a tua entrevista no Jornal da Noite e gostei muito de tudo o que disseste.
    Tenho que fazer a mesma pergunta que tu… “Porquê que as Mulheres são tão más?”…
    Gostava muito de poder falar contigo sobre isto porque vejo em ti uma grande mulher forte, e gostava de ter essa tua força…
    Beijos, fico à espera de resposta.

  • Claudia Teixeira

    Jessica acabei de ver a sua entrevista na TVI e admiro por ter coragem de dizer o que disse, nós mulheres somos cruéis umas com as outras porque muitas de nós não passamos de invejosas.
    Eu também sofri desse bulling mas por ser magra e alta hoje estou um pouco melhor mas continuo magra para a minha altura contudo orgulho – me de ser como sou, a Jessica tem um corpo maravilhoso e se é saudável isso sim é importante.
    Os estilista deviam fazer desfiles com pessoas assim como a Jessica e também com pessoas mais fortes para mostrar a sociedade que a moda é para todos e não só para os magros, foram muitos deles que fizeram estas mentalidades parvas de que para desfilar temos de ser magros, pois agora deviam ter a coragem de mostrar o contrário, é mostrar a essas mulheres que desfilar é para todos.
    Um beijo grande desta que admira a sua coragem

  • Sibila Henriques de Paiva

    Boas Noites Jéssica, permite-me que a trate por tu?
    Em primeiro lugar acho condenável que te ataquem, acho louvável que te defendas desta forma e que lutes por essa causa.

    Em segundo lugar acho que compraste uma bela guerra, aliás como se vê pelos comentários…

    Terceiro, vi à pouco a entrevista na TVI, e como nem fazia ideia da tal polémica, diverti-me, (com a polémica, claro) mas gostei, até fui pesquisar sobre o assunto, enfim….

    Last but not least, a photo está óptima, na minha opinião, e se me permites, quem dera a muita mulher ter assim um corpinho de sereia.

    E pronto, ninguém a pediu, mas deixo aqui a minha opinião. ;)

  • manuel luis

    Parabéns! Com todos estes comentários, ainda ficas mais enriquecida.
    Inveja da fama e do corpo que no meu ver é quase perfeito.
    Grande dilema entre a moda e o teu corpo. Preocupa-te mais em manter a saúde.
    Votos de muito sucesso.
    Bj

  • DuRoi

    Filipa vai dar banho ao cão, deves ser feia que nem um bode velho. Arranja uma vida e deixa-te de Facebook´s. Vens para aqui destilar veneno, dar lições gratuitas de português manhoso e mal sabes construir uma frase. Já que sabes tanto não escrevas “secalhar”, é se calhar que se diz em português. Isso corre para o google e pesquisa vais ver que perdes uns quilinhos e deixas de ter a necessidade de importunar a Jéssica uma Mulher lindissima seja ela gorda, magra ou sem pernas. Sabes porquê? Porque mulheres como a Jéssica brilham com luz própria, e isso, tu nuca vais saber o que é.
    Agora corrige-me os erros e chama-se John Holmes que eu gosto badocha.

  • Diana Carina.

    Sempre fui alvo de bullying por ser bonita. Sim sou bonita, não sou a mais bonita, mas
    sou bonita e isso parece incomodar bastante outras mulheres. Hoje tenho 21
    anos, mas ainda recordo que nos tempos do secundário não era nada agradável
    passar por um grupo de meninas e ouvir os cochichos e os risos, ou então em vez
    disso lançavam os “olhares matadores”. Lembro-me por exemplo que no meu baile de finalistas, estava a usar um vestido básico preto e havia outra menina com um vestido exatamente
    igual, a única diferença é que eu ao ter 1,73cm parecia que o vestido era mais curto sem o ser. Meu Deus, os comentários que foram feitos ás minhas pernas…
    Logo ás minhas pernas parte do corpo que sempre tive um certa insegurança por
    ser magrinha. Claro que aprendi a ignorar, a manter a boa educação,
    “porque é só inveja” diziam as minhas amigas, namorado e claro a minha mãe. Mas sinceramente? Marcou e sim abalou. 12 anos disto? É muito ano. Hoje já “crescidinha” posso dizer que a minha autoestima está equilibrada, sei os meus pontos fortes e não me recrimino pelos pontos fracos. Sei reconhecer uma mulher bonita, e gosto de ver mulheres bonitas e quando digo bonitas não estou só a falar de beleza por si só, estou a falar de mulheres cuidadas, saudáveis, felizes… para mim elas são um exemplo, um incentivo! Fiquei espantada quando vi o quanto te criticaram, não percebi os motivos. Realmente perguntei, o que é a Jéssica tem? A Jéssica tem umas pernas invejáveis como queria ter, por exemplo. (risos) Recentemente optei por um estilo de vida mais saudável, no que toca ao exercício físico tracei objetivos que claro envolvem as pernas. Ao ver o que te aconteceu perguntei-me: “Mas será que ao me tornar mais saudável, mais feliz e por “consequência” tornar-me ainda mais bonita, o que aconteceu á Jessica me vai acontecer novamente? Well… Probably. (risos), Mas isso significa que há algo realmente errado comigo? No, not at all.. Nunca houve e nunca vai haver. Sou Bonita quero ser ainda mais bonita (cuidada, saudável, feliz, culta, educada, …) e não há nada de errado nisso, “errada” está quem não percebe a beleza de uma mulher só pelo simples facto de ser mulher (real)! ” Mentalidades, mentalidades, é preciso educar estas mentalidades. :)

  • Isa

    GOSTEM de vocês mesmas como são (‘gordas, magras, altas,baixas, negras, brancas, amarelas, azuis’)…
    Um dia olhei me ao espelho e hmmmm não gostei dos que via aos 87 kg, mas mesmo assim sentia me bonita, então decidi vou voltar a correr que tanto GOSTO ADORO já não vivo sem isso…Hoje ao 65 kg e ainda preciso perder 5 kg que conquistei sem comprimidos e afins apenas com o desporto sinto me bonita mas ainda mais bonita do que já era, tudo isto para mim e não porque a sociedade me vai olhar ou apontar de forma deferente, a sociedade não me paga as contas por isso que se lixe.
    O importante e GOSTAR de MIM MESMA…

  • Victor Castro

    Agora falo eu.Sou homem e tenho uma esposa muito bonita.E na qualidade de homem e com bom gosto e com total respeito tenho que dizer que es das atrizes mais linda de Portugal e arredores tens um corpo fantastico um corpo 100%natural sem loucas dietas uma beleza natural e isso faz de ti uma mulher perfeita.Se isto e uma foto menos feliz,alguem me pode dizer o que e uma foto feliz?Beijinho Jessica e continua assim,simplesmente linda e a arrasar

  • Rui

    Olá Jessica, sou mais um fan, eu já gostava de te ver nos morangos e agora nas mulheres, és uma otima actriz e rapariga “mulher” ninguém tem nada de criticar o teu trabalho e o que gostas fazer, cada um é como é.
    Tens um otimo corpo e muito bonita, tens seguir os teus sonhos e a vida, força!!

  • Tere

    Só tenho a dizer …….quem não gosta de uma imagem na tv muda de canal……. quem não gosta de fotos na revista não perde tempo a ver nem a gastar
    dinheiro a compra-la…..
    Quem não gosta …..não é obrigado a assistir a um evento ..seja de moda….teatro…. música… cinema. As mulheres……em vez de defenderem os direitos da liberdade de expressão da mulher ……..criticam e criticam……e criticam……. mas não olham para si mesmas…..
    A critica existe…… pode ser produtiva ou destrutiva…… mas no contexto das palavras que li em alguns posts……. não sabem o que isso é…
    Só postam palavras agressivas e frustradas…..
    Sem um bom conteudo e com grandes erros textuais….são tão inteligentes…mas…..
    Não chegam aos calcanhares de alguém que já faleceu…. Vera Lagoa…….
    Façam o favor de ser felizes…..

  • Sónia

    Acho que jessica foi bem expecifica a escrever a sua ideia quem não comprende ou não gosta pode dar a sua opinião mas acho que não é preciso de serem tão frias( os). Muitas se identificam e muitas são contra mas respeitem se em mutuo.

  • VITOR ARAUJO

    tens muita coragem fazer um papel daqueles na novela parabens bjocas fofas.

  • vaniady

    Ora crianças,desde já vos comunico que as aulas já começaram e os exames estão à porta, preocupem se com vocês,porque por causa de pessoas como vocês portugal é considerado o país da Europa com maior percentagem de bulling e obesidade, 99% das opiniões não passam de fustrações de nunca conseguirem o que Jéssica construiu até hoje, não sou perfeita, assim como Jéssica Atayde e todas as pessoas , o que para vocês não é perfeito fica para vocês…ninguém tem o direito de julgar…se Jéssica não é modelo é porque não quer, tenho a certeza que conseguiria fazê-lo muito bem sem passar fome como muito de vocês dizem. Agradeço o tempo perdido a ler o meu comentário ,deem um bocado de mais valor ao que realmente importa. A ti Jéssica parabéns para mim estas quase perfeita, como disse ontem ao meu marido,com mais um bocado de rabo ficavas perfeita. Modelo nunca foi perfeição.:)

  • Daniela Poças

    Tu és muito linda e perfeita!
    Não ligues aos comentários…. Gosto muito de ti e todos os teus fãs e amigos gostam de ti como tu és, linda e perfeita!
    Beijinhos

  • Elsa M

    No meio de tanta discussão acho que grande parte falhou em algo ao qual a “Jessy” quis salientar. A agressão fortuita e gratuita que as mulheres fazem umas ás outras. E essa é a verdade. As mulheres criticam constantemente a parceira do lado. Quando faço um elogio a outra mulher a mesma fica a olhar para mim como se eu fosse um Alien ou talvez uma lésbica. Fica desconfortável porque não está habituada. A verdade é que as mulheres criticam mais do que fazem elogios. E essa mentalidade deve ser mudada. Acabar com essas “rivalidades” mesquinhas

  • Beatriz Cardoso

    disseste tudo jessica. este é um tipo de bullying muito presente. como querem as mulheres defender-se a elas próprias e aos seus direitos se nem sequer se conseguem respeitar os direitos dos outros?
    Jessica, és um orgulho pra Portugal. Espermos que estas palavras sirvam de muito.

    Adoro o teu trabalho ;)

  • Adolfo Alves

    Nesta foto eu vejo um dos mais perfeitos corpos de mulher que Já tenha visto, as modelos de mida deviam ser todos assim, girdura a mais? Onde, não a vejo, vejo um corpo oerfeitamente equilibrado, nem muito magro, nem gordo, está no ponto exato, quem diz que está gorda devia rever o seu padrão de beleza, pois magreza não é beleza. Se a jessica fala em fotografia menos feliz, também não está a ver bem, a foto está ótima, o seu corpo está o ótimo. Não Ligue a invejosas

  • Timoteo

    Eu cá digo que estás top!! e inteligente ainda por cima!!

  • JULIA BALBINO

    Porque é que não fiquei espantada com o que aconteceu? É muito simples quando desfilaste tinhas e tens um corpo que a meu ver todas as manequins deveriam ter , ou seja, um corpo saudável. Então como não passaste despercebida em vez de te aplaudirem, criticaram . As pessoas na sua grande maioria são frustradas, invejosas e lidam muito mal com o sucesso das outras. SABES QUE ELOGIAR, AJUDAR O PRÓXIMO, ADMITIR QUE ALGUÉM ESTÁ MELHOR DO QUE NÓS É DÍFICIL, REQUER UMA BOA DOSE DE AUTO ESTIMA, REQUER BONDADE E HUMILDADE, E PRINCIPALMENTE TEM DE SER UMA PESSOA BEM RESOLVIDA.PARA O FAZER. AGORA QUANTAS PESSOAS CONHECES QUE SÃO ASSIM? CONTAM-SE PELOS DEDOS DE UMA MÃO. A VERDADE É QUE AS PESSOAS SÃO MÁS E MESQUINHAS E PROVARAM ISSO MESMO QUANDO TE ATACARAM PORQUE É MAIS FÁCIL CRITICAR,REBAIXAR, JULGAR E CALCAR. MAS O QUE IMPORTA É A OPINIÃO QUE TU TENS ACERCA DE TI MESMA. SÓ HÁ UM AMOR QUE SUPORTA TUDO É O AMOR PRÓPRIO. NÃO DÊS IMPORTÂNCIA A ESSE TIPO DE PESSOAS PORQUE SE TE ATACAM SEM DÓ NEM PIEDADE NÃO QUEREM O TEU BEM. POR ISSO MERECEM O TEU DESPREZO.

  • http://www.unleashtherunnerinyou.com Sérgio Pontes

    Realmente lê-se aqui muitos comentários de leitores(as) mal resolvidos e resábiados(as)

    Força Jéssica, és linda!

    Unleash the runner in you

  • JULIA BALBINO

    CADA UM É COMO É. NENHUM SER HUMANO MERECESER HUMILHADO OU ESPEZINHADO. AS PESSOAS NÃO SE MEDEM PELO PESO QUE TÊM NEM O TAMANHO QUE VESTEM. MAS SIM PELO PESO DA CONSCIÊNCIA E O TAMANHO DO CORAÇÂO.A NOBREZA ESTÁ NO ESPIRITO E A ELEGÂNCIA NAS ATITUDES.FIM DE CONVERSA.